Um blog de crônicas da Barelândia para o mundo!

BTemplates.com

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Halloween vai ter protestos na frente da casa do Black Bloc

Nesse Halloween, essa invenção norte-americana que é mais um motivo de festa aqui nos trópicos tropicais, um bando de cidadãos indignados foram fazer uma manifestação violenta na frente da casa do Black Bloc.
Já que eles passam a vida infernizando a casa e o trabalho dos outros pegando carona de manifestações legitimas para fazer arruaça, o protesto promete ficar violento com quebra-quebra generalizado.
Como Black Bloc é filhinho de papai e não usa orelhão nem parada de ônibus, o plano dos manifestantes é quebrar o carro deles e o Ipod que a mãe deu.
Ora bolas!
Share:

A Rede Globo quer o aumento da gasolina

Do Globo News cheiroso Classe B ao populesco Jornal Nacional, todos os telejornais da Rede Globo pedem o aumento da gasolina.
A gente que é pateta, aqui desse lado da tela, fica olhando que nem cachorro na popa da canoa.
Porque será que a Rede Globo está pedindo aumento da gasolina?
De que lado essa empresa de comunicação que é uma concessão publica está?
Do lado do povo que deu a concessão publica é evidente que não é.
Do lado da Petrobrás também não porque a Rede Globo e seu cúmplice PSDB tem planos de vender a empresa para Chevron do EUA.
Ninguém é mais atacado pela Rede Globo do que a Petrobrás, o Eike Batista e o PT.
Todos os três são exemplos de sucesso no Brasil varonil e a Rede Globo odeia o Brasil que dá certo.
A pressão para o aumento da gasolina é para justificar o caos da inflação que a Miriam Leitão prega todo santo dia desde o começo do ano e o ano está acabando e as metas da inflação do governo estão dentro do previsto e do aceitável em torno de 5% ao ano.
2014 está chegando e tem corrida presidencial, o aumento da gasolina seria um ponto contra a Dilma.
Para a Rede Globo derrotar o PT é mais importante que beneficiar o povo brasileiro.
Vale tudo nessa briga nojenta da emissora para eleger seu candidato para poder participar dos lucros do Pre-Sal.
A Rede Globo deve somente a Receita Federal em impostos fraudados a bagatela de 700 milhões e a Receita Federal da Dilma já disse que a empresa vai pagar.
Por isso esse 2014, ano de eleição presidencial, é dá ou desce para a emissora.
Para a Rede Globo pode ser o Aécio, a Marina Silva, Eduardo Campos, o Luciano Hulck ou a Ana Maria Braga, qualquer um vai ter o apoio dela.
Só não pode continuar esse governo trabalhista que quer dividir o lucro do Pre-Sal com o trabalhador brasileiro direcionando os royaltes do petróleo 75% para a educação e 25% para a saúde, pensam eles.
Essa gente odeia trabalhador, eles representam os patrões.
Por isso, se aumentar a gasolina significa perda de voto para o governo Dilma, então haja pressão para aumentar a gasolina.
O povo que se exploda!
Share:

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Governo argentino desmontou a Rede Globo de lá

Em nenhuma democracia moderna do mundo, nem no EUA, nem na Europa e nem no Japão, existe uma empresa de comunicação que controle 70% das mídias do país.
Esse controle de 70% é considerado nas democracias modernas um poder enorme que teria poder de destruir os outros poderes.
É exatamente o que temos no Brasil.
Uma Rede Globo que apoiou a ditadura militar e foi agraciada com favorecimento, concessões e bilhões em investimentos, hoje é dona de 70% das mídias brasileiras.
Do México para baixo existem esses monstros midiáticos, verdadeiros impérios e oligopólios familiares que controlam os corações e mentes dos cucarachos.
Todos sabem que o governo do EUA acredita que do México para baixo tudo é quintal deles e por isso bancou o fortalecimento dessas empresas familiares alinhadas com o grande capital mundial e a ideologia norte-americana.
Esses oligopólios pregam “Tudo que é bom para o EUA é bom para nossotros”.
A Rede Globo apoiou a ditadura militar e quando essa foi sacada do poder pela pressão popular e foi estabelecida a democracia, a cada ano ela tenta eleger de toda forma o candidato que represente as elites e o capital internacional que ela representa.
O PSDB paulista representa essa gente.
Por isso a Rede Globo bate tanto no PT e toca terror nos jornais televisivos transformando o Brasil em uma Etiópia todo santo dia.
Desde o Mau Dia Brasil, passando pelo Jornal Hoje e dormindo com o patibular William Waack, o Brasil é pintado como um país pobre africano.
Na Argentina quem faz isso é o oligopólio chamado O Clarin, que além de controlar as mídias, controla a única empresa de celulose da Argentina.
Ou seja, o papel é dela.
O governo argentino depois de uma longa briga, fez valer a lei que rege toda democracia moderna do mundo.
Nenhuma empresa de comunicação pode ter tanto controle sobre corações mentes de um povo.
Opinião pública não é a opinião publicada.
Share:

O caos midiático avança sobre 2014

Nunca se viu a Rede Globo dando cobertura para os movimentos sociais e suas greves constantes.
Depois do junho de manifestações pelo país vitaminadas pela Rede Globo, ficou claro que se não vai pelo voto vai pelo golpe das ruas incentivando através das coberturas jornalísticas as manifestações caóticas para dar a ideia de um país desgovernado.
E viva os Black Blocs que viraram estrelas na tela da Rede Globo.
Não importa o motivo da manifestação, o que importa e veicular o caos encomendado para criar mais caos.
Qualquer pessoa que tenha passado mais tempo sentado no banco escolar do que vendo novela na Rede Globo sabe de que lado a Rede Globo está.
Quem se liga que por trás da caixa preta e mágica da televisão tem pessoas com planos, desejos e ideologia sabe que ninguém é bobo, só a Rede Globo que faz a gente de bobo.
Nunca se deu tanta cobertura a vândalos queimando ônibus como agora.
Além de dar a cobertura e chamar de vândalos, por trás disso está justificando isso, e incentivando a mais ataques, tudo para tentar impor o seu candidato em 2014.
Tanto faz que seja o Aécio, a Marina ou Eduardo Campos.
Qualquer um serve.
Desde que tire do poder esses canalhas do PT que atrapalham o plano da Rede Globo e seu cúmplice PSDB paulista de voltar a governar o país para as elites escravocratas do sudeste brasileiro.
"Chega de trabalhistas no poder".
Pensam eles.
Share:

Criminalizando a droga e legalizando a idiotice

Um governador que se elege para roubar, como é recorrente nas tórridas terras Barés há mais de trinta anos, onde um grupo político fundado pelo honorável Boto Tucuxi está no poder só se revezando na cadeira de cacique da corja, não tem condições e nem quer incentivar debates de políticas públicas de longo prazo e que almejem a cidadania plena.
O problema é que esse tipo de esquema de poder idiotiza também a classe intelectual e jornalística da Barelândia, diminuindo a qualidade do debate já que esses intelectuais e jornalistas são provincianos por morarem em uma província dominada por uma casta que vive das migalhas dos ladrões, dos empregos que ele dão, sob tutela de malfazejos.
Portanto é mais fácil criminalizar a droga, o aborto, a pesquisa com célula tronco e o escambau.
Menos o salário desse intelectual ou desse jornalista.
Ahhhh...isso não!
Share:

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Lou Reed morre como um domingo

Domingo é um dia perfeito para se morrer. Um Perfect Day.
Domingos cheiram a tédio e torpor como um canoa singrando por baixo de arvores em um igapó amazônico.
Atravessando a Ponte do Bilhão em um belo pôr do sol sobre o Rio Negro e ouvir no rádio a notícia que Lou Reed se foi.
Walk On The Wild Side.
É o que todo mundo deveria fazer ao menos uma vez na sua mísera existência.
Andar pelo lado selvagem e oculto da vida chata para caraleo.
É por essas paragens que o velho Lou Reed embala os sonhos dos velhos sonhadores beberrões que dão valor a uma grande ressaca existencial.
Existencial, porque ressaca moral é para os otários.
O carinha da rádio nem sabe quem é Lou Reed que ele acabou de anunciar a morte e logo em seguida põe para tocar “Chu, cha, cha , chu, cha, cha, chu, segura o tchan, amarra o tchan”.
O jeito é desligar o rádio, fechar os olhos e sentir o pôr do sol que leva junto o bom e velho Lou.
Morrer aos domingos é uma bela saída para se livrar da guerra da segunda insana.
O velho Lou soube viver e morrer.
Enquanto isso o velho Rio Negro vai continuar descendo rumo ao Atlântico azul.
Share:

O Black Bloc é o alter ego do tiozinho esquerdopata

O tiozinho esquerdopata morre de saudades do tempo da ditadura, do auge da bossa nova, dos grandes festivais, do Vinicius de Moraes, da minissaia, das grandes manifestações pelas diretas e principalmente da sua juventude onde ele saia protestando em algum grêmio estudantil e conseguia abater alguém sexualmente no calor do civismo contra a cruel ditadura militar imposta ao Brasil pelas forças ocultas da CIA, braço armado do grande capital internacional.
Nesse tempo era o jovem tiozinho esquerdopata de um lado e a Rede Globo, Folha, Estadão e Veja do outro apoiando os militares torturadores.
Veio a democracia pela pressão popular, caiu a ditadura e a Rede Globo, Folha, Estadão e Veja tiveram que mudar o discurso. Quanto ao tiozinho esquerdopata arrumou um emprego público para agasalhar seu sonho de aposentadoria já que sua vida perdeu o sentido sem a ditadura.
Depois que o PT ganhou o poder, o tiozinho esquerdopata ficou sem chão, sem céu e sem "discurso do contra" e agora não podia mais ser o menino com a baladeira na mão, ele agora era a vidraça. Ser vidraça no Brasil é pensar soluções para os problemas de uma democracia recém estabelecida em um país com enorme potencial, mas com um brutal atraso secular de 500 anos de dívida social onde uma elite sanguessuga escravocrata pastou e engordou sugando a imensa maioria do povo brasileiro.
Esse desafio era demais para o tiozinho esquerdopata. O tiozinho esquerdopata só pode "ser do contra" e o discurso da pseudo minoria esquecida pela democracia era uma brecha para ele permanecer no front da baladeira.
Quando veio a invenção do Mensalão contra o PT criado pela Rede Globo, Folha, Estadão e Veja aliado a um judiciário que representa essa elite sanguessuga que odeia o PT, o primeiro a creditar e defenestrar o PT foi o tiozinho esquerdopata.
Alguns desses tiozinhos largaram o PT e fundaram o PSOL e o PSTU, mas nenhum deles perdeu a mania de mamar nas tetas do funcionalismo público com o maior medo de perder a aposentadoria.
Hoje esse tiozinho esquerdopata desenvolveu uma esquizofrenia terrível que o atormenta toda vez que vê o Black Bloc quebrando parada de ônibus, orelhão, incendiando loja de um cidadão inocente e batendo covardemente no coronel Reynaldo Rossi, que sozinho e pedindo calma aos manifestantes é cercado e espancado com brutalidade.
O método usado pelo Black Bloc está longe de ser anarquismo. É puro fascismo truculento e covarde.
O tiozinho esquerdopata que não acredita que o Brasil é uma democracia representativa acredita em golpes e torce para que a ditadura volte e o Black Bloc pode dar uma força justificando métodos violento de intervenção policial.
O tiozinho esquerdopata não gosta de democracia, acredita em impeachment e acha o voto uma coisa de pequeno burguês.
O voto na democracia é desnecessário, pensa ele, cheio de orgulho pelos canalhas fascistas do Black Bloc.
O tiozinho esquerdopata é só um covarde corroído pela sua covardia esquizofrênica.
Enquanto o coronel espancado covardemente pede calma a tropa, o esquerdopata bate palma.
Share:

domingo, 27 de outubro de 2013

A Barelândia tem fumacê

A umidade e calor da Barelândia é um espetáculo da natureza bruta.
O mundo todo já ouviu falar dessa beleza natural que é a sensação térmica da Barelândia.
Quando adentramos o mês de agosto em diante a coisa piora e o inferno é fichinha comparado ao calor dos rincões equatoriais barés.
Mas como pão de pobre sempre cai com a manteiga de boca na areia, para piorar a situação a cidade está coberta por uma nuvem de fumaça que invade as casas dando a estranha sensação de uma neblina da ante sala da boca do Lago do Arapapá do inferno.
A fumaça deixa a cidade como uma Londres encravada na selva equatorial amazônica.
Agora a Barelândia tem um fog que nem Londres.
Com diferença que lá faz um frio dos caraleo e aqui...
Bom, aqui, se vacilar dá pra fritar um jaraqui.
E como diz o caboco fritando jaraqui com uma mão e se abanando com outra, “Comeu jaraqui não sai mais daqui!”.
Do jeito que está a situação, não sai mais daqui vivo e se sair vivo, cru é que não é.
Esse fumacê todo é bom para maconheiros.
Maconha na língua Baré é "dirijo".
Pode fumar dirijo a vontade que ninguém vai sentir a diferença.
Quer ver espia só!
Share:

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

O Adolpho do Odorico

Impressionante a farra em Sucupira quando o prefeito faz a obrigação dele.
O gasto com a inauguração de uma praça custa mais que a própria praça.
Na Barelândia, o tradicional mercado Adolpho Lisboa ficou fechado para reforma por duas administrações prefeitáveis sucupiranas.
Começou na do Serafin, atravessou incólume a do Amazonino e boiou na do Arthur Virgílio que finalmente reinaugurou o grandioso e belo mercado.
A festa de inauguração foi no dia do aniversário da sofrida e saqueada Barelândia, e como em Sucupira, os gastos com a festa custaram mais que a obra.
Tudo pão e circo jogado na taba Baré.
Sem falar que o Amazonino elegeu o Arthur deixando para os trouxas barés o sumiço de 300 milhões da conta da prefeitura que não se sabe onde foram parar e o Arthur acha normal.
Enquanto isso, na calada da noite midiática vendida jabazeira, o secretário de educação do Arthur e sócio de longas datas anuncia na televisão que as escolas barés tem uma merenda escolar de primeiro mundo com café da manhã, merenda as nove, almoço meio dia, merenda as 15 horas e finalmente um grandioso lanche de fim de tarde.
MENTIRA!
Está rolando denúncias que nas escolas barés estão servindo metade de uma laranja, e olhe lá!
E no lugar dos livros o secretário está comprando gibis, revista em quadrinhos, copiando o belo formato tucano de São Paulo que achou assim uma forma de pagar os serviços da Editora Abril que usa a revista Veja para difamar os empresários e adversários políticos do PSDB-DEM.
Pagam a corrupção midiática com a grana do trouxa contribuinte e de uma tacada só deseduca a população com gibis.
E quem lê gibi vai em inauguração em Sucupira e bate palma para o Odorico.
E nessa vão 344 anos de atraso politico.
Share:

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Libra não combina com escorpião

Durante o leilão da partilha da Bacia de Libra para a exploração do petróleo das profundezas abissais do Oceano Atlântico se ouviu o ladrar de muitos cães enquanto a carruagem avançava.
O governo brasileiro através da Petrobrás, uma empresa mista de capital público e privado, não tem a grana para bancar sozinho o imenso volume necessário para essa operação de retirada desse petróleo.
Optou pelo modelo de partilha onde as empresas entram com a grana para a operação e pagam ao governo e portanto ao povo brasileiro, pelo direito de extrair o petróleo, dividindo esse petróleo, pagando royaltes por ele e tendo a obrigação de contratar ao menos 70% de navios, plataformas, equipamentos e serviços em solo brasileiro de empresas brasileiras gerando emprego para brasileiros.
O leilão não foi um sucesso econômico total pela falta de concorrentes por vários motivos, mas foi uma vitória política porque abarca em um único consorcio empresas chinesas e europeias, empresas públicas e privadas.
Mas como sempre, as forças contrarias a qualquer movimento que signifique um Brasil melhor para os seus cidadãos que há 500 anos vivem sendo explorados por suas elites ordinárias e sanguessugas e por potencias estrangeiras, vem logo um movimento contrário a isso.
Ver a Rede Globo que representa essa elite sanguessuga torcendo contra o leilão dizendo que as empresas públicas fugiram por causa do estatismo do governo Dilma e no final do leilão ver a Shell e a Total, duas empresas privadas, participarem do consorcio junto com empresas estatais chinesas mais a Petrobras, isso foi uma derrota para essa gente traíra que quer ver o Brasil nas mãos dos mesmos escravocratas de sempre.
Até ai era de se esperar.
Mas o pior é ver uma ultra-esquerda de merda fundeada no PSOL e no PSTU usando as mesmas armas dessa direita fuleira mentindo sobre o assunto e torcendo até a favor que se deixe o petróleo no fundo do oceano para não ter que dividir com ninguém.
Mesmo sabendo que 75% dos royaltes da exploração vai para a educação e 25% para a saúde desse povo que precisa dar esse salto de qualidade.
Por pura ambição de poder, esse esquerdopata que virou manifestante profissional sem projeto algum é contra a exploração do Pre-Sal.
E se junta aos velhos direitistas traíras do povo brasileiro.
Libra, definitivamente, não combina com Escorpião.
Share:

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Black Bloc não sobrevive a um verão carioca

Os meninos classe média filhos da mamãe que dá Ipod caro para eles se comunicarem que se intitulam Black Bloc nunca leram nada sobre anarquismo e nunca ouviram falar de Pierre-Joseph Proudhon, um filósofo e político francês, o primeiro a descrever-se como um anarquista , o que levou alguns a chamá-lo de fundador da teoria anarquista moderna.
São meninos que quebram telefone público e parada de ônibus por não usarem nem uma coisa nem outra.
Na Europa onde os Black Bloc surgiram existe uma conotação anarquista no movimento.
Aqui é puro fascismo de meninos usados pela direita que faz oposição a um governo de origem trabalhista.
Na fria Europa o modelito Black Bloc tem uma vida mais longa por conta do curto verão europeu e como ser Black Bloc tem muito mais a ver com o style da roupa do que com o conteúdo das idéias, não se imagina um Black Bloc de tanga de croché, por exemplo.
Aqui nos trópicos tropicais ardidos para chuchu, o modelito Black Bloc não aguenta um verão carioca.
Como a convicção deles é tão consistente quanto um sorvete de pupunha, com certeza vai derreter sob o sol.
O verão carioca vai derrotar os Black Bloc.
Share:

Com o Pre-Sal, Brasil e China formam bloco forte

O regime de partilha não é privatização como querem ou dizem alguns.
A China arrebatou 20% no leilão de partilhas da Bacia de Libra, uns dos depósitos do Pre-Sal brasileiro rico em petróleo de primeira qualidade.
As outras participantes do consorcio ganhador é a anglo-holandesa Shell e a francesa Total, com 20% cada uma mais a Petrobras que ficou com 40%.
Isso significa uma imensa injeção de dinheiro nos cofres públicos brasileiros que podem investir em saúde e educação como o previsto em lei.
Fora isso tem os royaltes e o investimento na indústria naval e tecnológica brasileira que vai arrebatar 70% de toda a demanda em barcos, plataformas e equipamentos que antes eram construídas em Cingapura gerando empregos e renda lá.
A China como parceira estratégica do Brasil quebra a secular dependência que temos do mercado do EUA e nos coloca em posição privilegiada na nova ordem mundial.
É uma grande chance para o Brasil dar um salto definitivo de qualidade para sua população com um atraso de 500 anos sendo sugada por suas elites e por potencias estrangeiras.
Investir em educação e na saúde do povo brasileiro é o primeiro passo rumo ao futuro.
Podemos estar presenciando um passo largo em direção a um mundo pós-americanizado onde Washington era o centro do eixo.
Essa parceria estratégica com a China que se tornou a maior compradora mundial de petróleo pode ser uma carta de alforria de todo um povo.
Viva o Brasil!
Share:

O modelito Black Bloc e o verão carioca

Os meninos classe média filhos da mamãe que dá Ipod caro para eles se comunicarem que se intitulam Black Bloc nunca leram nada sobre anarquismo e nunca ouviram falar de Pierre-Joseph Proudhon, um filósofo e político francês, o primeiro a descrever-se como um anarquista , o que levou alguns a chamá-lo de fundador da teoria anarquista moderna.
São meninos que quebram telefone público e parada de ônibus por não usarem nem uma coisa nem outra.
Na Europa onde os Black Bloc surgiram existe uma conotação anarquista no movimento.
Aqui é puro fascismo usado pela direita que faz oposição a um governo de origem trabalhista.
Na fria Europa o modelito Black Bloc tem uma vida mais longa por conta do curto verão europeu.
Aqui nos trópicos tropicais ardidos para chuchu, o modelito Black Bloc não aguenta um verão carioca.
Como a convicção deles é quase nenhuma, com certeza vai derreter sob o sol.
O verão carioca vai derrotar os Black Bloc.
Share:

A Rede Globo e a Chevron perderam o Pre-Sal

A Petrobrás não tem grana para sozinha, retirar do fundo do Atlântico as imensas reservas de petróleo, portanto o regime de partilha é a única solução.
Partilha não é privatização.
Quem chama partilha de privatização é a mesma turma que de acordo com vazamentos feitos pelo Wikileaks de e-mails entre o Jose Serra e a embaixada do EUA em Brasília, a Petrobrás seria vendida para a Chevron e se chamaria Petrobrax.
E o Pre-Sal brasileiro seria todo de propriedade da Chevron do EUA.
A Rede Globo é cumplice do PSDB nas negociatas de venda das joias da coroa do Brasil.
Só a venda da Vale do Rio Doce e das Telefonicas renderam para os dois verdadeiras fortunas.
A época da privatização dessas estatais o PT fazia oposição e foi as ruas levando uma imensa quantidade de brasileiros.
A Rede Globo tratou os manifestantes como baderneiros, esquerdistas atrasados e o Arnaldo Jabor, casado com a Suzana Villas-Boas, secretária do Jose Serra, já chamava o PT de quadrilha e etc.
Agora, no leilão das partilhas do deposito de Libra, uma das reservas do Pre-Sal brasileiro, é a Rede Globo que tenta, através dos seus jornalões, incendiar manifestações contra o que ela chama de privatização.
A China tem comprado reservas de petróleo pelo mundo todo e ao contrário dos EUA que só roubam as reservas dos outros e bancam suas elites para calarem os problemas sociais dos países roubados, a China faz investimentos pesados nos países onde tem concessão.
Partilha não é privatização, é um contrato de exploração onde as duas partes se beneficiam.
Entre o EUA e a China, a China tem provado ser um parceiro mais confiável.
Qualquer empresa que ganhe o leilão vai ter que trabalhar com a Petrobrás, a maior especialista em águas profundas do mundo. Sem a Petrobrás seria impossível tirar petróleo do Pre-Sal.
PSOL, PSTU e sindicatos pelegos prometem fizeram muito barulho contra o leilão.
Uns por motivos políticos óbvios, outros tentando interferir e lucrar alguma coisa.
A Dilma conseguiu aprovar a lei que concede 75% dos royaltes do petróleo do Pre-Sal para a educação e 25% para a saúde.
O petróleo é nosso e não da Chevron como queria a Rede Globo e o José Serra.
Ver a Rede Globo incitando manifestações é no minimo surreal.
Sempre que fez isso o povo brasileiro se ferrou.
Vide na ditadura militar de 64.
Share:

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

O Deprê tinha epilepsia canina

Essa semana um laboratório foi invadido por ativistas que resgataram cerca de 200 cães da raça beagle do Instituto Royal, que trabalha para indústrias farmacêuticas e faz pesquisas com animais.
O Deprê chegou na minha vida trazido por mãos caridosas de amigas que o encontraram perambulando perdido nas ruas da Barelândia.
Relutei no início pois tinha recentemente perdido o meu querido american de nome Tupã que morreu afogado nas águas escuras e traiçoeiras do maravilhoso Rio Negro.
Quando vi a cara do Deprê logo me amarrei nele.
O nome veio na hora pois ele estava com uma cara de perdido, deprimido, triste e solitário pois tinha sido abandonado por algum dono idiota que se mudou e descobriu que o cachorro pode atrapalhar a vida de alguém.
O Deprê era possuidor de epilepsia canina, vim a descobrir depois e ele morreu disso.
Mas antes de morrer eu tirei da cara e do espirito dele a desesperança. Eu o amei e dei atenção ele pegou pilha, ficou marrento e latia para os cães e gatos da rua cheio de energia.
Os beagles são simpáticos e marrentos, costumam não arregar na porrada nem para pit-bull.
Por conta da doença eu tinha que medica-lo com Gardenal e conseguir o remédio tarja preta só em veterinário autorizado e li no Google que epilepsia canina não mata.
Mata sim e detesto o Google por isso.
E detesto mais a mim mesmo por ter deixado o Deprê morrer em um ataque de epilepsia quando eu não estava em casa e ele caiu da escada e morreu da queda.
Morro a cada dia em um delicioso suicídio lento e prazeroso que nada tem a ver com a culpa que sinto sobre o Deprê. Somos um deposito de culpas judaico-cristãs infindáveis.
Todos nós morremos a cada dia.
Vendo a manchete dos jornais sobre os 200 beagles usados na pesquisa de um laboratório que faz pesquisa para a bilionária e canalha indústria farmacêutica, logo me veio a cara perdida do Deprê que precisava de um remédio dessa indústria farmacêutica canalha que usa animais como beagles para pesquisas.
E eu nem sabia que cães tinham epilepsia.
Vivendo e aprendendo.
Share:

SOS Gruta da Periquita Peluda

As agressões ao meio ambiente passaram da fronteira do aceitável pelas antas, capivaras, baleias, índios e caras pálidas.
A Gruta da Periquita Peluda vem sofrendo verdadeiros atos de vandalismo e pressão sobre a sua existência.
Nos idos dos anos sessenta e oitenta do século passado era comum ver em Ipanema pessoas que cultivavam a vontade, ao largo de todo o litoral, uma enorme quantidade de matagal.
Os biquínis não eram tão atochadinhos como é o fio dental de hoje.
Lembro bem da Leila Diniz com seu biquíni de crochê deixando à mostra o matagal pelas beiras.
Talvez a chegada do fio dental no final dos anos oitenta, trouxe consigo a ditadura do extermínio do matagal e impôs a regra do terra arrasada que ordena que ter mato na orla litorânea tornara-se crime hediondo.
Junto com essa moda veio a era da internet e com ela a farta distribuição de filmes pornôs ao alcance de um click e o padrão ator pornô totalmente livre das matas tornou-se o padrão vigente.
Vá você sair com alguém para um passeio erótico e não tiver feito a barba, vai ser ridicularizado ou pior, vai ser visto como alguém sujo e fora de moda.
O legal é ser completamente desmatado ou no máximo ter um bigodinho do Hitler em cima das partes.
A moda é uma coisa implacável e trás benefícios e prejuízos.
A moda da terra arrasada trouxe consigo a infantilização do sexo.
Derrubar as matas faz a pessoa se ver e ver o outro como uma criança pois criança não tem pêlos, portanto no fundo somos todos um pouco pedófilos.
O SOS Gruta da Periquita Peluda tenta derrubar esse paradigma da infantilização do sexo e da ditadura imposta por uma sociedade cada vez mais superficial.
Afinal, Gruta da Periquita Peluda também é gente como a gente e merece um lugar ao sol.
Né não?
Share:

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

PS4 em Miami é mais barato que cocaína na Bolívia

Cada um curte o barato que achar melhor.
O cara viciado em jogo que usa o Playstation está muito puto porque a versão 4 do produto foi lançado no EUA a um preço bem melhor que aqui no Brasil varonil.
Em Miami está custando 340 dólares e no Brasil as lojas safadas cobram o triplo ou mais.
O cara que usa Playstation ainda não descobriu a compra pela internet que livra do atravessador. Vai pagar somente o preço de lá mais o frete que dá menos que nas lojas safadas daqui.
Já a cocaína boliviana não vende pela internet, fica mais difícil para o morador de Miami comprar mais barato direto da fábrica nas selvas bolivianas.
É só raciocinar e não ficar reclamando dos comerciantes atravessadores safados que existem em todo e qualquer país.
E de quebra parar de chamar o Brasil de país de merda só porque não fabrica Playstation 4 nem cocaína pura.
Né não?
Share:

Rede Globo acusa Chico Buarque de “Crime de Opinião”

O Chico Buarque está sendo alvo da Rede Globo por ter praticado o crime hediondo de ter opinião.
O Chico Buarque, Caetano Veloso e mais alguns famosos são contra biografias não autorizadas e defende seu ponto de vista como em qualquer democracia livre do universo.
A lei que está sendo votada no Congresso que regula sobre o direito de alguém escrever biografia não autorizada virou polemica entre pessoas famosas que são alvos dessas biografias e jornalista estilo paparazzo que acha que pode invadir a vida privada das pessoas, escrever o que quiser e chamar isso de democracia.
E vender pacas e ganhar muita grana com isso.
Sendo verdade ou não.
Independente dessa discussão que com certeza não passa por direito de imprensa livre e sim direito de privacidade, o que o Chico Buarque fez foi expressar a sua opinião sobre o assunto.
Por esse crime hediondo de expressar a sua opinião sobre o assunto, o Chico Buarque está sendo alvo de linchamento midiático e assédio moral pela Rede Globo.
O Chico Buarque apoia o PT e o Caetano Veloso é um conservador que detesta o PT.
Basta isso para que o Caetano não seja alvo da Rede Globo e o Chico Buarque sim.
Se você for uma pessoa falida que não deu certo na vida, não precisa fazer tatuagem, deixar o cabelo crescer, fazer uma cratera na orelha e ir pedir emprego na Chilli Beans.
Basta você fazer declarações contra o PT que arruma emprego na Rede Globo na hora.
Vide os roqueiros Lobão, Roger do Ultraje a Rigor e recentemente o marido sem nome da bunduda loira do Segura o Tchan.
Bastou o cantor de quinta categoria esquecido pelo tempo da mediocridade pedir em um blog cadeia para os mensaleiros, se posicionando contra um tal de embargo do clitóris infringentes não sei o que não sei o que lá, que apareceu no programa da Fátima Bernardes depois de anos e anos longe dos holofotes.
Portanto, caro amigo navegante, não se desespere e não pense em suicídio nem em homicídio se sua vida profissional for uma merda.
Abra um blog e fale mal do PT que em breve você arruma uma boquinha na Rede Globo.
Quer ver?
Tenta!
Share:

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

A Rede Globo troca o PSDB pela Tucarina

A Rede Globo deve 720 milhões a Receita Federal em sonegação de impostos e mais uma grande quantia ao Google.
Depois que o PSDB, o sócio da Rede Globo no projeto “Vamos Vender Essa Porra e Rachar” perdeu por três vezes seguidas a presidência do Brasil para o PT, o partido trabalhista que atrapalha os planos, a empresa de comunicação já pensa em abandonar o Aécio Neves a deriva e se agarrar desesperadamente a candidatura da Tucarina, a ex-Marina Silva que hoje se reúne com banqueiros suíços para dizer que vai reabilitar o tripé da economia que agrada aos banqueiros.
A Marina Silva de hoje é a representante da direita conservadora que é contra o aborto, a pesquisa com células tronco e o uso de camisinha e que acredita no tripé econômico do superávit que estrangula investimentos públicos em hospitais, escolas, estradas, portos e programas sociais.
A Rede Globo já está na corrida de 2014 e a candidata é a Marina Silva.
Traiu o PSDB, cúmplice de primeira hora, sem a menor cerimonia.
Ratos não afundam nunca junto com o navio.
O desembarque da direita tupiniquim do navio tucano para a candidatura da Marina Silva está parecendo a nau dos desesperados.
Essa gente não suporta mais um mandato de um partido trabalhista que está fazendo distribuição de renda, que baixou os juros dos bancos sanguessugas de 19% para 9%, que baixou a taxa de desemprego de 25% para 5,5%, que cresce a taxa de 4% ao ano comparável a taxas de crescimento do EUA e da Suíça e o pior, permite que pobres ocupem espaços que até ontem só era frequentado pela elite jegue tupiniquim. Isso essa elite não perdoa.
2014 vai ser o ano do “dá ou desce” da direita jegue tupiniquim.
A Rede Globo já está em campo, ontem o Jornal Nacional transformou a manifestação “Fora Alkmin” em uma manifestação de apoio a greve dos professores do Rio.
E a PM paulista de novo sentou o cacete a mando dos tucanos enquanto a Rede Globo tratava os manifestantes como bandidos.
Manifestante em São Paulo é bandido e no Rio herói.
Tudo questão de conveniência eleitoral pelo 2014 que está entrando.
2014 vai ser nojento.
Podem esperar!
Share:

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Pobre São Paulo: PSDB, Siemens e PCC

O PSDB controla politicamente o estado mais rico da união há 22 anos.
Durante esse tempo surgiu o PCC, Primeiro Comando da Capital, um grupo de criminosos que controla o crime organizado de dentro das penitenciarias tucanas.
Do lado de fora das penitenciarias, a Siemens, uma multinacional alemã pagava milhões aos caciques tucanos para poder ganhar concorrências para a construção do Metrô paulista.
No fim desses 22 anos, duas grandes organizações criminosas controlam São Paulo.
Uma dentro das penitenciarias e a outra com as chaves dessas penitenciárias.
Enquanto isso, a Rede Globo, sócia do PSDB no projeto “Vamos Vender Essa Porra e Rachar a Grana” quer ver de volta seu sócio no poder central em Brasília de qualquer jeito para poder lucrar com a venda da Petrobras e, de quebra, a venda do Pre-Sal brasileiro.
O PT atrapalha as negociações.
Eles não vão suportar ver o partido trabalhista do PT no poder por mais quatro anos.
Por isso a Rede Globo que sempre detestou trabalhador e defendeu os interesses dos patrões, dos banqueiros e da elite tupiniquim, hoje virou a maior incentivadora de manifestações e greves, desde que sejam contra algum aliado do PT.
Duro é ver o Geraldo Alkmin no Jornal Nacional se dizendo com medo de ser atacado pelo PCC.
Para o PCC, o governo tucano é excelente.
Afinal, o PSDB deixa eles atuarem nos presídios e não se metem nos negócios deles.
É cada um com seu negocio criminoso.
Em São Paulo o crime é organizado.
É ado do ado cada um no seu quadrado.
Share:

sábado, 12 de outubro de 2013

Black Bloc espanca namorado por ciúmes

Juvenal é um cara legal.
Nasceu na pacata Itapipoca no norte do Ceará. Com 20 anos de idade se mandou para São Paulo para buscar mais espaço para expandir a sua sexualidade e em busca de trabalho para sobreviver.
Juvenal é um gay assumido desde a tenra idade. Em Itapipoca não havia um cabra macho que não tivesse pastado nos costados do entusiasmado Juvenal.
Em São Paulo descolou um emprego de garçom em um bar nas imediações da Avenida Paulista e de lá ele viu e participou das manifestações de junho que balançaram o Brasil varonil.
Durante as manifestações ele conheceu Adonis, um rapagão alto e forte que invadiu o bar em que Juvenal trabalha fugindo da policia. Adonis é um Black Bloc.
Juvenal pediu para ele tirar a mascara e sentar em uma mesa e disfarçar enquanto a polícia passava. Ele ficou encantado com a beleza de Adonis e Adonis ficou encantado com a proteção e ternura do Juvenal.
Logo marcaram um encontro em um parque da cidade e de mãos dadas rumaram para mais uma manifestação fantasiados de Black Bloc.
Adonis e Juvenal não sabem o que é Black Bloc, nem o que é anarquismo e nunca ouviram falar de Pierre-Joseph Proudhon, um filósofo e político francês, o primeiro a descrever-se como um anarquista , o que levou alguns a chamá-lo de fundador da teoria anarquista moderna.
Para Adonis e Juvenal ser Black Bloc é só uma forma de participar de uma festa enquanto esperam a próxima Parada Gay da Paulista. Esse lance de não sei o que não sei o que lá de fora isso e fora aquilo eles não entendiam muito.
O lance era a adrenalina. Estar dentro do quebra-quebra de orelhão, parada de ônibus, vitrines de lojas e correr da polícia era uma forma de ficar excitado sexualmente para depois transar em algum beco escuro das ruas do centro da cidade.
Essa semana foi o aniversário do Adonis e Juvenal queria fazer um surpresa para ele.
Foi em um tatuador barato do centro de Sampa mandou fazer dois B de Black Bloc imenso, um em cada lado da bunda para homenagear o amado Adonis.
Foram para um hotel barato e Juvenal foi logo tirando a roupa, ficando de quatro e dizendo “Olha o seu presentinho, amor”.
Foi quando levou um chute de coturno de Black Bloc no meio do toba do Adonis que gritava perguntando “Quem é esse tal de Bob?... quem é esse tal de Bob?” e chutava o toba do pobre Juvenal.
Juvenal desmaiou sem saber quem é esse tal de Bob.
Share:

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

O Mau Dia Brasil da Rede Globo

Quem vê o jornal da manhã da Rede Globo chamado erroneamente de Bom Dia Brasil e acredita nele vai ver um Brasil a beira de um caos total e achar que mora na Etiópia.
É tanta urubologia que o nome correto seria Mau Dia Brasil.
Toda pessoa que perdeu tempo sentado em um banco de escola e procurou ler um pouco mais, sabe que a Rede Globo pertence a família Marinho que apoiou a ditadura militar e ficou bilionária com ela.
Enquanto o povo brasileiro era oprimido e roubado por ditadores de merda a Rede Globo ficava rica falando bem da ditadura.
Hoje defende os interesses da elite patronal brasileira e é sócia do PSDB no projeto “Vamos Vender Essa Porra e Levar o Nosso” e por isso ataca todo santo dia o partido trabalhista que governa o Brasil.
O plano é voltar a governar o Brasil com o PSDB e para isso tem que destruir o PT.
Apesar de todos os avanços dos índices sociais e econômicos dos últimos dez anos o Brasil ainda tem uma divida social de 500 anos onde toda uma vasta população trabalhadora foi sugada pela sua elite escravocrata e pelas potencias estrangeiras.
O Brasil avançou muito no governo trabalhista Lula/Dilma e ainda está longe de ser o ideal.
Mas também não é essa escrotice toda que o Mau Dia Brasil tenta fazer o trouxa acreditar a cada manhã.
O Mau Dia Brasil é um programa politico, não é jornalismo.
Esse tipo de jornalismo de opinião oportunista não deveria ser chamado se jornalismo.
É tudo, menos jornalismo!
Share:

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Protestos midiáticos programados rumo a 2014

A Rede Globo nunca foi a favor de manifestações e manifestantes.
A Rede Globo representa os patrões e odeia trabalhador.
A Rede Globo quer que professor do Rio de Janeiro se foda, assim como quer que se foda toda a classe trabalhadora.
O que a Rede Globo quer e precisa com toda a urgência do mundo é voltar a ter o grupo politico cúmplice dela no poder central do Brasil.
Já vão dez anos desde a eleição do Lula que a Rede Globo está fora do poder central.
Nesses dez anos sua divida com a União aumentou para 730 milhões de reais em impostos sonegados a Receita Federal e a presidenta Dilma e os tribunais a quem ela recorreu dizem que ela vai ter que pagar.
A eleição presidencial de 2014 se tornou um “Dá ou desce” para a Rede Globo. Derrubar o governo trabalhista Lula/Dilma virou assunto de vida ou morte.
Vale apoiar greve política de professores do PSOL, vale associar-se, glamourizar e municiar com coberturas midiáticas as ações dos “vândalos” do Black Bloc, vale se associar ao comunismo fake do Eduardo Campos e Marina Silva mesmo traindo o PSDB do Aécio que caminha para a vala comum dos partidos sem noção histórica.
Para que a dupla Eduardo Campos e Marina Silva subam nas pesquisas, o truque é fazer com que qualquer manifestação de professor de qualquer Rio de Janeiro pareça ser contra o governo federal, contra a Dilma.
Os mascarados do Black Bloc, um grupo anarquista na Europa e fascista de direita no Brasil, é peça fundamental para que esse barril de pólvora se espalhe e invada 2014 e influencie a eleição presidencial a favor da Rede Globo e da direita jegue tupiniquim.
Querem repetir as manifestações de junho e como tal, vão ficar pautando o que ela chama de “opinião publica” quando na verdade o que a imprensa faz é dar voz a “opinião publicada” dos seus colunistas alinhados com os desejos e vontades dos seus patrões.
As manifestações vão ser a arma da mídia nativa encabeçada pela Rede Globo para enfraquecer o grupo político que atrapalha a empresa a por as mãos na grana do Pre-Sal com toda a ajuda do grande capital mundial, tanto que até o The Economist virou referencia para o Brasil, disque!
E para isso vai contar com a ajuda prestimosa de uma esquerda radical que deu a volta e se encontrou com a direita.
A sujeira de 2014 mal começou, ainda vem mais merda por ai.
Como diz o caboco, papagaio que acompanha João de Barro se atrapalha e vira ajudante de pedreiro.
Share:

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Índios fakes e bandeirantes assassinos

Como diz o Cacique Barezinho "Todo mundo quer um latifundiozinho".
A história é implacável e apesar dos três passos para trás, costuma dar dois para a frente.
Essa semana uma manifestação em São Paulo contra a tentativa de políticos safados da Bancada Ruralista latifundiária de acabarem com as reservas latifundiárias indígenas do Brasil, acabou pichando com tinta vermelha o Monumento dos Bandeirantes ao lado do Parque Ibirapuera.
Usaram tinta vermelha da cor do sangue que os Bandeirantes jorraram no genocídio que cometeram impunemente durante mais de 300 anos contra os índios.
Os Bandeirantes eram assassinos pagos para dizimarem os índios para que os colonos europeus se apoderassem das terras deles.
Hoje quem comete esse genocídio é a Bancada Ruralista.
Para um simples barezinho perdido em Sampa, ver índios fakes loiros estudantes da USP picharem de vermelho sangue o Monumento dos Bandeirantes que homenageia os jagunços que ajudaram os avós desses brancos da USP a ficarem ricos em uma briga interminável para ver quem é mais latifundiário, se o brancos da Bancada Ruralista ou o índio que fala inglês da ONG gringa, isso tudo parece um grande tema para o Boi Bumbá de Parintins, já que boi é coisa de ruralista e de quem aprecia uma boa alcatra na chapa.
Ver a Marina Silva, a Ambientalista Criada em Cativeiro sendo apoiada pelo Ronaldo Caiado, o papa da Bancada Ruralista, querendo derrotar o Lula petismo que criou todas as reservas existentes no território brasileiro, isso parece surreal.
O frio de Sampa não impede as brejas na padaria da esquina e ficar assistindo esse filme sem lógica que passa nas ruas da cidade é uma boa pedida.
Share:

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Rio, crime e castigo

O Rio de Janeiro está sendo castigado por uma onda de manifestações uma após a outra por motivos que vão se sucedendo como um rosário cívico interminável.
Desde a derrubada do governador, passando pelo sumiço de alguém até a greve dos professores do sindicato do PSOL.
E a Rede Globo implacável dando voz a todas elas.
Enquanto isso em São Paulo onde houve denuncias gravíssimas da Siemens contra o governo do PSDB as manifestações passam sem uma vírgula de cobertura jornalística.
Nenhuma linha, um silencio total em Sampa. Sampa é um mar de tranquilidade.
Tudo porque vem ai a eleição de 2014 e o Cabral e o Paes apoiam a Dilma e a Rede Globo é sócia do PSDB.
Se tiver greve de cachorro contra maus tratos no Rio de Janeiro ela vira imediatamente noticiário nacional de manhã, de tarde e de noite.
Todo mundo que assistiu com olhos e mente aberta o desenrolar dessas ultima décadas sabe que a Rede Globo odeia trabalhador grevista, odeia greve e vê no trabalhador só um azeite para azeitar a máquina do grande capital internacional.
A Rede Globo é a representante do grande capital internacional nos trópicos tropicais.
Só um trouxa acreditaria que a Rede Globo está apoiando os professores cariocas que com justiça estão reivindicando melhores condições, mesmo dando um foda-se para os alunos que estão a 45 dias sem aulas. Mas isso é coisa do PSOL eleitoreiro louco por um lugar ao sol.
O crime do Rio de Janeiro é ter apoiado o governo Lula/Dilma.
A corrupção do Cabral não é maior que o roubo do Metrô de São Paulo praticado por décadas pelo PSDB.
Não se trata disso. Dizer que é isso é puro cinismo.
O castigo do Rio de Janeiro é ver todo dia um bando de mascarados parando e saqueando a cidade enquanto a Rede Globo dá toda a cobertura a eles chamando de vândalos de um lado e demonizando a policia do outro.
Esquema bate e sopra, incentivando e clamando que essas manifestações se espalhem pelo Brasil varonil e atinja o governo federal para assim eleger o Aécio Neves presidente.
No meio dessa sujeira sem fim, o cidadão carioca de braços atados sendo sacaneado por essa gente sem escrúpulos transformando a Cidade Maravilhosa em um paraíso de marginais mascarados protegidos pela Rede Globo.
Share:

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Os manifestantes manipulados do Globo News

A Rede Globo sempre foi contra trabalhador e contra greve de trabalhador.
Depois das manifestações de junho houve uma brusca mudança de opinião nos telejornais da empresa.
Se a manifestação for em São Paulo contra o governo tucano, a Rede Globo não dá uma única matéria, afinal a Rede Globo e o PSDB são uma coisa só.
Se for em Brasília ou no Rio de Janeiro, tem cobertura longa e chata com direito a incentivo aos grevistas já que a Rede Globo faz oposição ao governo Lula/Dilma e a todos os seus aliados
A Rede Globo está usando as manifestações para manipular a opinião publica nacional, como sempre.
Meia dúzia de mascarados playboys conseguem dar horas de noticiário no Globo News todo santo dia com direito a transmissão ao vivo.
O plano é criar uma nova onda de manifestações que possam atingir o governo Dilma para que o Aécio Neves seja presidente.
Simples assim!
Share:

Partido laranja não pode empresa laranja pode

Em nenhuma democracia séria do mundo existe uma empresa de comunicação que controle 70% da grande mídia nacional como a Rede Globo controla no Brasil varonil dos trópicos tropicais.
Essa imprensa elege e derruba presidentes.
Ao menos tenta.
Quando não consegue eleger e perde para o voto popular que elege um presidente trabalhista que defende interesses da classe trabalhadora, essa imprensa monopolista vira um partido de oposição já que ela defende os interesses do patrão.
E da-lhe porrada no Lula/Dilma e no PT de manhã, de tarde e de noite fazem dez anos.
Para ajudar na derrubada desse partido trabalhista essa imprensa dá voz a um judiciário que pensa que foi eleito pelo povo para fazer politica.
Em qualquer democracia moderna ocidental existe o legislativo, o executivo e o judiciário.
Nos EUA o presidente da alta corte de justiça nunca dá pronunciamentos em grandes jornais sobre politica.
Isso seria interferência entre poderes.
No Brasil existe até uma televisão em rede nacional que transmite direto do STF.
O ministros Gilmar Mendes, Marco Aurelio de Mello, Joaquim Barbosa não passam um dia sem aparecer nos jornalões dando pitaco sobre politica e políticos fazendo interferência em outro poder.
Eles politizaram o judiciário levando os desejos da Rede Globo para os tribunais.
Rede Globo e PSDB são sócios e mandam no judiciário brasileiro.
Um judiciário com um STF que tem ministros envolvidos em acusações de crimes que os tornariam incapazes de ocupar os cargos que ocupam.
O Gilmar Mendes é dono de uma universidade, coisa que é proibido para um ministro do STF, entre outros crimes, alem de soltar banqueiros corruptos.
O Joaquim Barbosa abriu uma empresa laranja no EUA para poder comprar um apartamento de um milhão de reais em Miami só para não pagar impostos.
E ainda vai nos jornalões dizer que o Brasil está cheio de partidos laranjas.
Empresa laranja pode!
Share:
Tecnologia do Blogger.

OCUPE REDE GLOBO

Loading...

Pesquisar este blog

Veja meu site profissional

Veja meu site profissional
Jorge Laborda é um cara metido a designer, escritor e a ser humano.

Blogs que vale conferir

Arquivo do blog

Definition List

Contact

Support