Um blog de crônicas da Barelândia para o mundo!

BTemplates.com

sábado, 28 de setembro de 2013

A direita foi expulsa do armário

A direita andou se escondendo atras do discurso que não existe mais nem a esquerda nem a direita.
Com a tática do diabo, a direita nega a sua existência para que com isso o pensamento da esquerda pareça um velho caduco senil fora de moda.
Para quem acredita em deus e diabo, a tática do diabo funciona.
Para os ateus, ela não faz a menor diferença.
O Arnaldo Jabor é um grande arauto desse pós neoliberalismo que acusa a esquerda de ser fora de moda, vintage, enquanto propaga sua crendice no deus mercado que banca o José Serra que paga a secretária dele chamada Suzana Villas-Boas que por um acaso do destino senil é casada com o Arnaldo Jabor.
Por isso o ódio babante que o cineasta falido tem do PT e das esquerdas.
A indignação seletiva é muito bem paga.
A pregação contra o estado, a criminalização da politica e o culto ao mercado livre mesmo tendo falido todo o ocidente, ainda encontra caixa de ressonância na direita jegue tupiniquim que controla toda a grande mídia nacional.
Direitista é quem acredita que o mercado é justo e esquerdista é quem acha que o estado tem um papel legislador entre o capital e o trabalho.
A Rede Globo é a grande vitrine dessa direita que está saindo do armário sem pudores apesar de ter falido o mundo.
Antes na Rede Globo existia o teste do sofá para quem quisesse uma boquinha na Loira Platinada, hoje basta falar mal do PT que arruma espaço na empresa.
As manifestações de junho tirou do armário o monstrinho envergonhado da direita tupiniquim.
Carregando a bandeira contra a corrupção, a direita que sempre foi corrupta e controlou as relações de mercado e trabalho sugando o sangue da classe trabalhadora, agora acusa a esquerda de corrupção por falta de argumentos melhores.
Poucos direitistas se reconhecem como tal ou assumem que são direitista.
Você reconhece um direitista naquele cara hipócrita que vocifera contra a corrupção alheia, e só.
Geralmente é um cara meio que tapadão limitado.
Existe vida inteligente à direita, não há motivo de ter vergonha disso.
É muito raro, mas existe!
Share:

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Mulher canalha é fofa

Fui ao supermercado com uma amiga neurótica, ego centrada, demandista, que acredita que só existem os problemas dela no mundo, antes e depois do Big Bang.
Tirando isso, ou com isso principalmente, é uma grande pessoa, que tem a cabeça cheia de ideais que envolvem melhorias do mundo e dos seres humanos.
Ela se separou há um tempo entrou em depressão e deu uma queda fisicamente, porem recuperou-se, e como é escorpiana legitima, exagerada, intensa e terminal, ela está ótima agora.
Voltou a ter o corpão bonito, o astral bacana dos velhos tempos.
No supermercado o mesmo esquema, o homem empurrando o carrinho de compras e a mulher na frente lendo as bulas dos cosméticos por acreditar na veracidade deles.
Enquanto ela se distraia nesse tipo de prática budista de passar tardes de domingo ociosas, eu comecei a reparar nos outros clientes.
Percebi que as mulheres que passavam pela gente davam uma olhada para minha amiga e em seguida para mim, me medindo.
Como a louca estava distraída, elas aproveitavam para mandar sorrisos sorrateiros, entocados, meio canalhas, tipo homem paquerando mulher alheia, na encolha.
Eu e a amiga querida começamos a contabilizar e a nos divertir com isso.
Aparentemente o que acontecia era que as mulheres se sentindo atraindo um marido de uma mulher mais bonita que ela, era como uma vitória, uma conquista, um troféu, embora eu seja um bagulho e não seja marido da minha amiga.
A conclusão que chegamos é que mulher é tão canalha quanto o homem.
Um pouco mais fofa, mas igualmente canalha.
Share:

terça-feira, 24 de setembro de 2013

O Jornal Nacional vai mandar prender a Siemens

A Siemens denunciou os caciques tucanos que mandam em São Paulo há duas décadas roubando dinheiro do Metrô paulista.
Foram décadas acharcando as empresas como a Siemens para participarem da construção do Metrô paulista.
Desde o Mario Covas, passando pelo José Serra e o Alkmin.
O PSDB e a Rede Globo são uma coisa só.
Um cruza e o outro cabeceia.
Por isso foram dez anos falando em Mensalão do PT e nada do PSDB.
Para dizer que é democrático o Jornal Nacional mostra a roubalheira tucana, mas acusa o maquinista, o cobrador e o segurança do Metrô.
Menos os caciques de São Paulo.
O judiciário corrupto através dos seus procuradores de porta de cadeia já entraram com processo contra a Siemens por ter entregado a roubalheira.
O ladrão vai prender o roubado.
Quem vê o Jornal Nacional acredita que quem deve ir para a cadeia é o maquinista, o cobrador e a Siemens.
E amanhã tem Mensalão do PT de novo no Mau Dia Brasil para embromar os trouxas que acreditam na Rede Globo a votarem a favor do PSDB.
Quem sabe na próxima eleição eles vençam e consigam vender Petrobras além da Vale do Rio Doce, as Elétricas, o Banestado e as Telefônicas.
Esse petistas petralhas atrapalham demais a Rede Globo.
Só que a Siemens tem muito mais grana que a Rede Globo.
Mas não tem o coração e a mente do otário que vê o Jornal Nacional e acredita.
Quer ver espia só!
Share:

domingo, 22 de setembro de 2013

A Rede Globo julga e o STF prende

A Rede Globo apoiou até o amargo fim a sangrenta ditadura militar implantada no Brasil em 64 e lucrou com isso, se transformando na maior empresa de comunicação da América Latina.
Isso qualquer trouxa da geração Anonymous que não gazetou as aulas de história tem a obrigação de saber.
Para as pessoas que viveram esses tempos duros sem democracia, difícil é não lembrar.
Mesmo passado tantos anos depois da abertura democrática conquistada as duras penas pelas forças populares, pelos sindicatos livres e por pessoas como o FHC, o Lula e a Dilma, a Rede Globo ainda está parada no tempo em que fazia corações e mentes para os velhos generais, ditadores, sanguessugas e torturadores.
Continua a tentar impor o seu modelo, a sua ideologia, o candidato que mais favoreça os seus interesses econômicos, o que lhe pague mais jabá, o que faça um racha-cha com ela dos lucros do suor do brasileiro.
O PSDB e a Rede Globo são uma coisa só!
O PSDB é o braço “político” da ideologia de mercado com o cu alheio que a Rede Globo tanto tentar impor com seus comentaristas econômicos engravatados saídos em serie da FGV liderados pela urubóloga Miriam Leitão e Sadenberg.
O Deus Mercado não sobreviveria a uma rodada de debates sem as mães dinás com seus óculos, ternos e voz no Globo News.
O lucro com as privatizações da Vale do Rio Doce, Banestado, Elétricas e Telefônicas foi tão grande que até hoje a Rede Globo e o PSDB tem saudade dessa época do fausto e o neoliberalismo explicando a roubalheira nacional.
Essa gente perdeu no voto para um partido trabalhista chamado PT que apesar dos erros tem mudado a regra mercadológica em função do trabalho, apesar do poder midiático e financeiro bombardeando todo santo dia.
Esse aparelho de estado que controla as grandes empresas de comunicação monopolizada pelo eixo Globo-Folha-Veja-Estadão tenta ditar as regras do jogo.
Do Pre-Sal ao STF, tudo quem decide são eles.
A invenção do Mensalão do PT é um belo exemplo disso, até a Joseph Goebbles, ministro da propaganda do Hitler bateria palmas pelo linchamento midiático que dura dez anos.
A Propaganda, a tentativa coordenada para influenciar a opinião pública através da utilização de meios de comunicação, foi habilmente utilizada pelo partido nazista.
O método era “A propaganda consiste em forçar uma doutrina nos povos inteiros. A propaganda atua na sociedade, no ponto de vista de uma ideia e fá-las maduras para a vitória desta ideia.”
“Uma mentira dita repetidas vezes um dia se torna verdade” dizia Joseph Goebbles.
E os escoteiros fantasiados de nazi-fascistas de ontem são os trouxas de hoje que se acham inteligentes tentando acompanhar a lógica dos canalhas do Globo News.
Tudo um bando de zé ruela, com o diz o caboco!
Share:

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Irmãs Cajazeiras sob efeito Mensalão

Realmente a Rede Globo continua fazendo corações e mentes dos trouxas e abestados, como diria o deputado Tiririca.
Em plena democracia em que o Brasil vive hoje, apesar da Rede Globo que apoiou até o amargo fim a sangrenta ditadura militar e lucrou com isso, se transformando na maior empresa de comunicação da América Latina, a mesma Rede Globo que apoiou ditadores, hoje manipula a opinião pública para condenar os réus do processo AP-470, vulgarmente chamado de Mensalão do PT, (o do PSDB foi desmembrado pelo Joaquim Barbosa) tentando pressionar o STF para burlar a lei negando os embargos infringentes que existe na Constituição Brasileira.
O plano de transformar o PT em uma quadrilha de bandidos tem que acabar com algemas e prisão, pensa a Rede Globo que deve ao governo federal ao qual ela faz ferrenha oposição, a bagatela de 730 milhões.
A ideia é arrancar o PT do poder e por um aliado do PSDB para dar um calote mais vez no povo brasileiro.
Nessa campanha sangrenta da Rede Globo contra o PT entraram até os funcionários da empresa.
Travestidas de Irmãs Cajazeiras de luto, atrizes de novela da Globo representavam indignação contra a decisão do STF que seguiu a lei a favor dos embargos infringentes que é dar um segundo julgamento a um réu que foi condenado somente por um júri.
Isso é regra do direito internacional.
O desespero de que seja feito justiça, já que o Mensalão do PT é uma montagem feita pelo corrupto procurador Roberto Gurgel e um linchamento midiático sem igual que acabou virando verdade na cabeça do trouxa que acredita nessa imprensa suja, faz com que o eixo Globo-Folha-Veja-Estadão que sustenta o desejo de poder da elite encastelada em São Paulo entre em surto paranoico e raivoso.
Pregam a irracionalidade e o arrepio da lei.
A farsa do Mensalão do PT agora pode tomar novos rumos e os réus serem julgados com justiça e serem inocentados e pior, essa gente não vai aguentar ver a Dilma se reeleger.
Afinal, só a Rede Globo deve para a receita federal em impostos fraudados quase um bilhão de reais.
E a Dilma já disse que a Rede Globo vai pagar.
Por isso esse dá ou desce desesperado.
Como diria o Felix Bixa Má, é oôhhh!!
Share:

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

A Rede Globo apoiou a ditadura sem embargos infringentes

O Mensalão do PT é um emaranhado de documentos ligados entre sí pelo procurador Roberto Gurgel que senta em cima de processos de corrupção do Aécio Neves e outros do PSDB.
O Mensalão do PT foi uma operação de Caixa Dois, dinheiro de campanha não declarado, que todos os partido fazem, com o dinheiro doado pelo Visanet para a campanha presidencial de 2002.
A empresa norte americana que controla a bandeira Visa é dona de parte do Banco do Brasil.
Esse dinheiro foi “doado” ao PT e ao PSDB, apostando em um ou em outro.
Deu o Lula.
Ai esse dinheiro virou crime hediondo pelas mãos da revista Veja, Folha de São Paulo e Rede Globo que são aliados do projeto do PSDB e representam a elite brasileira encastelada em São Paulo.
Esse poder midiático pôs de quatro o STF do vaidoso Joaquim Barbosa, morador do Leblon que adora afagos infringentes vindos das mãos da madame que há 120 anos atrás estaria em cima da liteira e o avô do Joaquim Barbosa embaixo carregando.
O julgamento do Mensalão do PT é um julgamento político em que a Casa Grande e sua imprensa com o apoio de um ex morador da Senzala transformado em Capitão do Mato, transformou em um grande linchamento midiático contando com a falta de informação da manicure que não sabe o que é Capitão do Mato.
Também não sabe que a Rede Globo que inventou o Cesar, a Pilar, o Felix Bixa Má vem desde a ditadura militar dando voz a Casa Grande.
E vai acabar transformando o Cesar em um cara legal, se quiser.
E a manicure vai acreditar.
Share:

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Ôhh bicho complexo é a mulher

Ontem parecia que ia ser o dia das mulheres dar um tôco no mundo machista.
A Dilma deu um tôco no Obama.
A Pilar deu uma surra na Aline mas depois foi dar a periquita para o Cesar, o Galinha.
Moral da historia.
Mulher e pobre o pão quando cai, sempre cai com a manteiga de boca na areia.
Ôhh raça!
Share:

terça-feira, 17 de setembro de 2013

A diferença da Dilma, da Pilar e do Aécio

A Dilma deu um tôco no Obama pela sacanagem da espionagem com o Brasil e com o mundo todo.
Hoje ela recusou o convite do presidente do EUA marcado para essa semana.
E olha que esse ano inteiro somente a Dilma seria recebida com honra de chefe de estado pelo presidente norte-americano.
Deu um não sonoro, um tocão no Obama.
Hoje a Pilar promete dar uma surra no Cesar e na Aline, amante dele.
As duas não levam desaforo para casa.
Já o Aécio declarou na imprensa que se fosse ele o presidente iria até o Obama sim.
Disse que iria e pagaria boquete e tudo.
Também, discípulo do autor do livro “Teoria da Dependência” que responde pela alcunha de FHC que prega que o país mais armado e mais forte economicamente tem que ser obedecido e não contestado porque assim a pomba entra sem arder.
Tanto que a CIA norte-americana tinha escritório em Brasília durante o governo tucano.
Ainda bem que o Brasil de hoje é um país de pé, que não se curva, governado por uma mulher que sabe bater quando agredida.
Hoje as mulheres vão lavar a burra com a Dilma e a Pilar mãe do Felix, a Bixa Má.
Já o Aécio, esse vai ficar chupando dedo pensando na rola do negão Obama.
Share:

Cesar, o Otário

As novelas da Rede Globo tem uma utilidade acadêmica que não é aproveitada pelas universidades de cinema.
Se fosse professor de curso de roteirista pediria para os meus alunos assistirem as novelas da TV Globo para aprenderem como não se faz roteiros.
A esquizofrenia total dos personagens das novelas revela o distanciamento que a biba pernóstica escritora de novela global encastelada no seu ap no Baixo Leblon tem do resto da humanidade.
A linha tênue entre a ficção e a realidade é o fio da navalha de um bom roteiro.
A opção do autor por escrever drama, comédia ou chanchada é decidida no fazer da obra ou antes dela.
A esquizofrenia dos roteiros de novela é que elas não sabem se são uma coisa ou outra.
O Cesar, personagem da novela Amor a Vida do autor Walter Carrasco, uma biba pernóstica encastelada no Leblon que nunca deve ter atravessado o Túnel Rebouças, é um médico e dono de hospital muito bem sucedido como empresário e como a galinha chefe da novela.
O papel de pegador geral sempre caiu bem para o ator Antonio Fagundes.
Nesse papel de Cesar, a Galinha, o personagem tem uma secretária que é sua amante que ele mantem em um flat como teúda e manteúda.
Até ai é normal, é clichê dos bons, como diz o Felix, a Bixa Má.
O que não bate é o cara alugar o flat no nome dele, pagar todas contas com o nome dele e acima de tudo, dar um cartão de credito dependente para a amante, logo o Cesar, a galinha chefe, um profissional em trair a mulher e posar de respeitável.
Existe uma piada de canalhas sobre o cara que trai a mulher e paga conta de motel com cartão de credito.
Bom.
Pior que os roteiros das novelas da Rede Globo só o Mau Dia Brasil, o Jornal Nacional e o Jornal da Dez.
Tudo obra de ficção com roteiros sem compromisso com a realidade.
Pura chanchada!
Share:

Espionagem, Seo Anonymous e as manifestações

Durante as manifestações de junho apareceu a figura incendiária do Seo Anonymous, uma figura genérica, sem rosto, com perfil de justiceiro vingador cibernético que dava voz de comando fazendo listinhas do que deveria ser atacado pela multidão enfurecida e indignada sedenta de justiça .
Sabe-se que essa figura mitológica do Seo Anonymous tem origem na pós geração Y e seus computadores em rede. Uma geração protegida pelo anonimato, pela solidão, pelo individualismo e pelas “verdades” que surgem a cada instante nas redes sociais.
O pavio que detona as bombas nas redes sociais tem o tamanho de bytes nas fibras óticas que podem dar quatro voltas no planeta em um segundo.
Na quinta volta ele já não é verdade e virou o passado.
As manifestações começaram pelo Movimento Passe-Livre, que copia alguns movimentos europeus que pregam que o transporte coletivo tem que ser prioridade e que deve ser público e totalmente de graça. Esse movimento não conseguiu implantar isso nem na nórdica Suécia e seus altos impostos devidamente socializados.
Essas manifestações foram vistas pela Rede Globo como uma grande chance de dar uma pá de cal no governo trabalhista Lula/Dilma que ela tanto odeia por ser representante da elite escravocrata tupiniquim, portanto, representa os patrões e não os trabalhadores.
O PSDB de São Paulo, cúmplice da Rede Globo, manda a sua polícia sentar o cacete e a Rede Globo transmite “indignada”.
Foi o estopim para que o Brasil fosse as ruas e a Rede Globo no comando da pauta.
Enquanto isso aparece o Seo Anonymous nas redes sociais incendiando corações e mentes “contra o governo corrupto que nos oprime”.
No subsolo desse país onde ocorreu tudo isso, silenciosamente, em um lugar muito abaixo da superfície, dorme tranquilamente um oceano de petróleo, a causa de todas as guerras modernas.
O Pre-Sal, motivo da espionagem do EUA contra o governo Dilma e Petrobrás, continua na pauta desde as manifestações de junho e talvez uma das causas dela.
E vai continuar por muito tempo sendo o motivo da Rede Globo, cúmplice da ideologia do grande capital baseado no EUA tentar derrubar um governo trabalhista que pensa o Brasil para os brasileiros.
E dá-lhe Arnaldo Jabor, casado com a Suzana Villas-Boas, secretária do Jose Serra e produtora do programa Saia Justa, também da Rede Globo, chamando o Brasil de republica cucaracha por pensarmos assim.
E durma-se com uns traíras desses.
Share:

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

De tanto o EUA espionar quintal alheio que arrombaram o dele

Dessa vez foi uma base militar da Marinha do EUA em plena capital norte-americana que foi atacada.
13 mortos até agora.
A base fica somente a quatro quilômetros das Casa Branca, casa do Obama.
Se concentraram em espionar a Dilma e o Pre-Sal brasileiro que esqueceram o motivo da espionagem, o terrorismo interno e externo.
Depois desse ataque dentro do coração do governo norte-americano não dá pra dizer que os investimentos em espionagem a título de segurança são voltados para segurança somente.
Essa espionagem é muito mais econômica e estratégica que outra coisa.
O que aconteceu agora parece aquela lenda urbana da fofoqueira da rua que passa a vida espiando a vida alheia e esquece seu quintal largado.
Share:

domingo, 15 de setembro de 2013

Médico de federal é funcionário publico

Médicos encastelados dentro da Universidade Federal do Amazonas estão boicotando o Mais Médicos por pura canalhice.
A grande maioria usa a UFAM como um bico, uma aposentadoria, só ocupando vaga e mal aparece na instituição.
Um canalha desses que se diz médico e suga o imposto do trabalhador honesto e ocupa uma vaga dentro de uma instituição publica deixou de ser médico faz tempo.
Médico é vocação para salvar vidas e para esse canalha a medicina virou só um grande negócio.
A maioria é só um vendedor da industria farmacêutica e sócio de plano de saúde particular feito essas UNIMEDs da vida
Como funcionário público federal esse canalha deve obedecer diretrizes de governo ou pedir demissão.
O governo federal deveria demitir esses canalhas das federais que estão infestadas desse tipo de safado que só suga o imposto do contribuinte.
Alguns deveriam ser presos por estelionato. Pegar grana do contribuinte e não trabalhar é estelionato.
A UFAM está entregue a grupelhos ideológicos de quinta categoria afinados com a escrotice do mais do mesmo.
Uma pena!
Share:

Biba velha envelhece também

Querer ser jovem eternamente transforma a pessoa é uma caricatura de si mesma.
E caricaturas tendem para o ridículo.
Ser feliz é não ter medo de ser ridículo, não ter medo de errar, de se arrepender e de saber se perdoar e perdoar aos outros, principalmente.
Mas querer ser o que você não é quando o tempo passa e você envelhece. Ai é tentar enxugar gelo, é nadar contra a corrente achando que não vai se cansar.
Nadar a favor da corrente é o que o idiota que acredita no Mensalão da Rede Globo faz. Melhor acreditar na opinião publicada do que procurar se informar para ter a sua opinião sobre as coisas.
Existe um grande vale entre o que é a opinião publicada e o que é a opinião pública.
Mais isso é tema para um tratado sobre idiotice e idiotas.
Vendo o Caetano Veloso fantasiado de Black Bloc como se incentivando não só uso de mascaras mas também os métodos violentos do grupo fascista, só para se inserir no que ele acha que é novo, é um exemplo grotesco de o quanto uma pessoa pode chegar para parecer jovem sem ser.
O mais ridículo é depois vir a imprensa dizer que não é nada disso, que a foto foi usada de má fé pelo grupo Midia Ninja onde ele foi entrevistado.
Ele se desmentiu mentindo, pois a foto foi publicada também no seu Facebook administrado por seus assessores, portanto, a intenção de “causar” acabou “causando”, como sempre.
Caetano Veloso é um grande compositor inegavelmente, ninguem em sã consciência diria o contrário.
Como intelectual lhe falta admitir que é de direita, como o Lobão e o Roger do Ultraje assumem ser.
Desde a prisão pelos militares da ditadura de direita o Caetano tem apresentado sintomas de Síndrome de Estocolmo, estado psicológico em que o violentado passa a ter simpatia pelo agressor para merecer melhor tratamento. Uma forma de compensação pela dor sofrida.
Sempre que algo novo acontece no mundo o Caetano arruma um jeito de dar sua opinião para algum jornalista que publica, e sempre opinião cheia de contradições.
Como todo baiano bom, o Caetano se acha.
Os jantares que ele e a mulher Paula Lavigne oferecem para o Jose Serra querendo faturar apoios entre a classe musical é uma posição, um lado.
Ponto!
Basta assumir sua posição.
Isso não é ser ridículo.
Ser ridículo é não querer envelhecer e pegar carona de toda onda como um surfista oportunista e se colocando no centro da discussão como se fosse o dono da ideia.
Biba velha tem que saber a hora de deixar os outros ter sua hora.
Biba velha tem que aprender envelhecer.
Biba velha não pode se dar ao luxo de ser ridícula.
Share:

sábado, 14 de setembro de 2013

Black Bloc vai virar bloco de carnaval

O fim do ano está chegando e começa os preparativos para o carnaval.
A notícia enguiçada do ano no Rio de Janeiro dominado pela Rede Globo do Túnel Rebouças até a orla atlântica foram os ataques dos meninos mascarados e seus Ipods contra o Sergio Cabral.
Muito mais por ele ser aliado do governo Dilma do que por ser corrupto.
Se fosse por corrupção o Black Bloc de São Paulo tinha a roubalheira do Metrô pelos tucanos desde a fundação do partido com o Mario Covas como motivo para quebrar todos os orelhões de Sampa.
Foram 22 anos roubando o Metrô e por causa de transporte público começaram as manifestações em junho.
O túnel paulista está cheio de siemens e essa é a prova do crime. Chega a pingar siemens da boca do emboca.
Pau que bate em Chico teria que bater em Francisco.
Que o diga o STF que esquece esse preceito ético quando quer pôr na cadeia o honesto José Genoino que mora há 30 anos na mesma casa do BNH de 150 mil reais e deixa de lado o Jose Serra responsável pela roubalheira da Privataria Tucana e hoje proprietário de uma das maiores fortunas do Brasil em nome da filha dele Verônica Serra que virou sócia da AMBEV.
Quem decide quem vai ser perseguido, julgado, condenado e preso desde a ditadura militar é a Rede Globo.
Ela controla o STF e os Black Bloc.
No carnaval do Rio do ano que vem o Black Bloc vai virar mais um bloco de carnaval da carnavalesca Laranjeiras.
Na frente abrindo o desfile os tiozinhos do PSOL com máscara do Joaquim Barbosa seguidos pelos Black Bloc, todos de tanga porque no carnaval faz um calorão dos caraleo que não dá para usar o modelito Black Bloc alemão.
E assim mais um ano eleitoral se inaugura e mais sujeiras do PT a Rede Globo vai inventar para tentar derrubar o governo trabalhista que ela tanto odeia.
E se preparem porque a guerra vai ser suja.
Share:

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Caluniador tem perdão, trouxa não

A calunia contra adversários como arma política existe desde a antiga Babilônia.
O assassinato de inimigos começa com Caim e Abel.
E olha que eram irmãos de sangue.
A fofoca, a intriga e a calunia em grande escala foi inventada por Gutenberg quando inventou a imprensa moderna.
A destruição da imagem e do caráter de uma pessoa custa o mesmo preço de um comercial de televisão.
Basta ter a grana e mandar para a Rede Globo.
No caso do Mensalão do PT ouve a cumplicidade do judiciário corrupto que adora holofotes globais e soltar criminoso de colarinho branco que morem no mesmo Leblon que o Joaquim Barbosa.
Preso mesmo só vai quem é preto, pobre e petista.
Menos o preto Joaquim Barbosa, esse trabalha para os brancos da Casa Grande.
A calunia e a difamação do Mensalão do PT levado a cabo pela imprensa da direita tupiniquim que mora na Casa Grande contou com a ajuda do preto oriundo da senzala Joaquim Barbosa para destruir um PT que defende os trabalhadores da senzala, todos ex-escravos.
O Lula que trabalha para a Senzala onde moram a maioria preta do Brasil que indicou o preto Joaquim Barbosa pela cor da pele e não por mérito, na esperança que ele prendesse banqueiros ladrões como Daniel Dantas solto pelo STF que trabalha para os brancos ricos.
Nesse combate entre a Casa Grande e a Senzala todos sabem o seu lugar, inclusive o Capitão do Mato Joaquim Barbosa.
Só quem não sabe é o trouxa que acredita em tudo que a Rede Globo, a Veja, a Folha dizem.
Esse não sabe que essa chamada "grande imprensa" é sub-produto da ditadura militar que elas apoiaram até o amargo fim.
O Hermenildo, o trouxa, não sabe que atrás da imprensa tem o dono da imprensa e a ideologia dele e tudo que ele representa.
Para esse trouxa não existe perdão.
Share:

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

E o Mensalão da Rede Globo periga dar xabú

O Mensalão do PT é uma acusação formatada pelo procurador geral Roberto Gurgel, que sentou em cima de vários processos que acusavam o PSDB, inclusive o Aécio Neves.
Ele transformou em crime hediondo um empréstimo do Visanet, dona do cartão Visa, cedido na campanha política de 2002 ao PT e ao PSDB, os dois prováveis ganhadores da eleição.
Deu o PT com o Lula.
Ai fodeu!
Em seguida o PT pagou a sua campanha e a dos aliados com esse dinheiro.
Só o PTB do Roberto Jefferson levou dez milhões para pagar a sua campanha.
O Jose Genoino, então presidente do PT assinou esses pagamentos.
Não ouve compra de voto, nem corrupção porque o dinheiro veio do Visanet, uma empresa privada.
Parte desse dinheiro foi declarado e parte não.
Houve crime de Caixa Dois cometido por todos os partidos desde sempre enquanto não mudar a lei eleitoral que acabe com esses empréstimos e doações.
O Roberto Jefferson, líder do PTB, aliado do PT nas eleições, queria a direção de Furnas, uma estatal onde rola uma grana preta.
O Jose Dirceu negou por saber que o Roberto Jefferson queria era fazer caixa na estatal e por ser Furnas uma empresa estratégica.
Contrariado no seu plano, Roberto Jefferson acusou o Jose Dirceu de comandar um esquema de compra de votos o qual chamou de Mensalão.
Ele passou a odiar o Jose Dirceu.
O corrupto Roberto Jefferson deu a deixa para que a Rede Globo e a revista Veja tanto queriam para desancar o PT do poder.
E o Jose Dirceu era o caminho.
Todo mundo que tem um pingo de conhecimento histórico recente sabe que a Rede Globo e o PSDB são uma coisa só.
O projeto neoliberal de vender o Brasil e rachar o lucro foi atrapalhado pelo governo trabalhista do Lula.
O Lula tinha que ser sacado a força, no golpe.
Só não foi porque o FHC exigiu que ele sangrasse me praça publica para humilhar.
E a imprensa obedeceu e não pediu o impeachment do Lula.
Foi o erro desses canalhas corruptos.
O Lula se reelegeu esmagadoramente e elegeu sua sucessora.
Até hoje, passado tantos anos, o procurador Gurgel só reuniu um monte de suposições de acusação, já que dinheiro privado não configura crime de corrupção.
A pressão da Rede Globo e a grande mídia nativa, toda ela porta voz da elite e dos patrões e contra o Partido dos Trabalhadores fez aparecer a figura do Batman brasileiro.
O Joaquim Barbosa, o justiceiro, que sem provas e usando o artificio jurídico do Domínio do Fato, uma exceção usada para condenar nazistas na Alemanha, tenta agradar os senhores da Casa Grande fazendo as vezes de um neo Capitão do Mato.
Até a roupa de Capitão do Mato se parece com a toga de juiz do STF.
Com a entrada de mais dois ministros no STF não comprometidos com o PSDB nem a Rede Globo, o julgamento periga ser revisto para ser julgado com decência como pede a democracia brasileira e não para agradar o desejo politico da Rede Globo e PSDB.
Se for julgado a luz dos fatos nenhum juiz decente condena ninguem, sem provas baseado na ilação de um procurador Gurgel para lá de corrupto e coagido por uma empresa de comunicação que deve aos cofres públicos bilhões em impostos sonegados.
O Mensalão da Rede Globo periga dar xabú.
Share:

Espionagem: Brasil decide vender Petrobrás

Essa é a manchete que o traíra com Complexo de Vira-Latas gostaria de ver estampada na grande imprensa nativa completamente identificada com a ideologia do EUA para todas as questões.
Essa grande mídia concentrada nas mãos de cinco famílias desde a ditadura militar é paga pelo grande capital das megas corporações para ser assim e veicular os desejos dessa gente.
O José Serra, o eterno candidato a presidência pelo PSDB, partido que adota a ideologia neoliberal que acredita na honestidade desse grande capital e do mercado solto feito os bagos do Analista de Bagé, durante sua campanha presidencial teve um e-mail interceptado pelo Wikileaks onde promete para o embaixador do EUA no Brasil que se eleito, venderia a Petrobrás para a Chevron, uma empresa norte-americana, que passaria se chamar Petrobrax.
E junto o Pre-Sal brasileiro que é o que o EUA mais deseja nessa vida.
Assim se tornaria real o que o Gão-Mestre Príncipe dos Sociólogos conhecido pela alcunha de FHC profetizou no seu livro “Teoria da Dependência” onde ele apregoa que o país mais armado e mais rico levante a pomba e os países periféricos levantem o toba para levar no rêgo.
Bem funcional, de acordo com o livro que é a base do pensamento neoliberal tupiniquim.
Durante os oito anos de governo FHC, a CIA do EUA tinha escritório na embaixada norte-americana em Brasília.
E o coxinha traíra sem noção, só para ser oposição ao governo trabalhista do PT, também apoia essa ideia postando no Facebook sua trairagem.
Essa criatura ainda vive no tempo da Guerra Fria em que o herói norte-americano iria livrar o seu pobre toba dos tarados comunistas comedores de freiras e de criancinhas.
Essa pessoa mixa e burra parada no tempo é só uma abstração vintage.
Esse coxinha safado odeia os médicos cubanos do Mais Médicos que levam saúde para os pobres brasileiros e admira a Quarta Frota do EUA que anda singrando os mares do Atlântico Sul só de olho no Pre-Sal.
A criatura traíra é só uma prostituta na beira do cais esperando o marinheiro norte-americano desembarcar para levantar o toba e ser encochado.
E de graça.
Uma rameira burra de quinta categoria!
Share:

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

A violência contra a “imprensa” é resultado do que ela é

A população cansou de ver a imprensa sempre se posicionado ao lado dos patrões e das elites.
A Rede Globo começou a sofrer as consequências disso durante as manifestações.
Por apoiar a ditadura militar e depois o governo neoliberal do PSDB e sempre se posicionar contra as reivindicações da classe trabalhadora, a empresa que é sinônimo da “imprensa” brasileira hoje vive acuada durante as manifestações.
Dá dó ver jornalistas se escondendo em cima de edifícios porque não podem ir para as ruas cobrir os eventos.
A Rede Globo está tão mal na foto, tanto que anda terceirizando do Mídia Ninja as tomadas de vídeo das manifestações no Rio.
A violência que ela adora filmar quando os Black Bloc atacam algum inimigo político dela, fica em off quando eles atacam jornalistas e a sede da empresa pelo Brasil afora.
A Rede Globo não é a imprensa nacional, mas o que ela representa suja a imagem de todos da imprensa.
Por isso estão sendo agredidos durante as manifestações.
O que é uma merda para democracia.
Mas a Rede Globo nasceu na ditadura militar onde faltava democracia e sobrava violência
Tomara que ela não consiga o que planeja, já que tem o monopólio da comunicação do Brasil.
Foder a nossa democracia em construção.
Pela democratização da imprensa já!
Share:

O recuão do Artur

Pau que bate em Chico tem que bater em Francisco, essa é a regra para quem quer ser metido a falar mal dos outros.
O Artur Virgilio, um tucano de primeira hora, já foi prefeito da Barelândia e vem de uma família acostumada a viver das benécies da vida pública.
Em 2013 voltou a ser prefeito da esculhambada e afavelada Barelândia abandonada por anos e anos de administração de sanguessugas que só roubaram e nada fizeram pela cidade.
A cidade não tem esgotos, não tem calçadas e vive de pracinhas mal ajambradas as margens de igarapés que viraram esgoto a céu aberto.
Por isso ela copiou os condomínios particulares das outras metrópoles que viraram ilhas paradisíacas dentro da favela do resto da cidade.
O transito é o resultado da completa falta de investimento em uma malha rodoviária que suporte o crescimento econômico da cidade.
A Barelândia ficou mais rica, paga mais impostos, mas esses impostos não aparecem na estrutura da cidade.
Ele some no bolso da galera que está no poder há 30 anos sem tirar de dentro.
Só revezando.
O Artur foi eleito pelo Amazonino Mendes e teve que “perdoar” o rombo que ele deixou de 320 milhões nos cofres da Barelândia.
De rombo em rombo eles ficam mais ricos e a Barelândia mais afavelada.
Para tentar arrumar o que não tem jeito, o Artur está fazendo um tal de recuão nas paradas de ônibus.
Isso depois de ter prometido no filminho da campanha dele que ia implementar o BRT e transformar a Barelândia em Curitiba, disque.
Esse povo feio da oposição anda dizendo que o recuão do Artur está muito largo e que recuão por recuão a gente já tinha o do Negão e que não sei o que não sei o que lá.
Estão construindo uma nova cidade do outro lado da Ponte do Bilhão porque essa daqui tem mais jeito não.
E lá também já tem uma invasão que vai virar outra favela permitida pelo poder público porque dá voto.
Quer ver espia só!
Share:

sábado, 7 de setembro de 2013

Rede Globo está decepcionada com os coxinhas

A Rede Globo e a Folha de São Paulo passaram o mês inteiro bombando as manifestações do feriado do sete de setembro na esperança de derrubar o governo Dilma do poder para facilitar a volta do PSDB ao Planalto e assim poder vender a Petrobras e o Pre-Sal em um só pacotão para a Chevron e levar o dela para sair do vermelho esperando que milhares de manifestantes coxinhas fossem as ruas.
O golpe falhou.
No Rio deu sol e os Black Bloc coxinha tupiniquim preferiram a praia.
Em Brasília o ônibus fretado pelo Jair Bolsonaro e a cambada do Metrô Paulista e o direitão Movimento Contra a Corrupção não conseguiram encher uma tomada das câmeras da Rede Globo.
Na Barelândia deu meia dúzia de mascarados que acabaram presos por bater em uma jornalista.
E assim a Queda da Bastilha Tupiniquim fica para a próxima.
O Irineu Marinho, dono da Rede Globo foi essa semana pedir para o Lula voltar a ser presidente porque a Dilma sequer recebe eles no gabinete presidencial.
O governo federal anda baixando a cota publicitária com a Rede Globo e cada capitulo do Amor a Vida custa 280 mil reais.
O Felix, a bixa má é uma bixa cara.
E nem o golpe do Criança Esperança está tirando a Rede Globo do vermelho que deve aos cofres públicos mais de um bilhão de reais em impostos sonegados.
A coisa está feia para a Loira Platinada.
Share:

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Quando a imprensa nativa incentiva manifestações

Quem tem um pingo de conhecimento histórico e não faltou as aulinhas no primário sabe que a Rede Globo, a Folha de São Paulo e mais meia dúzia de empresas de comunicação que pertencem a meia dúzia de famílias, apoiaram a ditadura militar até o amargo fim e lucraram e engordaram com ela.
A Rede Globo sozinha controla setenta por cento das mídias brasileira.
Depois do fim da ditadura, essa mesma grande imprensa nativa continuou ao lado do poder, ajudando a eleger os presidentes que mais lhe agradavam e ao grande capital internacional por trás das ditaduras da América Latina, sempre defendendo os interesses dos banqueiros e dos patrões e da sua elite tupiniquim escravagista.
Foi assim com os dois fernandos, o Collor e o FHC.
Quando o governo trabalhista do PT consegue se eleger contra a vontade dessa imprensa, ela vira oposição imediatamente e coagindo um judiciário conservador tenta governar através de chantagem midiática e através de procuradores de justiça para lá de suspeitos afinados com esses interesses.
Transforma o PT em um partido de criminosos.
Quando essa imprensa veicula e organiza manifestações, com certeza não é contra a corrupção sendo ela a maior corrupta. Ela quer desestabilizar um governo de esquerda que apesar dos erros tem diminuído a diferença abissal da sociedade brasileira que foi sugada por 500 anos por essa elite representada por essa imprensa nativa.
O plano é tentar voltar ao poder e vender o que restou das estatais de olho principalmente no pré-sal brasileiro.
O eterno candidato dessa imprensa é o Jose Serra que de acordo com interceptações de emails do Wikileaks, já tinha prometido vender a Petrobras para a Chevron do EUA.
Hoje na Folha de São Paulo saiu na primeira página um mapa das manifestações.
Na primeira página do O Globo, mais incentivos as manifestações em Brasília.
Os Black Bloc no Brasil são uteis para a Rede Globo dependendo da cidade.
Se for no Rio governado pelo Cabral, que de santo não tem nada, mas apoia o governo federal, os Black Bloc são jovens justos e guerreiros lutando pela democracia, isso na versão da Rede Globo.
Já em São Paulo governado pelos tucanos há 22 anos roubando o Metrô Paulista de acordo com denúncias da ex cúmplice Siemens, os Black Bloc são assunto de polícia e marginalizados por essa mesma imprensa que protege a corrupção do PSDB, os dois sendo cúmplices.
Até o Caetano Veloso que faz jantares para apoiar o Jose Serra, saiu hoje no O Globo fantasiado de Black Bloc desde pequeninho.
Quando ele veio da Bahia, ele usava as roupinhas cafonas da irmã dele.
De Black Bloc mascarado dando pinta de revolucionário, o Caetano não convence nem a manicure que só compra a revista Caras.
Ele deveria continuar só dando a Bundas dele.
Share:

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

A Barelândia não é a Provence

A Provence é uma região do sudeste da França.
Acho que quer dizer província em francês e mesmo lá isso tem uma conotação pejorativa.
O babaca de Paris deve achar que quem é de Provance é um matuto.
A Provence situa-se no sudeste da França e estende-se desde a margem esquerda do Ródanoaté a margem direita do Var, onde limita com o antigo condado de Nice, na margem esquerda do rio onde é banhada pelo Mediterrâneo.
Durante a Idade Média, a Provence ocupava uma área maior que incluía os Alpes Meridionais e o território de Nice. A história retirou-lhe uma parte dos Alpes (que passou à província do Delfinado) e o território de Nice (anexado aos Estados da Saboia em 1388). Na segunda metade do século XX, a criação da região administrativa da Provença-Alpes-Côte d'Azur restabeleceu em grande medida o território original da Provença medieval, com a inclusão dos Altos-Alpes e do território de Nice.
A Barelândia comemora no dia cinco de setembro a elevação a categoria de província quando se desmembrou da província do Pará.
Logo depois veio o Boto Tucuxi e fundou uma turma que tomou de assalto a recente criada província e até hoje manda nessa porra.
O Boto Tucuxi formou o Amazonino Mendes que formou Eduardo Braga, Omar Aziz, Alfredo Nascimento e os políticos periféricos para dar sustentação a corja.
Tem a família Virgilio também que desde o bisavô gosta de mamar no dinheiro público. Trabalhar que é bom nem pensar.
A Província da Barelândia ficou independente do Pará, mas continua governada por ladrões.
O pior é que a chamada elite Baré, que se acha, apoia essa corja.
O Baré vai morrer provinciano mesmo indo visitar a Provence todo ano com dinheiro alheio.
Provinciano é provinciano.
Tá no sangue!
Share:

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Que a música cubana salve a brasileira

A má influência do monopólio das comunicações nas mãos de cinco famílias brasileiras tem causado estragos na nação.
A Rede Globo e adjacentes estão no controle da vida pública controlando corações e mentes desde a ditadura militar onde elas engordaram com o dinheiro público usurpado pelos torturadores militares.
Desde a abertura democrática, a Rede Globo tenta impor um candidato a presidente que representa os seus interesses, ou seja, o grande capital privado que banca a sua conta bilionária.
Essa dominação no campo da política invade a esfera da cultura brasileira.
Nivelar por baixo a cultura popular faz parte do plano de dominar os corações e mentes.
“Quanto mais idiota for o povo mais fácil a gente dá um craw”, pensam eles.
Por isso essa invasão ano após ano de modas musicais sem noção.
Musica para pensar nem pensar.
Musica boa é que segura o tchan, agarra o tchan e tchan, tchan, tchan.
Depois do crew, veio o cha, cha, chump, chaca nela, e depois a abaixa vai até o chão na boca da garrafa e rasga esse cuzinho.
Lembro que tinha um kit para crianças da dança da boquinha da garrafa.
Tinha mãe que comprava o kit que consistia em uma saia curtinha, uma calcinha enterradinha, uma botinha e uma garrafa para a filha de cinco anos ir rebolando até a boquinha da garrafa.
Tinha até concurso infantil da boquinha da garrafa.
O kit era vendido pelo site da Rede Globo através da Som Livre.
"E assim vamos criando periguetes que vão virar periguetonas", pensam eles.
"Periguetes e periguetonas são mais fáceis da gente influenciar para hostilizar os Médicos Cubanos do governo do PT que querem levar saúde para os pobres", pensam eles.
"Pobre e trabalhador só dá trabalho", pensam eles.
Oxalá os médicos humanistas cubanos ensinem a medicina de gente para os nossos médicos tecnicistas e mercantilistas que trabalham para a indústria farmacêutica suíça e alemã.
E que consigam trazer a lembrança da excelente musica brasileira que tem muito da salsa cubana.
Samba e salsa dá o maior caldão quando a Rede Globo não
nivela todo mundo na boquinha da garrafa dela.
Ôh raça!
Share:

terça-feira, 3 de setembro de 2013

A vaidade sem noção do mercadopata

O mercadopata é aquele tipo que teve preguiça de estudar e prefere a preguiçosa informação injetada pela televisão, de preferência da “fonte confiável” dos colunistas do Globo News.
No Globo News não precisa ser economista para dar pitaco sobre economia.
Todo mundo canta a mesma cantiga do economês fundamentado no dogma do Deus Mercado da herança neoliberal que fodeu o mundo todo, mas esqueceu de deitar.
O pessoal do Globo News sabe disso, mas eles representam esse grande capital tubarão que lucrou com as quebradeiras do mundo. Eles são o porta voz da elite que bebeu o sangue dos ensanguentados.
O único que não sabe disso é o mercadopata.
Para o mercadopata, usou terno de grife, um sapato lustroso e um cabelo de coxinha e tem cara de quem estudou na FGV, já basta para ter credibilidade.
A economia de mercado desse pessoal não leva em conta o mercado. O que eles pregam na verdade é o aplicacionismo nas Bolsas de Valores da vida que não põe um tostão furado na produção. É só na base do venha a nós o vosso reino é no teu que é bom que o nosso está guardado.
Essa filosofia é excelente para a Casa Grande, pois quem tem a grana concentrada de 500 anos de exploração do povo brasileiro é a Casa Grande.
Essa tem grana para investir na Bolsa.
A Senzala fica só olhando que nem cachorro vendo o frango rolar assando na padaria.
O mercadopata não entende de mercado.
Para existir mercado, a grana tem que girar, ter gente que use o dinheiro para comprar e assim alimentar o sistema de mercado.
O Lula compreendeu isso e usou métodos poucos ortodoxos para fazer girar esse dinheiro, através de programas de transferência de renda, incentivo a produção agrícola e industrial, o Minha Casa Minha Vida para impulsionar o mercado imobiliário e saldar a dívida por moradia do povo brasileiro, diminuição de IPI para eletrodomésticos e muitos outros programas que transferem capital para a base da pirâmide que sempre serviu de massa de exploração para a elite do topo.
O Brasil diminuiu a distância entre a Casa Grande e a Senzala, mas são 500 anos de pau dentro. Não se muda de uma hora para outra.
O mercadopata perdeu a aulinha de história recente. Ele não viu a Queda do Wall Street. Ele ainda está comemorando a queda do Muro de Berlim há trinta e cinco anos atrás.
A Miriam Leitão, a musa do mercadopata, vive drogada de laquê e é muito bem paga para pregar a mercadopatia e a lenda do Estado Minimo..
O mercadopata não.
O mercadopata é só um idiota!
Share:
Tecnologia do Blogger.

OCUPE REDE GLOBO

Loading...

Pesquisar este blog

Veja meu site profissional

Veja meu site profissional
Jorge Laborda é um cara metido a designer, escritor e a ser humano.

Blogs que vale conferir

Arquivo do blog

Definition List

Contact

Support