Um blog de crônicas da Barelândia para o mundo!

BTemplates.com

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Oxiúros never more

Ao passar por uma rua do outrora romântico bairro do Parque 10 onde enterrei a minha destroçada juventude, vi pela janela de vidro fumê 100% do carro refrigerado onde me abrigava desse clima hostil da Barelândia, um vira lata de rua esfregando o toba no asfalto quente.
E olha que asfalto quente da Barelândia ao sol inclemente da tarde é quente para chuchu.
Fiquei a pensar o que poderia fazer aquele cãozinho de rua ficar naquela situação tão limítrofe.
Das duas uma.
Ou é um cãozinho tarado que nem uma amiga que tem por filosofia de vida dizer para o namorado nas brigas intermináveis “Nem que eu tenha que esfregar minha periquita no asfalto quente eu vou dar pra ti!”.
Ou é oxiúros que faz coçar a bocada do toba perlamordedeusio.
Oxiúros na Barelândia leva o nome de tuxina.
Esse cãozinho desgovernado com seu toba latejante fez eu na minha refrigerada consciência dentro do automóvel reluzente ficar pensando.
A humanidade esquece que é humana e como humana está sujeita a toda sorte de invasão, desde a intelectual que adentra pela televisão e pelas janelas dos outdoors até a invasão sorrateira dos vermes e criaturas invisíveis.
A nem uma das duas essa humanidade facebookiana dá a menor importância e pensa estar livre delas.
Mas não é bem assim!
Todo mundo tem lombriga e jura que não tem.
E tem gente que queima a boca do toba quando dá coceira pensando que é tesão e nem é.
É só oxiúros.
O que um cão esfregando o toba no asfalto quente da Barelândia faz a gente pensar.
Quanta bobagem!
Share:

Os verdes cuidam da horta os neoliberais da grana

O pulo do gato da teoria neoliberal é a desconstrução da noção de país, de nação, de pátria e de fronteiras.
A dos outros, claro, né mano véio!
Isso para permitir o fluxo de capital na chicana financeira que acabou quebrando o mundo todo.
Era a abertura do toba alheio.
Para isso eles contavam com empolgados doutores tupiniquins que foram estudar em Harvard para aprender como se abre um toba bem aberto e uma imprensa conservadora de uma elite acostumada a mamar nas tetas desde que o Brasil é Brasil e isso vão 500 anos.
Nessa leva veio de Harvard o FHC, Malan, e de coleirinha para fazer caixa o Daniel Dantas para comprar essa porra que está a venda.
Todos doutores.
Os verdes herdaram do neoliberalismo esse entreguismo mundial.
Uma variação banal da Teoria da Dependência.
O conto do vigário que diz que o livre fluxo sem a interferência do estado é muito legal.
Tipo assim, deixa para as ONGs os problemas brasileiros.
Como a questão indígena, a questão ambiental, a Amazônia e etc.
Só esquecendo que nós votamos em presidentes não em diretores de ONGs.
Presidente a gente tira no voto.
ONGs a gente nem sabe direito a fonte da grana ou quem é o patrão.
A falência da ideologia neoliberal não inibiu seus devotos no Brasil.
A privataria ainda é moda na boca da Rede Globo e seus aliados na elite empresarial paulista e moradores de Higienopolis.
Um governo de matiz vermelho como o da Dilma que tem suas origens no trabalhismo, nos sindicatos e nas classes populares é visto pelos verdes como uma ideologia que promove o “desenvolvimento”.
“Desenvolvimento” para os verdes só se for na Europa onde geralmente eles moram ou sonham morar.
Aqui no Brasil é sinônimo de devastação.
Então melhor deixar os doutores de lá cuidar da Amazônia.
Por isso que o universo do Ambientalismo Criado em Cativeiro virou o ultimo reduto dos neoliberais desempregados do mundo.
Daí a ideia maravilhosa que nacionalismo, patriotismo e desenvolvimento são coisas destrutivas e sinônimo de atraso intelectual.
A ideologia verde e a neoliberal é a mesma.
O plano é simples, os verdes cuidam da horta e os neoliberais vintages cuidam da grana.
Simples assim!
Share:

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Xoque de Jestão do Pai Artur vai bombar

O eletrizante Xoque de Jestão tucano que tem deixado a todos os eleitores ansiosos vai começar qualquer dia desses aqui pelas bandas da Barelândia.
O pobre coitado do eleitor fica apreensivo porque não sabe se vai levar chumbo vara ou naba de novo todo dia.
Para essas almas desavisadas e mal informadas que nunca ouviram falar do Xoque de Jestão tucano a única saída é colar a boca do emboca na parede e rezar.
Para ajudar a essas almas temerosas, segue uma listinha do que seja o afamado e misterioso plano que atende pela alcunha de Xoque de Jestão.
Etapa Um: Antes, durante e depois da eleição o tucano candidato sai cooptando toda a coisa que atualmente pode se chamar de “imprensa”. O Jabá rola solto para os jornais, televisão, rádio, blogs e “formadores de opinião”, geralmente colunistas que morreram e esqueceram de deitar.
Essa imprensa age com uma penetração que lembra o candiru.
Vai entrando pela boca do emboca sorrateiramente, adentra o orifício do cidadão e a partir daí vai subindo esbofeteando tudo que oxiúros, amebas, solitárias que vê pela frente, até chegar ao intestino delgado passando pelo grosso.
O candiru tem uma grande penetração mesmo.
Tucano sem imprensa (Rede Globo) não passariam de Rezende, dizem uns espíritos zombeteiros.
Depois de toda a “imprensa” cooptada com a sedução e a grana tucana e a eleição ganha na base do boato plantado contra os adversários por essa imprensa, esses “colunistas” e blogueiros a eleição fica no papo.
Em São Paulo capital não deu certo, o Serra perdeu para um desconhecido Haddad, mas na Barelândia colou.
Etapa Dois: Depois de eleito, o tucano usa esses jornais cooptados para propagandear sobre o afamado Xoque de Jestão que não passa de propaganda sobre como enxugar a maquina do estado dando pino nos credores adversários e só pagando os “colegas” da banca comprometidos com o plano.
O resto que se exploda.
Depois chama um Instituto Millenium da vida ou uma ONG da filha do Serra muito acostumada a administrar contas nas Ilhas Cayman para o Daniel Dantas para gerenciar de forma “competente” essa joça bagunçada.
Privatiza e terceiriza tudo que dá lucro garantido e deixa para o pobre eleitor que paga impostos todos os ônus e o que só da prejuízo.
Assim é uma mão na rodela do pobre.
Pobre só se ferra com tucano.
Etapa três: Contabilizar a grana para tentar eleger um presidente, que dessa vez vai ser o Aecinho se ele não for pego em mais um blitz no Baixo Leblon.
Se algo der errado na administração terceirizada, basta culpar a ONG que já tem mais de mil processos rodando.
Mais um menos um não vai fazer falta, como diz o caboco.
Simples assim!
Share:

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Vintages trouxeram de volta a Guerra Fria

Com esse treco da direita tupiniquim chamar a blogueira cubana traíra para encher o noticiário com bobagens ideológicas de quinta categoria e confundir a discussão sobre o monopólio da imprensa, bateu até saudade do tempo da Guerra Fria.
Lembro que todo dia nos idos dos anos sessenta e setenta em algum momento dava um medo de uma catástrofe nuclear, que os americanos ou os russos iam apertar o botão vermelho e todo o planeta iria arder em uma explosão magnifica em um espetáculo de luzes e sons.
Muiiito melhor que a pirotecnia das bandas de rock de então.
E que do nada poderiam aparecer os super-heróis em quadrinhos da Marvel voando pelos ares livrando o planeta do fim.
No Brasil havia o medo adicional de sua casa ser invadida por militares da repressão politica da época só pelo fato de você ter empinado papagaio de cor vermelha ou estar escutando um disco do Chico Buarque na vitrola.
Se você tivesse sorte e fosse preso, torturado e morto, poderia sair nos jornalões que apoiavam a ditadura, como um perigoso guerrilheiro empinador de papagaio que utilizava o comunista Chico Buarque na veia.
Com muita sorte poderia aparecer no Jornal Nacional como o maior terrorista de todos os tempos.
Hoje, com a visita da blogueira cubana traíra sendo recepcionada pelo Ronaldo Caiado, Jair Bolsonaro, Aecinho e a patota de choque da direita tupiniquim saudosista como eu, essa época da Guerra Fria parece ter voltado.
Impressionante como os atores continuam os mesmos.
Os mesmos canalhas da direita nacional com nova roupagem, mas representando os mesmo valores confundindo liberdade democrática e liberdade da imprensa com falta de regras para poder fazer o que quiser.
E de novo a velha mídia fazendo o coro e levantando as vozes.
A velha Rede Globo, a Folha de São Paulo, o Estadão e todos os que apoiaram os anos sombrios da ditadura militar e agora mantem o monopólio da comunicação no Brasil..
De novo esses canalhas querendo confundir os corações e mentes com um terror ideológico infundado.
Voltou o fantasma vermelho comedor de criancinhas.
Só que na era da internet é bem capaz de colocarem um nariz de palhaço no fantasma vermelho.
O risco é que sempre tem os trouxas que acreditam nessa imprensa mentirosa, ideológica de uma direita ultrapassada, cafona e jegue que luta para manter seu monopólio.
Esses jegues nem para ser vintage prestam!
Share:

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

A arte de mijar sentado sem deixar de ser espada

Não existe essa arte.
Quando o espada cede por causa dos caprichos da mulher que ele ama esse imenso privilegio do gênero machô-chô para caraleo de urinar em pé, balançar a pemba e guardar em um grande gesto eloquente e passa a mijar sentado para não espalhar mijo na vaso, ai ele perdeu, mané.
Quando o espada passa a mijar sentado para não emporcalhar de mijo o vaso em que a patroa vai sentar e depois ainda baixa a tampa do vaso, é que ele virou realmente um cão adestrado pelo amor ou pelo medo.
Apesar de ser uma desonra absurda para o espada essa concessão, tudo pode ser arrumado dentro da mente e do coração espadiano.
Basta ele pensar que sentado é melhor, que não cansa, que ninguém está vendo e principalmente rezar para que a patroa não conte essa porra no próximo porre que você levar na roda dos amigos.
Ai você vai ter que se rebolar para ter assunto para ela não lembrar e contar na roda que você aprendeu a fazer xixi sentado na vaso.
E o pior, começou a falar xixi ao invés de mijo.
E o mais foda de tudo é ver em bares que até os travestis ainda guardam a velha tradição masculina de mijar em pé, mesmo usando um tubinho apertadinho e uma calcinha atochada.
Ai você perdeu mesmo.
Mané!
Share:

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

A patrulha dos patrulheiros de Guantánamo a Bahia

Os protestos contra a cubana que adora protestar contra o governo cubano e nada contra Guantánamo são tão legítimos quanto o direito dela de falar do governo cubano.
Pau a pau.
Tanto a Yoani Sánchez quanto a biba cineasta baiano medíocre e desconhecido que pegou carona na onda vintage neoliberal anti-cubana fora de moda, adoram dar pinta.
Quem banca essa parada é a elite endinheirada da direita americana.
E para quem quer dar pinta, quanto mais barulho melhor.
A democracia permite isso.
O que não é democrático é uma pais do tamanho e da importância do Brasil ter um monopólio de comunicação de quase 70% na mão de uma única família chamada Marinho.
A Rede Globo controla os corações e mentes da nação brasileira.
No Brasil não existe opinião publica, existe opinião publicada, a opinião da Rede Globo, que acusa, julga, condena e manda prender.
Vide caso do Mensalão do PT.
Ela elege e derruba presidentes.
Quando não consegue eleger, tenta dar golpes diários agindo como partido de oposição sem ser partido.
A Rede Globo é uma concessão de radio e televisão, não é partido politico e não pode agir como tal se escondendo atrás da palavra magica “imprensa” e fazendo campanhas ideológicas, partidárias e financeiras onde tira lucros imensos com isso.
Isso é crime na Inglaterra e no EUA.
A Yoani Sánchez tem no governo cubano uma Rede Globo, um monopólio da comunicação que controla os corações e mentes.
A luta dela é pela liberdade de expressão, o estranho é ela nunca falar em Guantánamo para não ofender os EUA, quem financiam suas aventuras pela mundo da fama.
Quanta liberdade jogada fora.
E Guantánamo não é em Cuba, disque!
Share:

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

A testosterona do carnaval ao UFC

Usar anabolizantes para ficar porrudo na marra é moda entre os cuecas faz tempo.
O cara empolgado com a boca charmosa do Silvester Stalone fazia duas horas de academia e um ano de anabolizante carregado até o tucupi de testosterona, o hormônio masculino que faz crescer pelos no tablet.
Em seguida vieram as bibas pegando carona na moda biba californiana, masculinizada, musculosa, careca, jiujiteira e falando grosso “ Aí man!”.
O “Aí man” é o equivalente ao “E ai gato” de ontem.
Hoje é brega biba ser feminina e espalhafatosa.
Biba sem músculos é out.
A polemica sobre testosterona é que as minas estilo bombadas estão mais bombadas que as bibas e os bofes.
No carnaval do Rio dava para ver a veia do meio da regata do tablet das minas bombadas.
A prega rainha da bateria da minha amada Mangueira de costa parecia o Vitor Belfort.
No escuro ia ser como se tivesse pegando um macho.
Tem quem goste.
O problema deve ser o cheiro de anabolizante.
O Vitor Belfort anda pensando em deixar o UFC e virar rainha da bateria da Grande Rio, escola de samba do PROJAC.
O Galvão Bueno está empenhado na negociação para ver se leva algum.
Ele é craque nisso.
Share:

Chavez é o João Teimoso

A Rede Globo e o resto do PIG (Partido da Imprensa Golpista) já mataram o Chavez umas dez vezes.
Para essa imprensa golpista e ideológica pro americana o Chavez é uma especie de alterego do Lula.
Então bater no Chavez é bater no Lula.
Durante a doença do Chavez a Rede Globo tentava todo santo dia destitui-lo da presidência mesmo ele sendo eleito pela grande maioria do povo venezuelano a quem o Arnaldo Jabor chamou de povo ignorante em uma boçal intervenção a democracia de um pais vizinho.
A Rede Globo sempre gostou de golpes, afinal ela é subproduto do Golpe de 64 no Brasil.
Saiu nas paginas amarelas e cínicas do PIG que o Chavez voltou a Venezuela e está vivinho da silva que nem o Lula da Silva.
Os colunistas do Globo News alinhados com o pensamento entreguista do neoliberalismo tupiniquim paulista estão pálidos com a volta do fantasma Chavez.
Merval Pereira, Arnaldo Jabor, Ricardo Noblat, Wiliam Waack, Miriam Leitão e o resto tiveram que pendurar os textos que iriam declamar no dia da morte do Chavez.
Ainda não vai ser dessa vez, aparentemente.
Parece um fantasma que volta do tumulo.
Ou então aquele brinquedo antigo que a gente conhecia por João Teimoso.
Um boneco que por mais que a gente batesse na cara ele caia e voltava a ficar de pé.
Assim o Chavez se parece aos olhos da imprensa tupiniquim, golpista, retrograda, direitista e entreguista.
Que bom!
Share:

O pacto da casal facebookiano

Eles se conheceram na internet através do Facebook.
Ele tinha acabado de trair o Orkut por achar que o Facebook era mais chic.
Ela mais nova não chegou a ter caso com o Orkut, de outra geração.
Ela sequer usa o Twiter porque é pouco para suas pretensões.
Ele postava coisas bacanas sobre viagens, festas e tudo em que ele aparecesse bem na foto.
E ela idem.
E não importava que algumas fossem “emprestadas” de alguém ou tratadas com Photoshop.
De tanto ele “curtir” e “compartilhar” as coisas dela, ela se interessou pelo cara.
Resolveram se conhecer melhor e daí para marcar um encontro em um shopping da cidade foi um pulo.
Ela era mais gorda que as fotos do Facebook.
Ele bem mais feio.
Portanto tudo certo.
Como tudo no mundo dos filhos da Geração Y é super rápido, descartável, lavou tá novo, eles resolveram arriscar ir mais longe e casaram.
Antes selaram um pacto nupcial de ambos deletar a conta do Facebook.
Assim cortariam a rota de possível futura traição e viveriam felizes em um mundo mais próximo do real possível onde as traições não existem.
Disque!
Share:

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Festa de corno no meu vizinho

Domingo é uma dia chato pacas quando você não curte o que faz da vida.
Adoro trabalhar aos domingos, criar, planejar e etc.
Dificilmente bebo domingos.
Mas o meu vizinho sim.
Adora festas com um monte de macho bebendo e falando alto até tarde.
Só aos domingos.
Eles ocupam a rua, bebem, mijam na calçada e ouvem musica fuleira bem alto.
Quando começa a bater a cachaça começam a gritar "Uuhhuu, uuuhhuuu, uuuuhhuuuu" que nem os idiotas do BBB.
É nessa hora que começa a tocar o telefone celular de cada um.
Ai eles vem para minha calçada que faz menos barulho e começa um rosário de desculpa esfarrapada para a esposa justificando estar até aquela hora bebendo.
É um tal de “Porra amor, o que é que tem, vou ficar só mais um pouquinho, para com isso!” em tom de suplica.
Leva um esporro e fica com o celular na mão feito leso.
Ai se vira para o amigo mais perto e diz “Meu irmão, se eu quiser eu fico até uma semana no rock, ninguém manda em mim não!”.
Ai volta para festa dos cornos e grita uuhhuuu de novo.
Todo domingo é isso.
Share:

A horta da Casa Grande já tem jardineiro

Agora é oficial.
A Marina Silva fundou um partido que não tem nome de partido.
Se chama Rede Sustentabilidade.
A função do partido com nome de rede é cuidar da horta da Casa Grande.
Já que o Brasil ainda é dividido entre Casa Grande e Senzala.
As questões da Senzala é coisa pouca.
“Essas baixarias de desigualdade social, analfabetismo, fome, miséria, concentração de renda e outras sequelas mais deixa para esses partidos corruptos” pensa a Marina Silva.
O plano é criar algo limpo, puro, inocente e besta como as águas do Rio Araguaia nos idos de 1602.
Para criar esse verdadeiro céu na terra o Banco Itaú e a Natura estão bancando desde as flores até as nuvens com anjos e ovelhas brancas.
Os Ambientalistas Criados em Cativeiro e atores da Rede Globo estão com a mão e o tablet coçando para a assinar a adesão ao novo partido que leva nome de rede.
Loucos para pular nessa canoa importada para levar os trouxas.
Disque vai ter até Marcha da Horta da Casa Grande semana que vem.
Pode esperar.
Share:

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Se o Tim Maia fosse vivo

O Tim Maia tinha umas grandes sacadas e frases que ficaram marcadas.
A mais repetida delas é uma que agrada aos corações dos brasileiros que sofrem do Complexo de Vira Latas, aquele brasileiro que sempre desqualifica o Brasil em tudo. Aquele cara que acha que tudo que é bom vem de fora e que tudo que é ruim é daqui.
O Tim Maia dizia para deleite dos viras latas que “O Brasil é o único Pais em que além de puta gozar, cafetão sentir ciúmes e traficante ser viciado, o pobre é de direita”.
Essa frase pode ser completada com “O Brasil é o único país que alem do pobre o hacker também é de direita”.
O Brasil tem uma versão mal contada do Anonymous, uma turma que se diz hacker, mas que atua com diferentes matizes políticos e ideológicos.
No Brasil atua a tal de Anonymous Brasil, claramente afinada com os interesses paulistas e tucanos e portanto com a direita e o atraso nacional.
Se o Tim Maia estivesse vivo incluiria esse fenômeno também.
Hacker de direita só no Brasil.
Share:

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Enfim, consegui me perder de mim

Durante a vida toda as pessoas tentam uma vez ou outra dar uma perdida em si mesma, fugir da sua consciência, do seu ego, da sua ideia sobre o mundo e da sua sanidade.
Por isso os meus porres homéricos, minhas investidas nas substancias nocivas como o amor, sexo, paixão e fúria.
Tudo em busca dos instantes de não ser mais uma pessoazinha aprisionada em si mesma, sem sentido, limitada, ridícula e sem noção.
E olha que tentei milhares de formas e tenho Deus como testemunha, apesar de ser ateu e ter certeza que ninguém virá testemunhar no meu julgamento.
Depois de tanto tentar resolvi me ajeitar, ter mais pena de mim e me perdoar dos crimes que eu sequer cometi ou outra justificativa idiota qualquer para o medo que vai chegando depois que a velhice vai entrando.
O certo é que eu hoje valorizo muito mais os meus porres, os meus instantes de festa, os meus exercícios primitivos para a morte e principalmente o meu tempo, coisa que anda encolhendo enquanto o resto está caindo.
Não faço mais a menor questão de me perder.
Ai me aparece as entidades metafisicas do chamado poder publico para fazer isso por mim.
Moro em uma casa que pertence a minha família há 44 anos mais ou menos.
Desde sempre as ruas do bairro são numeradas, a da casa em que moro é rua 3.
Pois bem...
A entidade metafisica chamada poder publico simplesmente mudou o nome das ruas todas do bairro.
A minha agora é Silvia Alvarenga na conta da OI.
Na conta da Manaus Energia continua rua 3.
Tudo que eu tentei ferrando a minha saúde durante a minha vida toda, as pombas giras do tal poder publico conseguiram com uma simples canetada.
Estou perdido.
Só queria saber.
Quem é essa piranha chamada Silvia Alvarenga?
Se eu comi eu não lembro!
Share:

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

O acaso livra a cara dos distraidos


Não é a toa que existem lendas urbanas antigas que sobrevivem aos tempos facebookianos de hoje.
Algumas dessas lendas encerram grandes verdades absolutas embora isso seja um mito.
Nada é absoluto.
Uma dessas lendas urbanas é que “deus protege aos bêbados e aos loucos”.
Como pseudo ateu, disque, prefiro dizer “O acaso livra a cara dos distraídos”.
Só pode.
Toda vez que a gente liga o foda-se até para si mesmo, as coisas costumam dar certo.
Ao contrario, toda vez que a gente planeja, esquematiza, organiza e pá.
Tudo pode até dar certo, mas não dá prazer.
Só o que vem com o acaso é que nos alimenta a alma.
Só o que vem do mistério, do céu, do obscuro.
O amor vem dessa direção, desse labirinto, dessa ausência de escolha, de arbítrio.
O piloto automático é sábio.
O acaso sempre é capaz de surpreender.
Basta não desejar tanto assim e deixar vir o que vier.
E rezar para que não venha merda.
Quem não sabe rezar pode tentar viver intensamente um dia de cada vez que é o melhor negocio do mundo.
Inclusive da China.
Afinal, o amor bom custa só R$ 1,99.
Share:

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

O exotismo da mulher que mija em pé

A campanha contra os mijões de rua durante o carnaval tem surtido algum efeito, mas não o esperado pelas autoridades.
Por conta do policiamento maior em cima dos mijões de blocos, até os travestis que se acocavam para mijar, agora estão fazendo de pé mesmo e rapidinho.
Afasta a calcinha, mija e balança a pemba.
Essa atitude tem atraído o desejo dos turistas gringos que acham muito exótico as mulheres brasileiras e seus costumes diferentes.
Na cachaçada do carnaval a paixão vai entrando e por isso o numero de travestis atravessando o Atlântico rumo ao Velho Continente está aumentando, apesar da crise que se abate por lá.
Os europeus ficam encantados com essa habilidade das mulheres brasileiras em mijar em pé.
Depois da pemba entrar nem ligam mais se tem ou não periquita.
O que vale é o amor.
E amor de carnaval as vezes pega.
Os sociólogos da USP muito conhecedores no universo biba por vocação nata, dizem que esse evento do rigor da lei sobre mijões do carnaval tem aumentado o numero de casamentos entre gringos e mulheres que mijam em pé.
Por outro lado os economistas do Globo News, oh raça, da FGV, tucanos de carteirinha que só pensam em dinheiro, acham que isso pode ser parte de um golpe dos gringos para ficar no Brasil, já que a Europa está falindo e o Brasil está com a bola toda depois que o governo Lula/Dilma deram um jeito nessa porra.
O casamento de estrangeiros com mulher que mija em pé já é permitido no Brasil.
Ainda mais agora que o papa reacionário que é contra o casamento gay renunciou.
Né não?!
Share:

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

FHC, o Jacamim na Sapucaí

O FHC tem fama de jacamim por ter tardiamente assumido (o cara tava com 18 anos) o filho de uma amante, jornalista da Rede Globo que foi banida pela empresa para não queimar o presidente de então.
A Rede Globo é patrocinadora dos tucanos paulistas, o PSDB nasceu no escritório do finado Roberto Marinho dono da empresa.
Essa aparição do jacamim no carnaval já é o começo do ano politico.
O perigo é ele beber uisque demais e pegar outra jornalista neoliberal global encantada com o príncipe dos sociólogos.
E la vai a Rede Globo banir mais uma.
A outra teve um filho que o FHC, o Jacamim assumiu e depois de teste de DNA foram descobrir que era do Ricardão, goleiro do Benfica de Lisboa.
Junto ao FHC estava o Ronaldinho Fenomenooooo, aquele que bebe e pega travesti achando que é mulher, disque.
Que dupla perfeita.
Share:

Se o papa renunciou em pleno carnaval, então liberou geral

Se o papa mais reacionário dos últimos anos renunciou diante do carnaval, então é sinal que agora vai.
Um papa que era contra tudo, contra uso de camisinha, aborto, casamento gay, uso de célula tronco para fins medicinais, uso do tablet para ter prazer, contra quase tudo que não fosse pedofilia cometida por padres.
Um papa como esse renunciar em pleno carnaval só pode significar que o capeta ganhou.
Esse papa é tão reaça que quase vem para o palanque do Serra pregar contra o aborto e excomungar a Dilma.
Se nos trópicos tropicais dos brasis varonis o carnaval ainda está no maior frevo, com a renuncia do papa nazista então pode pegar as freirinhas do carnaval.
Menos aquelas que mijam em pé.
Essas deixa para os gringos.
Eles acham exótico mulher brasileira que mija em pé, casam e levam para apresentar para os pais na Europa.
Tomara que escolham o Joaquim Barbosa para papa.
Talvez assim saia o julgamento do Mensalão Tucano.
Share:

O Estreptococos passou o rodo no carnaval

O perigosíssimo facínora e meliante intitulado Estreptococos que foi denunciado pelo honorável vereador semi-imputável e narco-apresentador Renzo Castelo Branco acabou de passar o rodo geral no carnaval.
Mesmo cercado pela Rocam a mando do vereador ele continuou com sua saga criminosa.
Na Banda da Bica pegou o incauto e tristonho Pierrot que se encontrava em alto estado de embriagues. Disque nem lembra, só sabe que não está conseguindo sentar a não ser de bandinha.
Ontem na banda Galinha da Mãe do Guarda ele pegou a jovem Colombina enquanto a pobrezinha mijava entres os carros estacionados.
Ela se queixou que ele não deixou telefone nem nada.
E hoje o dia amanhecendo lá pelas bandas do Sambódromo ele deu uma sapecada no Arlequim, o ultimo da lista.
Dizem que o Arlequim estava de destaque no Morro da Liberdade em cima de um carro, quando sentiu um treco duro saindo por detrás dos adereços.
Com aquela plumagem toda da fantasia só sentiu que estava sendo encochado por trás.
Ele, alegre como sempre, achou que fazia parte da brincadeira, do enredo, e relaxou.
O perigosíssimo facínora e meliante intitulado Estreptococos se aproveitou da leseira do Arlequim e faturou o próprio.
Fez barba, cabelo e bigode em pleno desfile de carnaval.
O pior que ninguém viu, só o Arlequim que sentiu alguma coisinha de nada.
Se a Rocam do honorável vereador semi-imputável e narco apresentador Renzo Castelo Branco não prender logo esse meliante, ele vai entrar pela Quaresma comendo gente na pacata Barelândia.
Dizem que o Pierrot, a Colombina e o Arlequim foi só o começo.
E depois da Quaresma tem a Semana Santa.
Sabe lá quem ele vai pegar dessa vez.
Quem avisa amigo é!
Share:

domingo, 10 de fevereiro de 2013

O Estreptococos volta a atacar e pega a Colombina

Depois de ter sido denunciado no programa do honorável vereador semi-imputável e narco apresentador Renzo Castelo Branco, o perigosíssimo facínora e meliante intitulado Estreptococos fez mais uma vitima do pacato carnaval da Barelândia.
Depois de catar o tablet do Pierrot, agora quem rodou foi a animadinha Colombina.
A louca estava na banda de carnaval Galinha da Mãe do Guarda na noite de ontem bebendo todas e mais algumas quando de repente deu vontade de dar um mijão.
Como todas as moças de boa família da tradicional terra baré, não contou conversa e foi mijar entre uns carros estacionados perto da banda.
Nessas horas qualquer pneu serve, que nem cachorro.
Quando estava afastando a beira da calcinha para jogar o mijão, eis que surge por trás da Colombina, ele, o perigosíssimo facínora e meliante intitulado Estreptococos em carne e osso.
Do jeito que ela se encontrava acocada entre os carros ela ficou.
O meliante fez barba, cabelo e bigode com o tablet da Colombina.
Do mesmo jeitinho que fez com o Pierrot.
Quando terminou saiu em desabalada carreira pelo meio da multidão deixando a Colombina com o pau na mão.
Ela ficou mordida porque estava para gozar e o veadinho do perigosíssimo facínora e meliante intitulado Estreptococos tirou de dentro.
Assim não dá... Nem deixou o telefone!
Pensou ela.
E voltou para a banda que estava bombando.
Share:

Bandido Estreptococos ataca o Pierrot

O Pierrot é que nem pobre, só se ferra.
O perigosíssimo facínora e meliante intitulado Estreptococos fez mais uma vitima nesse carnaval outrora romântico da Barelândia.
A vitima dessa vez foi o pacato e romântico Pierrot que estava no maior bode preto por causa da Colombina que largou a besta falando sozinho no meio do samba.
Ela se mandou com o Arlequim e o Pierrot entrou de cabeça na manguaça.
Bebeu todas que ficou com o tablet na sarjeta.
Ai chegou o perigosíssimo facínora e meliante intitulado Estreptococos e deu um craw nele.
Disque fez barba, cabelo e bigode e ainda foi para o bar da esquina beber com o dinheiro do coitado do Pierrot e ficou falando que pegou legal e que era frouxo e não sei o que e não sei o que lá.
Nem a Rocam do honorável vereador semi-imputável e narco apresentador Renzo Castelo Branco que fez a denuncia está conseguindo deter o perigosíssimo facínora e meliante intitulado Estreptococos.
Se você estiver brincando o carnaval debaixo dessa chuva equatorial que anda caindo na Barelândia tome muito cuidado.
O próximo tablet pode ser o seu.
Portanto, ande com o tablet colado na parede, não dê as costas para ninguém, beba todas, mas segure a onda.
Todo mundo sabe que tablet de bêbado não tem dono, ainda mais no carnaval.
E para você que está rindo lendo o seu Facebook no conforto do seu lar, saiba, pimenta no tablet dos outros é refresco.
Principalmente se você é eleitor do honorável vereador semi-imputável e narco apresentador Renzo Castelo Branco.
Share:

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Bando do Estreptococos volta a atacar no carnaval

O carnaval não é para gente triste, covarde, inocente, iniciante ou velhos ranzinzas.
Se você se enquadra em alguma dessas categorias melhor ficar em casa falando merda no Facebook, como eu.
Fora o perigo dos bêbados mijarem no teu pé, te assaltarem, ser preso pelo bafômetro ou tomarem a tua gata, uma quadrilha de bandidos anda apavorando o carnaval outrora romântico da senhora de idade chamada Barelândia.
Uma quadrilha de meliantes facínoras que se auto intitula Estreptococos anda apavorando as pessoas inocentes puras e bestas da pacata cidade a beira do glorioso Rio Negro.
Esses meliantes assaltam, matam e estupram e depois ainda espalham por ai que a pessoa é frouxa.
A população da Barelândia está em polvorosa com bando do Estreptococos.
Já não conseguem mais dormir com uns demônios desses à solta.
E ainda tem idiota no Facebook perdendo tempo na campanha Fora Renan não sei o que não sei o que lá.
Foi o honorável vereador semi imputável e narco apresentador Renzo Castelo Branco que fez a denuncia dessa quadrilha no seu impoluto programa sem noção narco policialesco de quinta categoria.
Tudo depois da denuncia de uma senhora que ligou para o programa e disse: "Pelo amor de Deus, meu filho foi atacado pelo Estreptococos na compensa e está internado no 28 de agosto, por favor, me ajuda".
O honorável vereador semi imputável e narco apresentador retrucou e disse: "Estreptococos, seu desgraçado, vamos baixar com a Rocam aí na Compensa e tu tá ferrado".
O que Reizo não sabia é que "estreptococos" é uma bactéria e a senhora estava falando da saúde do filho.
O parlamentar foi o mais votado na eleição de 2012.
Agora pegue seu abadá e vá pular carnaval com um barulho desses.
Você merece!
Share:

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Mulher gosta é de Arlequim, não seja o Pierrot

Todo bom canalha sabe que mulher gosta é de canalha.
Desde a Commedia dell’Arte que originou o carnaval de hoje é assim.
Tem sempre um Pierrot apaixonado correndo atrás de uma Colombina que só quer dar para o Arlequim que só quer comer a bichinha e cair no samba.
Portanto caro amigo navegante, você tem duas opções a fazer durante a festa momesca.
Ou fica vacilando correndo atrás da mulher amada que só quer correr atrás do samba do Arlequim ou cai no samba pegando as Colombinas soltas no salão.
Ou você pode sair com a mulher amada vestido de Arlequim e cai no samba com ela e faz sua gata muito feliz.
Para as mulheres resta o papel de Colombina.
Se rolar um Arlequim, maravilha!
Se rolar uma outra Colombina flex, maravilha!
Se não, vai ter sempre um Pierrot apaixonado que pode muito bem vir a ser o pai dos seus filhos.
Né não?!
Share:

Galinha choca quando peida se assusta

O surto moralista deflagrado e espalhado pelas redes sociais tem origem na velha mídia que sempre apoiou corruptos, banqueiros, patrões e toda essa laia que sempre surfou em cima da carne seca desde que o Brasil é Brasil.
Por não ter projeto para fazer frente ao governo Lula/Dilma em 2014, a única arma é a velha formula de falar em corrupção, corrupção, corrupção.
Claro que corrupção só vale se for a dos outros.
Essa estratégia anda contagiando e contaminando as pessoas incautas.
A fala do Malafaia no programa da Marilia Gabriela foi uma clara demonstração do perigo dessa campanha escrota da direita tupiniquim.
Quando ele compara homossexual a bandido achando que alguém iria concordar com ele, com certeza é surfando nessa onda falso moralista de merda.
A campanha de carnaval da cerveja Devassa criada pela agência Mood “O que você está esperando para ter a sua primeira vez?” já tem vários processos no Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária).
Na propaganda existe um claro incentivo a garota beber e transar pela primeira vez nesse carnaval.
Existe um limite entre o falso moralismo e a vulgarização dos apelos dos comerciais que afinal, invadem os espaços públicos.
O foda é perceber quando é falso moralismo e quando se trata de campanha abusiva.
Das duas formas, a galinha choca quando peida se assusta.
Tirando os crentes do falso moralismo tupiniquim as pessoas que se chocam com o comercial tem razão de se chocar.
Mas quem choca é galinha.
E o ultimo que chegar na banda é o filho do padre.
Share:

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

VIP signica "Veadinhos com Incontinência a Pobre"

Mais uma das muitas que ocorrem na Barelândia.
A empresa Fabrica de Eventos postou na sua pagina do Facebook que pobres andam invadindo a área VIP dos shows horrorosos que ela promove.
Pobre só leva chumbo grosso.
Pobre só se ferra.
E quando consegue frequentar a área VIP ainda tem que ouvir isso.
Aliás, essa palavra VIP só existe no vocabulário de gente jegue ou novo rico.
É que nem a profissão “Colunista Social” que foi abolida da Europa no século 19.
VIP de cu é rôla... fio!
Share:

A Galinha da Mãe do Guarda sai amanhã

Para fazer frente a misoginia cultural comum nas festas populares como carnaval, boi bumbá, natal e o escambau onde a mulher só entra com a bunda, os peitos e a perna, vai ser lançada oficialmente a banda de carnaval A Galinha da Mãe do Guarda.
Tem o Galo da Madrugada, então...
Mesmo que só entre homem vestido de mulher e mulher pode sair até nua, a ideologia da banda é não vulgarizar ou caricaturar a mulher.
Se vier vestido com o tubinho da esposa, por favor, mantenha a classe.
A banda é de senhoras.
Não de periguetes.
Outra coisa que não vamos fazer é chamar prefeito populista para dar pinta na banda.
Já chega a pinta que ele deu na Bica.
Disque adorou sentar na Bica.
Share:

A Velhinha da Taubaté está com medo da Petrobrás

A Velhinha de Taubaté herdou do marido umas ações da Petrobrás.
Aquela empresa que ia virar Petrobrax se o Serra com apoio da Rede Globo ganhasse a eleição para presidente e vendesse para a americana Chevron, aquela que arrombou e poluiu o Pré Sal brasileiro.
A Velhinha de Taubaté liga a televisão é vê na Rede Globo que a Petrobras está falindo, que os acionistas vão se ferrar e que a coisa está feia, disque.
A Velhinha de Taubaté ainda acredita nos outros, na honestidade das pessoas e acredita no que vê na tv.
Não sabe que por trás da televisão tem homens com nome, interesses, ideologia e sem coração.
A Velhinha de Taubaté e outras velhinhas do clube da terceira idade entram em pânico e resolvem vender as ações da Petrobras muito abaixo do preço que elas valem.
Ai entra um sócio da Rede Globo que por pura caridade compra essas ações da Petrobras.
Todo mundo sabe que a Petrobras é uma empresa solida, rica e que tem a maior reserva de petróleo a sua disposição, chamado Pre Sal e que essa crise da empresa é efeito da crise mundial.
Mas a Velhinha da Taubaté acredita na Rede Globo, no Luciano Huck, no BBB e que existe prostituta virgem e burra que nem no Salve Jorge.
A Rede Globo promove mais um Apagão Não Sei O Que Nâo Sei o Que Lá, até ontem era o Apagão das Elétricas, puta porque a Dilma baixou a tarifa da energia. O apagão de hoje é o da Petrobras.
De uma tacada só ela faz a campanha sórdida para tentar reeleger os tucanos paulistas para presidente dessa porra em 2014, chamando o governo Dilma de incompetente, ao mesmo tempo recomeça o plano “Vamos Vender Essa Joça e Levar o Nosso”, a joça da vez é a Petrobras e por fim e de letra, toma as ações da Velhinha de Taubaté e das amigas dela do clube da terceira idade.
Oia que maravilha!
Que plano mara!
Share:

A Petrobrás agora vira Petrobrax, disque!

De acordo com emails interceptados pelo site Wikileaks que faz denuncias sobre falcatruas americanas pelo mundo, em 2010 o Jose Serra então candidato a presidente do Brasil mandou e-mail para o embaixador americano no Brasil afirmando categoricamente que venderia a Petrobras para a americana Chevron se o governo americano apoiasse sua candidatura.
Nem precisaria disso porque o que mais tucano sabe fazer é vender a pátria.
Nem acabou o carnaval para que o ano comece oficialmente nas terras varonis dos brasis, a Rede Globo orgulhosamente continua pondo em prática seu plano “Operação 2014”.
O plano é por o PSDB na presidência custe o que custar.
A Rede Globo e o PSDB paulista são sócios no projeto “Vamos Vender Essa Joça e Levar o Nosso”.
Joça é o Brasil.
O terrorismo midiático da moda é atacar a Petrobrás criando confusão no mercado.
O mundo capitalista está em crise por causa das ideias de jerico neoliberais que tanto os tucanos caducos acreditam
Esse capitalismo selvagem ferrou ele próprio.
Essa crise afeta a todas as empresas do mundo, a Petrobrás não é de Marte.
A Rede Globo espalhar terror dando a falsa impressão que a Petrobrás está a beira da falência tem vários motivos.
Primeiro vender a ideia que a Dilma não sabe administrar apesar do sucesso econômico brasileiro em um mar de crises, segundo vender a ideia que privatizar é legal e assim dizer que no fundo os tucanos estavam certos em querer vender para os amigos a porra da Petrobras até porque o nome Petrobrax é mais chic.
Por ultimo e muito importante é que apavorando os acionistas da Petrobras, a Velhinha da Taubaté que comprou ação da Petrobras vendendo a própria dentadura, faça ela vender as suas ações baratinho por causa do panico plantado pela Rede Globo.
Ai um Tubarão Voador aproveitador de Velhinhas de Taubaté vem e dá um craw legal.
Compra as ações da Velhinha da Taubaté e dá a comissão da Rede Globo em forma de publicidade do seu banco ou empresa telefônica.
Simples assim.
Isso nos EUA e na Europa tem nome, é crime e dá cadeia.
O Ruper Murduch, maior magnata mundial do ramo das comunicações está sob processo e julgamento.
Ele é mil vezes mais poderoso que a família Marinho da Rede Globo.
Mas no Brasil não se pode prender ou tocar na imprensa bandida.
É crime de censura.
Disque.
Share:

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Marcha Contra a Dimuição da Energia sai amanhã

Um bando de CTRL C e CTRL V do universo paralelo facebookiano viu que ia ter um não sei o que não sei o que lá de uma tal de Marcha Contra Não Sei o Que Não Sei o Que Lá.
"Foi contra tou dentro", diz o ex anarquista dormido em cada um de nós que já fomos jovens, envelhecemos, mas não tiramos o pau de dentro.
Mas pera lá.
Marcha Contra Diminuição da Energia Elétrica não né?!
Depois dessa vai ter a Marcha Contra a Corrupção Alheia organizada pelas Organizações Globo, PSDB, DEM, pastor Malafaia, Demostenes Torres e Carlinhos Cachoeira bancando a joça.
Depois que acabar o carnaval vai ter a quaresma e vai ficar tudo parado.
Vai besta!
Share:

A Marcha Contra a Corrupção da Rede Globo e do Malafaia acaba em ditadura

A Rede Globo e o cúmplice PSDB perderam três eleições seguidas para o partido trabalhista do Lula.
A Rede Globo e o cúmplice PSDB representam as elites brasileiras, os banqueiros, os que estão por cima da carne seca e essa gente não vai perder mais uma eleição para um partido que defende a classe trabalhadora e a distribuição de renda.
Por isso o Malafaia está com eles.
Para essa gente o Brasil colonial que era bom.
Poucos ricos de um lado e miseráveis de outro.
Sempre que essa elite perde eleições ela promove campanhas para desacreditar as instituições seja legislativo ou executivo.
E sempre como aliado um judiciário para lá de carregado de juízes corruptos advogados de banqueiros ladrões.
O que se vê no Brasil de hoje da Rede Globo e da grande mídia é isso.
Uma tentativa de diminuir o poder do povo pelo voto para poder voltar a governar com seus cúmplices de sempre.
No golpe militar de 64 foi assim, igualzinho, começou com Marcha Contra a Corrupção, alheia, claro!
Já que pelo voto não consegue, vai na porrada, no golpe midiático, na campanha de difamação, na calunia e no descredito na democracia.
E ai está instalada a crise institucional que permite estados de exceção.
As redes sociais como o Facebook virou um grande aparelho de propagação dessa sujeira que cheira a golpe.
E ainda tem trouxa ignorante que cai nesse golpe manjado.
Trouxa que não estudou a história recente do Brasil.
Afff!
Share:

domingo, 3 de fevereiro de 2013

A onda falso moralista esconde a velha corja de sempre

Alguns grupos criados nas redes sociais que se intitulam contra a corrupção não passam de grupelhos de partidos políticos que não ganham no voto por não ter propostas e não respeitam o voto do cidadão.
O papo furado é sempre o mesmo.
Brasileiro não sabe votar.
A história está cheia de exemplos do modus operandis dos grupos anti-democráticos conservadores e de extrema direita.
Foi assim antes do golpe militar de 64.
Começou com marchas contra a corrupção dos outros, menos as deles.
Sempre o mesmo discurso pela ética, pela moral e pelos bons costumes.
Começam desacreditando toda a classe politica e generalizando, acusando a tudo e a todos, toda instituição democrática vira alvo dessa gente.
Como não ganham no voto por não ter propostas usam a calunia, a difamação contra os adversários políticos em uma onda de falso moralismo.
O mais conhecido desses grupos é um que se intitula Grupo Revoltados Online.
Tudo ligado ao tucanato paulista pagos para atacar o PT nas redes sociais.
Os caras ainda tem a cara de pau de pedir doações de R$ 100,00 para os trouxas desavisados.
A política não é para santos ou beatos, a politica é o reflexo da sociedade.
A democracia garante o voto e só através dele podemos mudar as coisas.
Mas essa gente não acredita em voto.
Eles querem governar sem ser eleitos, através da mentira, calunia e difamação.
E ainda tiram a todos de trouxas.
O Renan Calheiros está longe de ser santo. Ele é um exemplo da politicagem clientelista e corrupta, mas ele foi eleito pelo voto do povo de Alagoas.
Ele foi Ministro da Justiça do governo FHC apoiado pela Rede Globo.
Agora da noite para o dia descobre-se que ele é bandido e querem apea-lo da presidência do senado para o qual foi eleito.
As mesmas pessoas corruptas de sempre estão acusando o Renan de corrupção.
A cada dia se configura a sede golpista anti democrática travestida de combate a corrupção.
Ainda prefiro o meu voto do que ser governado por essa corja.
Share:

O Jorge Mautner não merece um Pedro Bial

O poder financeiro e politico da Rede Globo é enorme.
O poder do Jorge Mautner nos corações e mentes de toda uma geração é incomensurável e vai alem do que a merda da Rede Globo não dignifica para o coração brasileiro.
O Jorge Mautner é oposto do que a Rede Globo representa.
A Rede Globo representa o que o Brasil tem de mais podre.
A Rede Globo é a Casa Grande, os senhores de engenho, a mão que chicoteia o escravo, o poder do patrão, a direita e a guerra.
O Pedro Bial é um jornalista que representa isso que a Rede Globo representa.
O Pedro Bial é o BBB.
O Pedro Bial sequer é um ex esquerdista arrependido como é o Arnado Jabor, o outro menino de recados da Casa Grande.
Pedro vem de pedra.
A pedra que o Pedro Bial se orgulha na vida de menino de recados da filosofia da Rede Globo foram as pedras derrubadas do Muro de Berlim em que ele orgulhosamente foi filmado em cadeia nacional em uma afirmação comovida “Nós vencemos”.
Nós na cabeça dele é o patrão, o capitalismo da Casa Grande que se utiliza do escravo.
E agora, esse menino de recados do capitalismo cafona banca o filme sobre o Jorge Mautner.
O Jorge Mautner merece um Tarantino, não um rastaquera de um Pedro Bial.
Afinal, só um Tarantino para por cores de sangue nas paixões da obra do Jorge Mautner.
Ou eu interpretei errado a vida do Jorge Mautner e a do Pedro Bial.
Share:

sábado, 2 de fevereiro de 2013

O coro do lobos de olho na Petrobrás, de novo

A Petrobrás escapou de ser privatizada pelo Jose Serra.
De acordo com interceptações feitas pelo site Wikileaks em emails da embaixada americana no Brasil, o Serra durante a ultima campanha para presidente em que perdeu para a Dilma, prometeu ao embaixador americano que venderia a Petrobras para a Chevron.
A Petrobras se chamaria Petrobrax.
Oia que maaara!
Os tucanos e a Rede Globo são cúmplices no projeto “Vamos Vender Essa Porra Para os Amigos e Levar o Nosso”.
Depois da descoberta de enorme reservas de petróleo no Pre Sal esse ataque aumentou.
Todo dia a Rede Globo lança um ataque especulativo para prejudicar a Petrobras.
Essa desinformação plantada pela Rede Globo e o cúmplice PSDB invade as redes sociais repercutindo essas mentiras tomando ares de verdade.
Essa gente não está nem ai se isso prejudica o Brasil.
O plano é prejudicar, criar dificuldades para tentar voltar ao poder.
Afinal, na cabeça dessa gente, o Brasil tem que ser governado pela elite paulista, pela casa Grande.
A merda é ver barezinho sem noção contribuindo para isso e se achando "economista".
Afff!
Share:

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Campanha no Facebook salva Pitbull “gay”

Espia isso.
Uma louca americana entregou o próprio cão de estimação para um abrigo onde ele seria sacrificado.
Tudo isso porque a doida viu o pitbull dela montar em outro macho e isso é coisa de gay.
Se não fosse uma campanha no Facebook o cão estaria morto.
Veterinários afirmam que o fato de um macho montar em outro macho não significa que o animal seja "gay". O fato reflete um sinal de dominância, não uma orientação sexual.
Bom.
Resultado da comedia.
O cão vai ser adotado, mas antes vai ser castrado.
Vão por uma periquita nele.
Ae ele vira traveco.
Que horror!
Share:

O espetáculo da imbecilização global

A Rede Globo controla 70% do mercado das mídias no Brasil.
Ela foi criada na ditadura militar para servir de panis et circenses enquanto os golpistas implantavam sua idéias e ideais através da violência, tortura e morte dos opositores.
A Rede Globo puxou o gatilho e apertou os alicates no pau de arara também.
Toda essa chamada “grande mídia” que ai está fez parte da ditadura militar.
A função dessa chamada “grande mídia” é confundir, alienar, caluniar opositores e desqualificar as idéias que não sejam as suas.
Ou seja.
Qualquer coisa que ponha em perigo o status quo da Casa Grande, da elite, dos senhores do engenho, das familias que estão por cima da carne seca desde que o Brasil é Brasil, é sumariamente combatido por essa imprensa que atende a esses interesses.
Afinal são só quatro familias que controlam essa “grande imprensa”, a saber:
Familia Marinho dona da Rede Globo, familia Frias dona do conglomerado Folha de São Paulo, familia Mesquita dona do direitaço Estadão e a indefectível e suja familia Civita dona da editora Abril que publica a criminosa revista Veja.
Portanto e por isso é que até as novelas da Rede Globo é um festival de alienação.
Uma novela em que a prostituta não trepa e é mais burra que a Ofelia.
A coisa tá tão feia que surgiu até um movimento nas redes sociais chamado Mata a Morena.
Tou dentro!
Share:

O trabalho incansável dos “artista e intectuais” jabazeiros da Barelândia

A Barelândia é um mar de jabazeiros.
Aqui até os pseudo artistas, escritores e intelectuais que não quer dizer porra nenhuma disputam vaga na jabalãndia.
Aqui é a terra do pires.
As pessoas que se dizem "artistas" investem energia babando o ovo dos corruptos que estão no poder.
E pior, fazem propaganda dos caras nas redes sociais sem a menor vergonha na cara.
Em toda democracia do mundo civilizado, a classe social que pensa e recria essa democracia no cotidiano é a classe artística e intelectual.
Na Barelândia não.
Por qualquer moeda eles vendem a pena e as tintas.
Uma lástima ver pessoas com algum talento artístico e nenhuma consciência política se tornando porta vozes e puxa sacos de políticos corruptos.
E por uma ninharia.
Da mesma forma que essas criaturas vendem a sua arte.
Como uma prostituta barata.
Vivemos tempos bicudos nessa Barelândia esquecida pelos deuses.
Amanhã é dia de Iemanjá.
Não custa nada pedir milagres pela Barelândia.
Vou na Ponta Negra fazer meu despacho facebookiano.
Um celular velho, um pen drive, um disquete e uma garrafa de Absolute.
Pode ser que Iemanjá ouça depois de tomar um porre.
Salve Iemanjá!
Share:

Para Renan e FHC comer jornalista dá merda

A promiscuidade entre a imprensa e o poder está acabando em sexo faz tempo.
O Renan Calheiros é um politico que atravessou o governo FHC apoiando o governo de cabo a rabo.
Quando o Lula se elege ele muda de lado.
Ele é a cara do PMDB fisiologista e atracado ao poder.
Teve poder o PMDB é a favor.
A Rede Globo está fazendo uma campanha contra o Renan porque o Renan apoia o PT enquanto governo usando para isso uma acusação de que teria despesas pessoais pagas pelo lobista Cláudio Gontijo, da empreiteira Mendes Júnior. Os pagamentos teriam sido feitos para a jornalista Mônica Veloso, com quem Calheiros tem uma filha.
O FHC tinha uma amante jornalista também chamada Miriam Dutra que foi mandada para Portugal pela Rede Globo para não atrapalhar o então presidente FHC.
Ela era paga pela Rede Globo para não incomodar o projeto neoliberal do FHC / Rede Globo.
O Renan eu não sei se é corno, mas o FHC corneava a Dona Ruth Cardoso e era corneada pela amante da qual assumiu um filho e anos mais tarde foi fazer exame de DNA e deu pau.
Era do Ricardão, goleiro do Benfica.
Ou seja.
O surto moralista da Rede Globo é de fazer gargalhar.
É uma piada de mal gosto.
O PMDB não tem ninguém que não tenha processo de alguma forma.
Se não for o Renan vai ser outro, outro e outro.
A Rede Globo quer governar o país com o STF e foda-se os votos.
Ela e os militares da ditadura quando deram o golpe em 64 usavam essa mesma alegação de hoje.
O povo não sabe votar, então vamos ao golpe.
O pior que tem gente sem noção embarcando nessa.
Share:
Tecnologia do Blogger.

OCUPE REDE GLOBO

Loading...

Pesquisar este blog

Veja meu site profissional

Veja meu site profissional
Jorge Laborda é um cara metido a designer, escritor e a ser humano.

Blogs que vale conferir

Arquivo do blog

Definition List

Contact

Support