Um blog de crônicas da Barelândia para o mundo!

BTemplates.com

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

O melhor do amor é o defeito


O amor não precisa e nem quer perfeição.
O melhor ângulo da pessoa amada é aquele que ninguém vê.
Só você.
O lado chato, xarope e ridículo é justamente o lado que me encanta.
Gosto muito do espinho que tem na Rosa.
Todos gostam de ver o que os olhos acostumaram a chamar de belo.
Todos gostam de ter contato com as virtudes, os bons momentos e as festas.
Porém, eu a amo mais a cada lágrima quando você se desfaz em mim.
Toda vez que te vejo com medo do mundo e principalmente com medo de você mesma.
Não gosto das pedras que te derrubam, gosto mesmo é de ter ver em um dia de sol sorrindo e gargalhando sobre as nossas banalidades.
Mas quando as pedras te machucam e você acusa o golpe, até assim você é linda.
Quem gosta de perfeição deve comer a boneca Barbie.
Um horror.
É noix que estamos juntos e firmados no procedimento e eu não vou me dar ao luxo de te perder.
Estamos apenas começando.
Share:

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Yvonne, a vaca, para Prefeitura de Manaus


Todo mundo acha que vaca é um animal dócil, ordeiro, cordeiro que espera a hora do abate com paciência e resignação.
Mas estão todos enganados.
A vaca alemã de nome Yvonne veio para acabar com essa fama de trouxa que as vacas tem.
A Yvonne escapou em maio de uma propriedade perto da cidade de Muehldorf, na Baviera, e viveu feliz à solta por vários meses até ter sido colocada numa "lista dos mais procurados" após se chocar com a dianteira de um carro de polícia.
As autoridades de Muehldorf concluíram que Yvonne era um "risco à segurança" depois da trombada com o carro e os caçadores receberam permissão de matá-la.
O fato causou comoção na imprensa alemã e um tabloide ofereceu 10 mil euros de recompensa para quem a encontrasse.
Até sua melhor amiga, a vaca Waltraud, e uma das crias de Yvonne foram usadas para atraí-la.
Sem sucesso.
A Yvonne não caiu no golpe baixo dos canalhas.
Yvonne se tornou praticamente um animal selvagem, graças aos meses passados no mato.
Caso ela decida voltar à vida na fazenda, Yvonne será tratada por uma entidade de direitos dos animais.
"Yvonne realmente brigou por sua liberdade. Ela mostrou ao mundo que sua vontade de ser livre é muito forte, até para uma vaca", disse a entidade em comunicado.
Concordo.
Tem muita mulher que não tem metade da fibra da Yvonne.
Que se submete, que se ajoelha e se subjuga a tudo e a todos.
Acho que vi a Yvonne bebendo no Bar do Armando quinta feira.
Queremos Yvonne, a vaca, para a Prefeitura de Manaus.
Share:

Ratoeira em um saco de maizena


Um amigo surtou trabalhando para o INPA (Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia).
Para quem vem do sudeste e outras regiões para a realidade amazônica é um choque e tanto.
E ficar longe da família e dos amigos é angustiante.
Não raro pesquisadores surtam por causa do stress do mestrado, doutorado e das intermináveis festas de embalo que rolam entre um campo e outro.
Esse amigo surtou feio e foi levado pelos amigos para o aeroporto para se recuperar perto da família.
Ele barbado vestido com bermuda estilo texano sujo entre mendigo e hippie.
Todos com cara suspeita demais para os padrões aceitáveis de quem vai embarcar em avião.
E ainda mais surtado com cara de quem estava drogado.
Ele senta no avião e uma moça senta do lado dele e começa a puxar assunto.
No final da viagem ela dá o número de telefone dela para ele ligar.
Ao sair do aeroporto em Brasília a mala dele saiu de uma esteira “diferente”, de acordo com ele.
No aeroporto tinham cinco camburões da PM.
Ele jura que eram para ele.
Mas não chegaram perto dele em nenhum momento.
Até hoje essa duvida cruel maltrata a mente.
Será que era paranóia minha?
Será que eu deixei de comer a gostosa do avião achando que era agente federal infiltrada.
Essa dúvida cruel sobre paranóia e realidade muita gente tem.
Melhor acreditar que não era paranóia.
Isso tudo porque ele estava barbado, é negro e trabalha em pesquisa na Amazônia e por isso tem um estilo mendigão.
Aconselhei ele para na próxima viagem, encher um saco plástico com maizena e por ratoeiras pelo meio.
Nem todo pesquisador da Amazônia é biopirata.
Nem todo negro, barbado e mal vestido é traficante ou terrorista.
Tomara que seja só paranóia mesmo.
Share:

Se a revistinha Veja fosse na Inglaterra já teria sido fechada


A Veja tem dono, tem patrão, tem ideologia.
Ela é da família Civita, dono do Grupo Abril.
Ela serve de folhetim político para o grupo que controla São Paulo.
Ela vive do dinheiro do governo paulista.
Uma vizinha minha era assinante da Veja e morreu de câncer a cinco anos e a casa dela vive fechada desde então.
Todo semana chega revista Veja na casa fechada.
Ou seja, essa revista não vive do que vende.
É uma revista que esquecem de proposito em taxi para algum trouxa ler e acreditar nela.
Ela vive do dinheiro publico despejado nela pelo grupo que controla São Paulo.
O PSDB paulista.
Há tempos que os métodos para fazer “jornalismo”da revista Veja são os mesmos do jornal News of the World, pertencente ao grupo do bilionário Rupert Murdoch e que resultou na prisão dos responsáveis, além do fechamento do jornal, maculado de maneira irremediável pelo escândalo dos grampos que foram descobertos e atingiram desde políticos até vítimas de seqüestro.
O chamado “Caso Murdoch” abalou a Inglaterra e trouxe à baila a discussão sobre os limites da imprensa na democracia.
Essa imprensa não pode segurar a bandeira da luta contra corrupção.
Essa imprensa é contaminada, é corrupta como quase toda a grande imprensa brasileira.
Toda profissão no Brasil tem regulamentação.
A única que não quer ter é a imprensa.
O poder que a imprensa tem no Brasil é monopolista.
Essa “grande imprensa” apoiou a ditadura militar e continua representando as elites.
Ela é ideológica e político partidária.
E deve ser tratada como tal.
O Brasil não merece a imprensa que tem.
Share:

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Parada Gay de Barretos mata mais um touro


De acordo com a sabedoria popular, de tanto ter homem musculoso sem camisa, calça apertada atochadinha no toba, a Festa de Barretos se tirar os touros vira Parada Gay.
É uma coisa idiota maltratar animais para diversão de um bando de bêbados babacas.
É uma imitação ridícula de babacas texanos norte americanos.
Sábado mais um touro quebrou as patas na brincadeira sádica.
O público na noite era estimado em 50 mil pessoas.
O caso aconteceu durante a montaria do peão James Willian Marris.
O touro deu cerca de três pulos e caiu com as patas traseiras no chão, de acordo com testemunhas.
O animal tentava se levantar, mas estava com as patas paralisadas e saiu da arena se arrastando pelas patas dianteiras.
Semana passada, um bezerro teve de ser sacrificado após ficar tetraplégico durante a prova de bulldog, quando o peão tem de imobilizar o bezerro com as mãos.
A organização do evento disse que o caso foi uma fatalidade e atribuiu a morte a uma manobra irregular do peão.
Bom.
Há algo de errado nessas manifestações primitivas.
O UFC são dois homens atletas em iguais condições brigando em um ringue.
A Festa de Barretos é covardia pura.
Comer bifes é uma delicia.
Torturar animais por pura diversão é outra coisa.
É anomalia.
Share:

Russo comeu homem gay


Essa matéria que saiu nos jornais da Rússia parece ser a coisa mais idiota do mundo.
E é.
Espia isso.
Um russo de 21 anos conheceu outro homem em um site de homossexuais e o convidou para sua casa na região de Múrmansk (noroeste da Rússia).
Depois de esfaquear o convidado, o cortou em pedaços e o comeu. Durante uma semana, afirmou, cozinhou os restos e preparou croquetes e salsichões, acrescentou a comissão investigadora depois de ter sido preso pela policia.
Seu único motivo era provar carne humana.
Optou por ter contato com sua futura vítima por meio de uma página para homossexuais por considerar que se trata de uma pessoa "reservada que prefere não divulgar os contatos que tem", acrescentou.
Ele tem razão.
Alguns homossexuais correm esse risco por causa de uma sociedade hipócrita que ainda usa do preconceito contra gays para extravasar sua brutalidade.
Mesmo que essa venha disfarçada de “intolerância”.
Por isso que devemos bater forte nessa bancada evangélica que quer retirar avanços significativos da comunidade gay brasileira.
Com o risco de aparecer por aqui essas criaturas doentes.
Que querem comer gay.
Pela boca.
Credo!
Não me convidem para churrascos tão cedo!
Share:

sábado, 27 de agosto de 2011

Quando a ficção é mentira mesmo sendo literatura


O americano Francis Levy nunca esteve no Rio de Janeiro, nunca leu nada sobre a cidade, nunca ouviu uma palavra pronunciada em português e sequer fez pesquisa pela internet sobre a cidade.
Mesmo assim escreveu um romance ambientado na cidade chamado "Seven days in Rio" um livro de 150 páginas em que trata a cidade como a capital mundial do sexo, da orgia, dos assaltos e seqüestros.
E com direito a uma pequena, mas elogiosa crítica do "New York Times
A obra é uma ficção.
Mesmo sendo ficção tem que ter algum contato com a realidade, se localizada em algum ponto geográfico.
Eu não posso falar da Amazônia descrevendo o deserto do Saara, por exemplo.
Uma das frases do livro descreve o Rio como uma cidade em que “o número de prostitutas equivale ao de ratos no metrô de Nova York".
Num texto permeado por palavras e expressões chulas, relata os altos e baixos da estadia de Kenny Cantor, "um turista sexual convicto", em Copacabana e alerta para o fato de o Rio ser povoado por "batedores de carteira" e "gangues de sequestradores".
O problema é que quando perguntado sobre o porque dessa opinião sobre uma cidade que ele sequer conhece ele se compara a grandes autores da literatura.
“Não vejo problema em escrever sobre um lugar que não conheço. (Franz) Kafka fez Amerika", uma maravilha da literatura, sem ter saído da Europa”.
Isso que é ficção.
Ele se comparar ao Kafka.
Esse cara é um “jênio” da ficção.
Share:

Ricky Martin “tira o chão do pé” no Brasil


Não sei quem vai para um show dele, mas deve ter ficado difícil “tirar o chão do pé”.
Imagina você bêbado em um show do Rick Martin, empolgadíssimo, pulando como uma macaca, e ele ordena “tire o chão do pé, goleraaaa”.
Acho que não ia dar.
Depois da declaração tardia de que era gay o Rick Martin mudou de publico.
Muitas mulheres tentaram suicídio quando souberam da noticia de que o homem que elas passaram a vida imaginando ser seu é gay.
Tem mulher que passa a vida casada com um homem gay e nem percebe.
Conheço vários casos assim
Ainda assim, a já manjada e prevista simulação de orgia durante "I Am", em que o músico chega a algemar dois bailarinos e ter o cinto arrancado por um terceiro, arrancou gritos mais afoitos da platéia.
Da platéia gay claro.
Já "María", clássico de Martin cantada duas vezes, uma no bis, não empolgou muito.
Foi morna demais para esquentar o palco.
É que não convence mais a tal de Maria.
Talvez devesse trocar para Mario, já que ele saiu do armário.
Se virar moda os músicos fazerem essa pegadinha em shows, a vida dos bêbados viciados em galeras e shows vai ficar difícil.
“Tira o chão do pé, goleraaa!!”.
Tem bêbado que vai se esborrachar tentando.
Share:

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

O Eco Capitalismo como arma do Neo Colonialismos Ambiental tenta sabotar o Brasil


Essa filosofia de ocupação foi criada nos meados do século 20 em substituição aos canhões ingleses que dominavam os mares até meados do século passado.
Eles foram substituídos por outra forma de colonização mais batata e asséptica, inventaram uma nova modalidade de interferência e dominação nas terras alheias, através de um discurso ambientalista com a clara intenção de impedir a ascensão econômica das antigas colônias, impedindo-as de explorar suas riquezas e potenciais através de regras preservacionistas aplicadas ao mundo todo, menos a eles.
Para isso contam com um exercito de laranjas Ambientalistas Criados em Cativeiro, que como escoteiros fundamentalistas saídos das universidades, engolem as cartilhas escritas nos altos escritórios de onde sai à grana que injeta bilhões de dólares nas ONGs.
Esse exército conta com a prestimosa ajuda de mascates das selvas de origens virgilios vianenses.
Essa ideologia é a ideologia da moda.
Por isso os atores globais são todos verdes.
É a nova direita eco-ambientalista que se espalha pela elite conservadora em substituição ao velho e antiquado ódio as classes trabalhadoras.
Desenvolvimento virou palavrão pois significa que pobres vão ser iguais.
E isso não pode.
É como o cara que passa a odiar o Chico Buarque porque o vizinho brega dele ouve o Chico Buarque alto.
Desenvolvimento para pobre nunca!
Tudo que for dentro da possibilidade de progresso e ascensão dessas classes, e que tenha uma idéia vaga de progresso delas, é rejeitado por essa elite que agora também se esconde atrás do discurso ambientalista fundamentalista conservador.
A nova UDN se funde com o eco imperialismo e vai sabotar a ascensão da classe trabalhadora do Brasil que foi conduzida pelo governo Lula e agora é ampliada pelo governo Dilma.
Mesmo assim...viva o Brasil!!
Share:

Genuflexão auxilia boquete


De acordo com o Aurelio, genuflexão é o ato de dobrar os joelhos e boquete todo mundo tem obrigação de saber o que é.
Tem gente que paga boquete mas não faz genuflexão e tem gente que se ajoelha de graça, por nada. O fato que donos de jornais são comprometidos com elites e defendem quem tiver mais grana para pagar, todo mundo sabe.
O que é desprezível é ver a profissão de jornalista ser transformada em prostituta barata.
Estava bebendo em um bar convidado por um amigo para um aniversário de uma jornalista que sequer conheço.
Depois de varias cervejas, baixa em mim uma pomba gira falante.
Comecei a atacar a imprensa amazonense chamando de subserviente e conivente com a corrupção política, coisa que todo mundo sabe.
Todos os jornalistas da mesa pediram a minha ausência. Defenderam os patrões como se tivessem defendendo a profissão de jornalista, confundindo alhos com bugalhos.
Só nessa imprensa marrom que jornalista é obrigado a chamar patrão de colega.
Se a democracia depende da independência e da qualidade da sua imprensa, nós estamos ferrados.
Vai todo mundo pagar boquete para politico corrupto que injeta dinheiro nas empresas de comunicação. Existem varias formas de genuflexão.
Veja na qual você se encaixa.
Share:

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Na onda da Ayahuasca


Ayahuasca, nome quíchua de origem inca, refere-se a uma bebida sacramental produzida a partir da decocção de duas plantas nativas da floresta amazônica: o cipó Banisteriopsis caapi e folhas do arbusto Psychotria viridis. É também conhecida por yagé, caapi, nixi honi xuma, hoasca, vegetal, Santo Daime, kahi, natema, pindé, dápa, mihi, vinho da alma, professor dos professores, pequena morte, entre outros. O nome mais conhecido, ayahuasca, significa "liana (cipó) dos espíritos". Utilizada pelos incas e também por pelo menos setenta e duas tribos indígenas diferentes da Amazônia. É empregada extensamente no Peru, Equador, Colômbia, Bolívia.
No Brasil faz parte do ritual de varias seitas.
Acreditando na possibilidade de que só se pode ser feliz pagando mico, fui a uma sessão ritualística que tem como pratica uma nova forma de beber a ayahuasca, santo daime ou o nome que se queira dar a bebida.
Um amigo trouxe de Brasília, da mística região do Vale do Amanhecer, uma seita nova, uma forma diferente de beber a infusão.
O ritual começou com a velha e ordeira fila para beber o chá, recebemos um copo cheio de uísque com quatro pedras de gelo feito de ayahuasca, ficamos todos de pé, esperando bater. Depois de uns quinze minutos de silencio profundo, quando a lombra estava começando a entrar, começou a tocar uma musica, uma espécie de mantra, baixo e suave e foi aumentado gradualmente.
A música era assim “ ado, ado, ado, cada um no seu quadrado...ado, ado, ado, cada um no seu quadrado”. Enquanto cantávamos, uma força estranha se apossou de todos nós e começamos uma dança ritualística parecida com o funk carioca, onde cada um devoto dava um passinho pra frente e um passinho pra trás e ia até o chão rebolando, sempre cantando o mantra “ado, ado, ado, cada um no seu quadrado”.
Meia hora depois eu estava me sentindo ridículo.
Foi então que bateu a viagem mística.
Sempre no fim, as coisas parecem ter a forma que sempre tiveram e que deveriam parecer ter sempre. Nos últimos dias do inverno febril a luz adquire o péssimo hábito de pousar em cima dos objetos ocultos libertando as abjeções, despertando a velha fome de viver. Essa mania de querer morrer mesmo amando a vida, essa eutanásia deliberadamente feliz, essa boca cheia de sede que me suga as noites quentes do mesmo velho e antigo verão úmido de grandes lábios suculentos, essa vontade de ver atrás da porta verde um deus que nem acredito existir, tudo isso me impulsiona para experiências próximas da canalhice, do charlatanismo.
Viver de verdade é perder o medo de ser ridículo, portanto, quando abri o olho novamente, lá estava eu atrás de uma bunda linda que pertencia a uma gatinha ambientalista estilo new hippie que trabalha em ONG, dançando e cantando...”ado, ado, ado, cada um no seu quadrado...ado, ado, ado, cada um no seu quadrado”.
Essa experiência mística mexeu profundamente comigo, acho que finalmente a porta verde se abriu, as coisas ficaram um pouco mais claras, algum significado para justificar a vida emergiu dentro de mim enquanto eu olhava para aquela bunda, dançando e cantando “ado, ado, ado, cada um no seu quadrado...ado, ado, ado, cada um no seu quadrado”.
Percebi que se fosse continuar nessa seita, não poderia ser um simples devoto, teria que ter um franchise para poder me auto proclamar mestre.
Mestres ficam sentados só olhando as bundas dançantes, uma posição privilegiada e mais adequada para um cara de quase cinqüenta anos como eu.
Esse lance de ficar rebolando até o chão, mesmo dopadão, deu uma piorada na minha lordose. Ainda bem que a garota da bunda linda tinha feito curso por correspondência de massagem tailandesa e está dando a maior força aqui em casa, cozinhando, lavando e passando a minha roupa e de vez em quando me dando uma sapecada, cantando “ado, ado, ado cada um no seu quadrado...”. Dei um tempo na Dalila, minha boneca inflável.
Tirando o grão de bico e o gergelim, estou comendo bem, graças a deus!
Share:

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

A ONG “Vovô Autista Digital” está aceitando tiozinhos canalhas


Copiando uma idéia surgida na cidade de Kioto no Japão, a ONG pretende trabalhar para tirar do isolamento aquelas pessoas que saíram do mercado de trabalho e viraram um encosto dentro de casa enchendo o saco das pessoas e pegando na bunda da diarista.
Há 15 anos, uma sensação de isolamento cada vez maior causada pelo envelhecimento levou Kayoko Okawa, então com 66 anos, a procurar um centro local de voluntários e perguntar timidamente se alguém da idade dela poderia criar uma comunidade on-line para idosos.
Defendendo um maior uso da tecnologia da informação pelos idosos, as Vovós de Computador, que agora são mais de 250 mulheres --e homens-- em todo o Japão, promovem duas aulas mensais para ensinar os idosos a usar a internet.
Um grupo de voluntários fará campanhas de doações de computadores usados a empresas e pessoas interessadas em ajudar.
O projeto da ONG "Vovô Autista Digital" visa tirar das ruas, do crime, do álcool e das drogas esses velhinhos que sobreviveram a Woodstock.
Para não ficar aporrinhando dentro de casa é melhor leva para um centro tecnológico onde eles vão aprender lidar com as redes sociais como o Facebook e assim acessar e construir redes de amizade.
A “Vovô Autista Digital” está aberta para maiores de cinqüenta que estão levando a vida no maior coça saco.
As inscrições estarão abertas em breve.
Traga seu velhinho que nós cuidaremos dele.
Share:

A Marcha Pela Velhinha de Taubaté sai de Paricatuba


A ganância das decadentes potencias não conhece limites.
Estão sempre inventando uma guerra que dê lucro.
Ontem foi o Iraque e suas armas químicas 171.
Hoje é um tirano maldito que até ontem era colega.
Os caubóis ocidentais chefiados pelos EUA não iam ver aquela fortuna em petróleo ser eternamente pisoteada por beduínos e seus camelos cuspidores.
Nem morta santa.
Os honestos guardiões da decência e da “democracia” não podem tolerar isso.
E guerra é o melhor negocio para tirar países decadentes de crise financeira.
Guerra dá muito lucro.
Guerra sempre foi o melhor negocio possível.
Para quem ganha.
E as potencias ocidentais estão decadentes, mas tem bomba a dar com pau.
Vão lá, destroem e matam os “tiranos”, ocupam, levam suas honestíssimas empresas para reconstruir o país cobrando esse preço em ouro negro.
Depois vendem armas para os locais que fingem apoiar e estamos conversados.
Mais um azeite foi passado na máquina da história deles.
Enquanto isso na pacata Vila de Paricatuba às margens do belíssimo Rio Negro, a Velhinha de Taubaté está apavorada com a possibilidade de ser deportada.
Estão confundindo a simpática senhora com o líder líbio Muamar Kadafi.
A senhora está estabelecida na Vila de Paricatuba vendendo tacacá na sua banquinha.
É muita sacanagem se a gente deixar levarem a Velhinha de Taubaté.
Em protesto contra essa agressão, vai sair a Macha da Velhinha de Taubaté esse final de semana.
Estão todos convocados a participarem da marcha.
Viciados em marchas, gays, lésbicas, maconheiros, evangélicos, hippies, maloqueiros que acampam nas areias da deliciosa Paricatuba, todos estão convocados.
Diga não a deportação da Velhinha de Taubaté.
Share:

A Parada Gay de Barretos faz à primeira vitima inocente


Na festa do peão de Barretos o que tem de homem sem camisa, musculoso e tatuado, se tirar os touros vira Parada Gay.
Claro que os gays são mais inteligentes e divertidos que machos bêbados bancando os caubois tupiniquins.
Mas que parece, parece.
A calça atochadinha na regata lembra muito.
Espia só isso.
A sacanagem mal começou e já rolou a primeira vitima inocente.
Um dos melhores bulldogueiros [peão que domina o bezerro com as mãos] do Brasil, César Brosco imobilizou um bezerro que acabou ficando tetraplégico e, por isso, foi sacrificado.
Entidades de defesa animal dizem que vão recorrer à polícia e à Promotoria.
A Associação Nacional de Bulldog informou que Brosco foi suspenso por seis meses por ter feito uma manobra de "forma irregular" que resultou na morte do animal.
Manobra irregular.
E era de um bezerro que estávamos falando.
Espetacular essa.
Todo mundo come bife oriundo de um boi morto.
O sadismo de torturar animais por diversão que é anormal.
Share:

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Exame diz que Amy Winehouse não morreu drogada... que merda!


Nem o Tim Maia morreu drogado.
Nem o Kurt Cobain.
Nem o Hendrix.
Nem eu uso drogas.
Nem a vida é uma droga.
O fato é que os exames toxicológicos no corpo de Amy Winehouse não detectaram presença de substâncias ilegais.
O inquérito que apura as causas do falecimento da cantora inglesa, que morreu há exatamente um mês aos 27 anos, deve ser concluído em outubro.
Em nota, segundo as agências Reuters e AP, ele acrescentou que foi encontrado álcool, mas que não era possível determinar a participação disso na morte dela.
"Os resultados toxicológicos divulgados pelas autoridades à família Winehouse confirmaram que não há nenhuma substância ilegal no organismo de Amy na hora de sua morte", disse.
Bom.
Todo mundo jurava que ela morreu drogada.
Chega a ser uma decepção ela não ter morrido drogada.
Alcool é droga de trouxa.
Roqueiro que morre bêbado tem aos montes.
Morrer bêbado geralmente é coisa de playboy ao volante quando morre aproveita e mata mais uns cinco de uma família qualquer.
Artistas com o talento da Amy Winehouse deveriam morrer drogados, sozinhos e mal falados.
Essa de ter morrido bêbada tem graça não.
Share:

Movimento contra corrupção deve envolver a corrupção na imprensa


A imprensa tem dono, tem patrão, tem ideologia e age como se fosse partido político.
E não só no Brasil.
No mundo todo a imprensa virou baluarte de interesses ideológicos movidos pela ideologia onde mais rolar a grana.
Portanto, deixar a imprensa pautar essa discussão é que nem deixar criança tomar conta de loja de doce.
A Inglaterra, a pátria mãe da filosofia liberal com o toba alheio reconheceu que o grande capital não tem pátria, não tem alma, não tem mãe.
Nem tem pena da mãe dos outros.
Essa “liberdade” financeira sem pátria quebrou os EUA e a Europa.
E essa filosofia só teve sucesso graças à sociedade sinistra que fez com imprensa.
O Rupert Murdoch e seu conglomerado midiático controla o mundo todo.
E ele é simpático a causa neoliberal republicana americana.
Do business is business.
Ou tudo pode pela grana.
Se for pra eles, claro, a elite.
E para isso sabotam, mentem, caluniam, cometem crimes e elegem presidentes assim.
Usando jogo sujo e brincando com a opinião publica.
No Brasil temos o equivalente no chamado PIG (Partido da Imprensa Golpista).
A Rede Globo da família Marinho, a Folha de São Paulo da família Frias, a revistinha Veja da família Civita e outras, controlam a opinião publica a partir de São Paulo.
Quem controlar a política paulista e o dinheiro que gira entorno de São Paulo controla essa imprensa.
Por isso vemos denuncias direcionadas contra um só partido.
Enquanto o PT controlar o poder federal e os tucanos o poder em São Paulo só vamos ver denuncias contra Brasília.
Parece que São Paulo é um mar de inocentes.
Essa imprensa corrupta não pode pautar o país.
Nem pode segurar a bandeira contra a corrupção.
Pois essa imprensa está no poder desde a ditadura militar.
E vai continuar lá.
Até que a internet a derrube finalmente.
Share:

Festa de Barretos lembra Parada Gay


Apesar da aparente virilidade do mundo country tupiniquim com suas calças atochadas na regata apertando os ovos de encontro aos esfíncteres, rola muita lombra nesse rêgo sertanejo.
Na festa do peão de Barretos o que tem de homem sem camisa, musculoso e tatuado, se tirar os touros vira Parada Gay.
A musica cantada por homens de voz fina ajuda muito nesse lance da queimada da rosca country.
A fama de pegador das duplas ajuda a trancar no armário aquela força reprimida atochada louca pra saltar como uma vaca profana.
Que nem as calças que eles usam, reprimidas.
Por isso é briga feia pra querer mostrar brabeza em cima de animais indefesos.
Enquanto isso fora dos currais a alegria rola solta.
Se tirar os touros, os cavalos e as pickups, lembra a Paulista na Parada Gay.
Igualzinho.


Share:

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Fãs leiloam virgindade para ver show de Justin Bieber... ah bom... pensei que era do Wando


Nem sei quem é esse novo fenômeno pop.
Fiquei curioso com a manchete e fui ler e ver o vídeo.
É serio.
Quem quiser uma virgem mexicana histérica é só entrar no site.
Garotas mexicanas estão leiloando o boga pra ver o cara.
Elas criaram uma página no Facebook leiloando a virgindade com o objetivo de comprar ingressos para o show de Justin Bieber, segundo o jornal "El Norte".
Uma das mensagens diz: "Minha virgindade por um ingresso do show do Justin Bieber, me ajudem!".
O show do cantor no México deve ocorrer no final de setembro e teve ingressos esgotados em apenas quatro minutos.
Após saber que não havia mais entradas, algumas fãs entraram em desespero.
Nem no tempo dos Menudos era assim.
Ou era.
Bom.
Meninas que ainda são virgens querendo vender pra ver o show desse prego do Justin Bieber nem é tão grave assim.
Grave é elas acostumarem e depois querer vender “virgindade” depois de velhas para ver o show do Wando.
Ai nem o PROCON salva.
Share:

O Kadafi está disfarçado de tacacazeira em Paricatuba


Só pode.
A senhora gentil que vende tacacá em Paricatuba é a cara do Kadafi.
Se for ela vamos todos fazer um abaixo assinado pela permanência dela no Brasil.
O que os americanos e europeus querem é o petróleo da Líbia.
Isso eles já conseguiram com a queda do regime do Kadafi.
Agora é só arrancar o couro que resta do povo líbio e tirar o que ainda sobra do petróleo das profundezas do Saara para continuar alimentando o padrão elevado, fino e educado do primeiro mundo.
Mas a senhora educada da banca de tacacá fica.
Nem fodendo vão levar essa senhora embora para ser julgada em Haia.
Afinal nunca vi um judeu ser julgado lá, nem os assassinos que matam crianças na Palestina.
Portanto a Velhinha de Taubaté com a cara do Kadafi é nossa.
Se preciso for vamos fazer a Marcha da Velhinha de Taubaté.
Sacanagem isso.
Share:

domingo, 21 de agosto de 2011

Veado pega um “gatinho” e a imprensa faz um escândalo


Isso é a coisa mais normal do mundo.
Veado adora gatinho.
Isso não deveria ser manchete de jornal no mundo todo.
Principalmente em um momento em que a luta contra o preconceito contra gays estão se debatendo com às forças retrógradas da ultra direita evangélica.
Fazer um estardalhaço só porque um veadinho pegou um gatinho é muita sacanagem.
Principalmente quando isso ocorre do outro lado do mundo.
Na Ucrânia.
O que a gente tem a ver com veados que pegam gatos na Ucrânia?
Me diz?!
Espia isso.
Um gato se tornou "amigo" de um filhote de veado no zoológico de Odessa, na Ucrânia.
Dá pra sentir a maldade por trás dessa noticia.
Esse pessoal não tem mais o que fazer.
Share:

Distensão é coisa de véio


A idade vai acabando com as pessoas aos poucos.
Passo oito horas ou mais sentado no computador feito um demente e não me ligo que tenho que mexer meu corpo pra variar.
Meus músculos estão todos acostumados à vida mole.
O peso máximo que suporto carregar durante a semana toda são os dois garrafões de água que consumimos por pura necessidade humana de beber água.
No mais, nem.
Ao tentar me virar para fazer algo sentado na minha fétida cadeira do computador dei um jeito no músculo posterior esquerdo da bunda.
Foi uma dor horrorosa.
Eu não estou podendo pisar legal que dói a perna toda.
E tenho que andar mancando e sentar de ladinho.
Que situação.
Acho que a entrada nos cinqüenta trás essas mazelas pro corpo.
Distensão na região média lorto bogal.
Do nada.
Por causa disso os amigos estão fazendo bullying comigo.
Espalhando que meus porres e aminha amnésia alcoólica um dia vão acabar comigo.
Ou vou acordar grávido.
Sem saber quem é o pai.
Com amigos assim melhor não te-los.
Share:

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Interpol descobre que Hitler tinha uma Eva no armário


A Interpol descobriu em um bunker que servia de esconderijo para o famigerado fuhrer, fotografias reveladoras de outra faceta da sua personalidade.
O que ficou constatado é que ele usava o porão para se travestir de mulher.
Foram encontradas varias fotografias dele vestido como Eva Braun, sua esposa.
Especialistas alemães dizem que essa faceta crossdresser de Hitler tem nada a ver com ser gay.
Já especialistas ingleses acusam Hitler de ser bibona sim.
Estabeleceu-se uma briga acadêmica sobre o assunto.
Crossdresser não é gay necessariamente.
Mas sim uma vontade danada de usar vestidinho.
Como ele não podia fazer isso e continuar sendo um cara mau, o jeito encontrado foi fazer escondido em um porão.
Dizem que o fotografo contratado para fazer as fotos foi morto e esquartejado no mesmo porão, para que não houvesse testemunhas do book session do Hitler.
A divulgação de fotos de Hitler vestido de mulher chocou os neonazistas do mundo todo.
Quem mais bate em gays na Avenida Paulista são os neonazistas que tem o Hitler como ídolo.
Fantasiados com suas botinhas, suspensório e soco inglês eles arrebentam na Paulista quando estão em bando e em maior numero.
Essa descoberta pode afetar as relações homoafetivas pelo mundo a fora.
Os organizadores da Parada Gay estão cogitando fazer uma homenagem a esse lado da personalidade do Hitler.
Vão fazer uma enorme suástica colorida, uma foto imensa dele vestido de mulher e todas as bibas vão caracterizadas de nazistas fashion.
Vai ser maior babado forte.
Share:

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

A Norma merecia morrer embaixo de um trem


A Norma agride a inteligência das mulheres.
Se eu tivesse uma periquita iria ter ódio de uma mulher como a Norma.
Ela morreu e foi pouco.
Que mulherzinha trouxa que acaba com a reputação das mulheres modernas e inteligentes.
E até das atrasadinhas e burras.
Porque a Norma é mais que burra.
Ela é trouxa.
Aliás, quem é trouxa é a pessoa que assiste esses dramas idiotas escritos por bibas globais cansadas.
Eu não vejo.
A patroa que vê.
Eu aproveito pra estudar os personagens como um sociólogo.
Essa Norma deveria morrer embaixo de um trem.
Share:

Nadar no Mindú virou atração por conta do calor


Agora virou moda dar uns tchibuns no Mindú quando o calor aperta.
Nessa onda de calor associado à baixa umidade a pedida é se banhar nos igarapés que cortam Manaus.
As pessoas reclamam um pouco do cheiro, mas com jeitinho vai.
As garrafas pets servem de bóia e os eventuais toletes que baterem na cabeça basta amassar que serve de filtro solar contra esse sol equatorial abrasador, com a vantagem que ele tem grande chances de ser seu, portanto não causará grandes danos a sua saúde.
A Prefeitura de Manaus está pensando em fazer competições de natação para incentivar as crianças que moram as margens do Mindú, a prática saudável da natação, ao invés delas ficarem enfiadas em lan house se drogando e jogando o dia todo.
Essa época do ano os igarapés estão mais secos, e seu odor característico se faz mais forte.
Ótima pedida para levar a família para suas margens e fazer um bom piquenique.
Tem gente que não sabe aproveitar as coisas boas da sua cidade.
Share:

Vende-se a cadela inflável do Deprê


A dor da perda do meu querido Deprê, meu beagle canastrão que morreu há três meses mais ou menos volta toda vez que vejo os objetos dele esquecidos pelos cantos da casa.
Como não quero ser emo e não quero ser triste, resolvi doar os cacarecos do Deprê.
Na verdade o que sobrou foi uma coleira com corrente bem legal, estilo punk gótico nada a ver com o Deprê e a cadela inflável, que ele sequer chegou a conhecer, ela chegou pelo correio depois que ele morreu.
Comprei a cadela em um pet shop de Miami especializado em sex shop para bichos.
Na verdade seria um sex pet shop boys.
A cadelinha inflável é da cor vermelha, cor que eu inventei que era a cor preferida do Deprê.
Mas se a pessoa interessada for Caprichoso, basta pintar com tinta spray azul.
Fica legal.
Embora cachorro enxergue em preto e branco, melhor não arriscar.
Quem comprar a cadelinha inflável vermelha do Deprê leva de cortesia a coleira punk gótico nada a ver.
Não preciso avisar que a cadelinha inflável vermelha do Deprê é virgem.
Ainda está no saco.
Obrigado.
Share:

Noivado corrupto entre Globo e Ricardo Teixeira acaba em traição


Parece que acabou a lua de mel lucrativa e corrupta entre a Rede Globo e o Ricardo Teixeira presidente da CBF.
A Rede Globo sem mais nem menos começou a noticiar as denuncias de corrupção que envolvem a FIFA, a CBF e o Ricardo Teixeira.
Até ontem eram unha e carne.
E não vai ficar barato para a Globo essa repentina decisão de noticiar os escândalos.
Agora surgiram indícios (ou insinuações) de que a entidade máxima do futebol brasileiro tem gravações de diálogos que comprometeriam Marcelo Campos Pinto, diretor do Globo Esportes.
Essas gravações não autorizadas foram feitas a partir de ligações telefônicas ou na própria sede da CBF. Elas revelariam quando e como a Globo manipulou o horário de partidas de times e da seleção, para atender a seus próprios interesses.
Encaixar os jogos aos horários das novelas mesmo que o torcedor trouxa chegue duas da manhã em casa, por exemplo.
A ameaça de levar as gravações a público teria por finalidade não só vingar Teixeira do que ele considera "traição", por parte da Rede Globo, mas também colocar a emissora numa situação delicada junto à imprensa, a parceiros e anunciantes do esporte.
A Globo nunca faz nada sem um motivo muito forte por trás.
Até quando apoiou a ditadura militar ela sabia o que queria.
Até quando ela tenta eleger o presidente da republica da sua preferência e dos seus clientes ela sabe onde está pisando.
Essa tacada de se posicionar contra a FIFA, CBF e o Ricardo Teixeira as vésperas de uma Copa do Mundo no Brasil tem sujeirada política a vista.
Como o Ricardo Teixeira está sendo processado em uma justiça séria, a da Inglaterra, é claro que um dia menos dia ele vai ser chamado na chincha.
Como a Copa do Mundo tem que ser administrada pela FIFA, CBF, Ricardo Teixeira e o governo brasileiro que agora tem como presidente a Dilma Roussef, o plano é daqui pra frente armar uma cama de gato.
Acusar o Ricardo Teixeira, até ontem cúmplice das roubalheiras da Globo e fazer isso “colar” na Dilma.
O plano é simples, meu caro Watson.
Ou eu sou um sequelado paranóico desocupado que fica vendo monstros onde só tem santo?
Só o tempo e o Jornal Nacional vão dizer.
Share:

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

O Fagundes está pegando a Camila Pitanga... sacanagem pô!


Essa Fagundes é um pegador.
O cara é charmosão, tem talento e tem classe.
Enfim, é um fofo.
Mas pegar a Camila Pitanga é sacanagem.
Logo a Camila Pitanga.
A gata mais gata da televisão brasileira.
É de matar de inveja.
Chega a ser desigual para os outros machos meros desconhecidos que não tem a menor chance de pegar a donzela.
Fica registrado o protesto, a inveja, o despeito e o ciúme.
Muita sacanagem pô!
Share:

Peixes invasivos ameaçam voltar ao Igarapé do Mindú


O igarapé do Mindú corta Manaus de cabo a rabo.
Mais rabo do que cabo.
Foi uma luta para conseguir eliminar todas as criaturas vivas nojentas que habitavam nele.
Foram anos de construção de esgotos, de desmatamento das margens, de construção de favelas e condomínios chics para poder dar fim aos temíveis peixes do Mindú.
Foi um trabalho conjunto entre o poder publico e a população baré.
Agora do nada, essas criaturas nocivas ameaçam voltar a habitar as fétidas águas do teimoso Mindú.
Andando pelas alamedas do paradisíaco Passeio do Mindú com seus condomínios copiados de Sampa dos anos setenta, vi que um grupo de sem tetos que vivem as margens do igarapé e dormem embaixo das pontes, estavam pescando e fazendo fogueira para assar peixes.
Achei que eram as tilapias que foram introduzidas no igarapé para dar cabo dos peixes nativos.
Nada, eles estavam pescando branquinhas, matrinxãs, jaraquis, um horror.
Aqueles gabirús humanos estavam comendo peixes extintos há décadas da região.
Fiquei apavorado ao ver que depois de anos de trabalho árduo para eliminar os jacundás, os aracus e outros peixes que habitavam as águas terrivelmente límpidas do igarapé, agora ameaçavam voltar.
O poder publico tem que chamar os moradores dos condomínios do Passeio do Mindú para debater esse desastre ecológico.
Todos os moradores contribuem cotidianamente com sua bosta para que o Mindú permaneça dentro dos padrões aceitáveis pela vizinhança, portanto tem que exigir mais empenho das autoridades.
Talvez concedendo mais permissões para construção de mais e mais condomínios para despejar mais bosta no teimoso igarapé que se nega a morrer seja a solução.
Né não!?
Share:

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Fique triste, mas não vire emo


Ficar triste por um evento qualquer ou por angustia existencial faz parte da natureza humana e é saudável.
Ficar aprisionado na tristeza ou na angustia isso sim é doença.
A sociedade moderna viciada em psicanálise de moda simplifica qualquer sintoma de angustia como depressão.
E esses termos viraram diagnostico de botequim.
Quer bancar o inteligente em botequim diz que lê Clarisse Lispector e solta alguma frase com definições psicanalíticas no meio.
Em roda de bêbados funciona.
O atual conceito médico da depressão usa dados mensuráveis para definir esse estado, como tempo de duração de sintomas.
Para a psicanálise, a melancolia é o estágio mais extremo da depressão. A apatia do melancólico é fruto da perda de algo ou de alguém, que precisa ser compreendida e superada, em um processo semelhante ao do luto.
A diferença é que, enquanto no luto a perda é compreendida, na melancolia ela é inconsciente: não se sabe o que foi perdido.
Permita-se sentir dor e a solução para desencanar dela aparece.
A tristeza pode ser uma ferramenta para deixar claro que a pessoa está viva.
Mas ficar aprisionado nela pode ser o começo da virada emo na vida da pessoa.
Daqui a pouco está usando a roupa e a maquiagem da irmã e andando em bando em shoppings de mãos dadas com cara de bode preto e beijando pessoas do mesmo sexo porque está na moda.
Antes que isso ocorra, sorria, você é da periferia, mas usa Facebook.
Share:

O Amazonas virou o Pará: Pistolagem e banditismo na política baré


A política baré sempre esteve à margem da lei.
Mas parecia longe do banditismo escancarado do sul do Pará e outros lugares onde pistoleiros de aluguel resolvem os conflitos de políticos corruptos.
Está ficando comum a bala se tornar a palavra da disputa entre ladrões da coisa publica aqui pelas bandas do Amazonas.
O prefeito de Coari, Arnaldo Mitouso (PMN), sofreu um atentado a bala. Nove tiros de nove milímetros.
Parece nome de filme de gângsteres.
E é.
Gângsteres barés.
Infiltrados por trás da cortina da política onde todos os criminosos descobriram que podem ficar impunes.
Ele sobreviveu e agora acusa o Sabino Castelo Branco de ter ordenado o ataque.
O Sabino queria contratos de obras e contratar a irmã dele, Marilucia Castelo Branco Maués, e outras duas pessoas com salário de R$ 20 mil, cada uma. Ele queria tomar conta dos serviços de coleta de lixo, de obras e de indicação de cargos na Prefeitura do Município. O deputado, segundo Mitouso, enviou os documentos das pessoas que deveriam ocupar os postos de confiança e até determinou que o salário de cada um deles deveria ser de R$ 20 mil.
Para pressionar o poder publico, ele usou o velho truque dos programas assistencialistas policialescos de quinta categoria que tem ajudado a derrubar e eleger governador e prefeitos em Manaus.
Mitouso, por meio de nota divulgada por sua assessoria de comunicação, denunciou que Sabino Castelo Branco bancou o programa “Bronca no Rádio”, na rádio Nova Coari FM, porque teve interesses contrariados pela atual administração. Disse que, após a eleição suplementar de 2009, o deputado federal pressionou o prefeito a colocar sob sua indicação o secretário de Finanças do município.
Esses programas de radio e televisão têm origem criminosa e servem para fins criminosos.
A bancada de pseudo jornalistas que saem desses programas toma quase metade das cadeiras na câmara e na assembléia.
É a bancada dos narco apresentadores.
Todos escondidos atrás da popularidade desses programas narcotizadores da consciência cidadã.
E muitos deles com uma ficha de crimes que vai de assassinato, grupo de extermínio, tráfico de drogas e por ai vai.
E eles ajudam a eleger o governador e o prefeito de Manaus.
Eles são o a mão suja do crime que impera na política baré.
Como diz o caboco “Socorro, cadê a policia que não prende uns meliantes desses?”.
Share:

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Em homenagem ao Dia dos Solteiros: Casamento é coisa de veado lezo


O casamento foi inventado por alguém que não tinha o que fazer.
Por pura falta de imaginação, as pessoas inventam o que podem.
Os heteros que tradicionalmente são tachados de retrógados, caretas, raça em extinção, etc. eram os que em grande número recorriam a essa forma de relacionamento por motivos que vão desde a necessidade biológica de perpetuar a espécie, de preservar valores como família, tradição e propriedade, ou até por motivos banais, como amor, afeto, etc.
A mulher desde a invenção do clitóris, nos idos dos anos 60, em que ela experimentou pela primeira vez a possibilidade de gozar sozinha, percebeu que o casamento era a maior roubada, que não tinha mais sentido aturar um macho escroto para ter prazer, e que família, tradição e propriedade também poderiam ser conquistadas mesmo em carreira solo.
Nasceu o conceito "produção independente", mulheres que preferem ter e criar seus filhos independente de machos ruins.
Eu mesmo tenho um filho com uma lésbica que preferiu usar meu esperma e me mandar pastar (felizmente somos bons amigos).
O casamento assinou sua sentença de morte.
Várias formas de relação estão sendo testadas para assimilar os novos comportamentos humanos e as novas realidades.
Agora vêm umas bichas malucas e umas sapatas conservadoras machistas querendo reeditar um conceito que a própria história enterrou.
Tanto é assim que um amigo meu me convidou para o casamento dele e eu perguntei de primeira "quem é o cara?".
Uma amiga anda apaixonada pelo seu sabonete e eu próprio há algum tempo me relaciono com uma boneca inflável (ando pensando em trocar por uma siliconada mais moderna).
Mas isso é outra estória.
O fato é que, bicha quando é padre não pode casar e bicha quando é leza quer.
E ainda se acham modernos casando.
Afff!
Share:

A Polícia Federal da Dilma prende


Não tem nada a ver com as denuncias da lamacenta revistinha Veja as prisões de políticos do governo presos por corrupção.
Nunca um governo prendeu tanto por corrupção quanto o governo Lula e Dilma.
A oposição quando estava no governo não prendia ninguém.
Ao contrario.
Acobertava porque precisava do apoio dos corruptos para se reeleger e permanecer no poder.
A imprensa associada a oposição acham que eles são a Policia Federal.
Quem lê os jornalões tipo Globo, Folha de São Paulo, revistinha Veja e etc acha que a corrupção começou hoje e está paralisando o Brasil.
O plano deles é só esse.
Paralisar o governo e o país.
Já que eles não tem projeto algum.
Nem a bandeira da “faxina” da corrupção é deles.
É da Dilma.
Nem pra isso eles são originais.
E uma democracia precisa de uma oposição decente.
O Brasil não merece a oposição nem a imprensa que tem.
Share:

Dia dos Pais: ONG “Vovô Autista Digital” aceita pais cinqüentões


Montei em um dos quartos da minha casa um espaço digital.
Uma bancada com seis computadores em rede esquema lan house.
Meus amigos cinqüentões desocupados pela aposentadoria, mas sem um pingo de vontade de aposentar o cérebro criativo, descobriram as delicias das redes sociais.
Ficam em minha casa aprendendo a usar a internet a seu favor.
E eu tenho que ensinar a usar.
Me alugando.
Ai pensei.
Porque não montar uma ONG chamada “Vovô Autista Digital” que seja capaz de ensinar os cinqüentões pra cima a usar a internet?
Já que sou capaz de ensinar os meus amigos cinqüentões sequelados por anos e anos de sexo, droga e rock’nroll posso ensinar qualquer coisa a fazer qualquer coisa.
Portanto estou seriamente tentado a montar essa ONG.
Afinal, a vida começa aos cinqüenta para quem tem cinqüenta.
Se você acha que seu pai está enchendo o saco na sua casa querendo pegar as suas amigas, a empregada, beber toda a sua adega, traga ele para cá.
A ONG “Vovô Autista Digital” aceita qualquer traste que tenha mais de cinqüenta.
Aqui ele terá a ajuda da monitora amorosa Apertadinha do Facebook que não deixará ele cair em depressão.
Afinal, aqui ele estará longe do álcool, das drogas e do crime.
E quem sabe ele se torne alguém na vida do qual você se orgulhe.
Share:

“Love Is In The air” no aniversário da Apertadinha do Facebook


A lenda urbana que o aniversário da Apertadinha tem hora para começar, mas não tem hora nem jeito para acabar continua valendo.
A festa fez acontecer alguns romances que só o tempo vai se encarregar de dizer se vai vingar.
O travesti bonito do corpão encontrou “alguém” na festa.
Quando atravessei a sala e o vi tocando um violão desafinado e cantando mais horrendo ainda, ele cantava a musica “Eu Sou Rebelde Porque o Mundo Quis Assim”, acho que da Martinha dos tempos do iê-iê-iê.
E quem ensinava mal e porcamente era a Apertadinha do Facebook.
Claro que não ia sair boa coisa.
Quando conversamos ele falou do seu sonho de ser artista e de encontrar alguém legal para amar.
A pessoa não pode ter tudo na vida.
Lá pelas tantas entra na festa, morta de chapada uma amiga da dona da festa.
É uma menina pós beijo Madonna-Britney Spears que acredita que arrasa e chama atenção se beijar outra menina na frente de todo mundo para dizer que é punk.
Ao mesmo tempo ela pega qualquer coisa que se mova.
Pode ser mamífero, anfíbio, quadrupede ou leguminosa.
Quando ela viu o travesti do corpão bonito em pé na sala, mirou sua pontaria e pôs pra cima.
O travesti estava muito carente e aquela altura topava cafuné até de macaco.
Em menos de trinta segundos de conversa os dois já estavam trocando um imenso beijo e na maior pegação.
Em apartamentos onde rolam essas festas sempre tem um quarto reservado para gente rápida que quer resolver tudo ali na hora.
Eles dois sumiram em um desses.
Todos da festa ficaram curiosos para saber no que ia dar aquele repentino romance tórrido.
Depois de meia hora os dois saíram do quarto felizes, de mãos dadas se despedindo de todos.
A garota ligeira levou o travesti bonito para morar com ela.
Ninguém sabe se ela percebeu que não era menina.
Acho que ela achou o que queria.
Uma menina bonita que tinha um pau que era a única coisa que ela amava nos homens.
Na festa de aniversário da Apertadinha do Facebook rola até “Love is In The Air”.
Share:

domingo, 14 de agosto de 2011

Baixe o livro Crônica Bipolar


Os cronicas do blog viraram livro.
Baixe o livro "Cronica Bipolar" copiando e colando no navegador o link abaixo.
https://docs.google.com/leafid=0B2kKLDHYNlTqYjc5Yzk5Y2UtMTk4My00N2YyLTkxNmUtN2M5NjgyMmU0M2M3&hl=pt_BR
Share:

O aniver da Apertadinha do Facebook booombô!


Todo mundo faz aniversário porque afinal de contas todo mundo nasce.
Inclusive a Apertadinha do Facebook.
A festa de aniversário dela foi ansiosamente aguardada pelos amigos.
E não decepcionou.
Rolou de tudo.
Pessoas bacanas e talentosas juntas sempre rola coisa boa.
E quando a coisa é muito boa rola o inesperado.
A gente nunca sabe como vai acabar festas assim.
Só sabe que começa, quando e como acaba é um mistério.
Tinha um musico das savanas roraimenses cantando e declamando poemas de poetas de Roraima.
Entre eles o Eliakin Rufino, o Menestrel das Savanas.
A Apertadinha do Facebook é excelente de festas.
Mas anda apaixonada e estava de par.
Ficou xarope como todos os casais normalmente ficam em festas.
Mas a fauna variada que circula no entorno dela se encarregou de fazer a festa.
Porem que roubou a cena foi um travesti jovem, com corpão de matar de inveja a mulherada.
E matou.
Lá pelas tantas depois de baldes de cerveja desci para ir ao banheiro.
Ao passar pela sala lá estava a bela travesti tocando um violão desafinado e cantando mais desafinado ainda.
A cena de um travesti bonito tocando violão na sala do apartamento tinha que ser no aniversário da Apertadinha do Facebook.
Agora estou aqui em casa hospedando ela e o namorado, fazendo chá de boldo para os dois por conta da ressaca.
Esse pé de boldo que tenho no quintal é uma maravilha da humanidade.
Salve a grande Apertadinha do Facebook.
Que Deus a preserve em boldo.
Share:

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

ONG Vovô Autista Digital


Transformei um quarto da minha casa em sala em uma sala de aula com bancada e computadores em rede parecendo esquema lan house.
Nas horas vagas meus amigos cinqüentões vem a minha casa usar os computadores e jogar conversa fora.
E como alguns não sabem alguns recursos das redes digitais tipo Facebook, MSN, Twiter ficam me enchendo o aço pra eu ensinar as coisas.
Olhando aquilo pensei em montar uma ONG.
A ONG Vovô Autista Digital.
Vou me divertir pacas.
Share:

Manaus, 43 graus a sombra na região lorto tobal


Que calor felá da puta.
É a frase mais dita na semana em todas as paragens de Manaus.
Se fosse tag do twiter tava bombando.
Tinha barrado a do sexo anal da Sandy.
Espia isso.
Estou em um taxi me sentindo o cara mais sortudo do mundo.
O taxi estava em um engarrafamento infernal tragado como vitima da cidade que foi mal planejada para tanto carro.
Estava me sentindo um sultão porque o ar condicionado do taxi dava uns 15 graus.
Quando olhava para os pedestres andando na calçada com a cara engelhada pelo calor de matar qualquer camelo, eu via como sou um cara de sorte.
A cara de dor das pessoas a cada passo embaixo do sol do meio dia era de dar dó.
Preso a essa reflexão olhei para o taxímetro e automaticamente pensei na minha carteira.
Me apalpei e nada.
Tinha esquecido a porra da carteira em casa.
Sorte que tinha uns 10 reais trocado no bolso.
O taxímetro estava dando 10 certinhos. Pedi pra ele parar ali mesmo.
Estava na região do Amazonas Shopping, questão de 200 metros.
Foram os 200 metros mais longos e sofridos da minha vida.
Oh dia quente dos caraio mano véio!
O termômetro do letreiro digital acusava 43 graus.
Só se for na região lorto tobal.
Bem a sombra.
Share:

Entre a web cam e o vibrador repousa um coração


Muito pouco se sabe sobre o que se passa na mente humana apesar de todos os estudos feitos, de toda a ciência e de toda a tecnologia.
Nossos corações e mentes continuam sendo uma fortaleza inexpugnável para a curiosidade infantil da religião predominante chamada ciência, ainda bem.
Sem o encanto do mistério acaba toda possibilidade de poesia.
Sem os segredos da alma nada mais se revelaria, e a vida seria muito pobre.
Porém a mesma curiosidade infantil que pode ser tão obvia e chata, cria tecnologias e brinquedos interessantes para o deleite da raça humana, inclusive o meu. Entre eles a web cam e o vibrador. Juntos fazem uma dupla que se usadas da forma correta são extremamente úteis para ajudar no processo de busca da felicidade, único compromisso que um ser humano decente deve ter nessa vida ordinária.
Navegando como um vagabundo depravado pelas ondas da internet, surfando em mares pecaminosos das salas de bate papo que permitem imagens pornô, uma criatura me aborda. Uma mulher chamada Mercedes. Ela disse que estava adorando as imagens de sexo anal que eu estava mandando paras as salas. Coisas que aprendi a fazer para melhor abordar a mulherada que freqüenta esse meio doentio e sórdido. Trocamos msn, um programa chat que permite falar, mandar arquivos e até conversar por web cam, tudo em tempo real. Descobri que Mercedes era na verdade Julia, uma gata linda de Pouso Alegre, Minas Gerais. E que adora usar brinquedinhos e ser vista na rede. Uma excelente amostra da verdadeira mulher mineira, recatada, católica apostólica romana.
Ela usa o vibrador com se fosse a ultima refeição de um condenado a morte. Adoro ver a doida manipulando seu brinquedinho diante da web cam para eu ver.
Ficamos amigos e rola até saudade quando ela fica dias sem entrar. Conversamos sobre outras coisas além de sexo virtual e suas virtudes. Falamos sobre namorados que não batem um bolão, que deixam a namorada dias sem orgasmos, sobre o valor asséptico do uso do vibrador, se camisinha é necessário na hora de usar o treco...enfim, trivialidades que qualquer namorado normal conversaria com sua amada no sofá da casa dos sogros.
Viajei durante um dias e andei pegando mulher de carne e osso, só pra sentir a diferença. Tem muita não, às vezes é até pior, vem no pacote um monte de demandas aborrecentes, seqüelas irreversíveis, como neuroses, coisa pior que aids ( Sei que falando assim devo parecer um prato cheio para um psicanalista lacaniano que adora a palavra sublimação...de cú é rola como diria o caboco ).
Sei que quando acessei novamente o msn ao voltar do feriadão, encontro minha amiga inconsolável, triste, dizendo-se morta de saudades, que eu a tinha abandonado, que sem mim do outro lado da cam, brincar com o vibrador não tinha a menor graça. Que tinha suspeitas que alguns sintomas do que estava sentindo seria indício de estar se apaixonando por mim. Fiquei comovido, tocado, flechado.
Entre a web cam e o vibrador, com certeza, mora um coração.
Share:

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Há 102 anos Manaus não ficava tão seca e ainda tem gente que fala mal


A gente que é acostumado com a umidade que cola o boga é capaz até de ter assadura com essa novidade.
Espia só.
O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) divulgou na manhã desta quinta-feira um alerta de estado de atenção para o ar seco no Amazonas.
O índice de umidade relativa prevista para hoje, em Manaus, deve oscilar entre 25% a 29%, o mais baixo já registrado em 102 anos de fundação do instituto no Amazonas.
O motivo dos baixos índices de umidade relativa do ar é uma massa de ar quente e seca, que está na região central do país, impedindo a formação de chuvas na região amazônica.
Por isso os termômetros das esquinas escaldantes da cidade estão marcando 43 graus.
Conselho de amigo.
Se você for classe média usuário antigo do Facebook que vive com o toba colado na poltrona e tem um belo ar condicionado ligado, fique ai mesmo, não se mexa e não reclame da vida
Você está no céu.
Agora se você faz parte da camada mais baixa da pirâmide baré, aquela usuária do Orkut que agora começa a migrar para o Facebook e não tem ar condicionado no seu ambiente, larga essa porra e vá ficar embaixo do chuveiro já.
Mas se você faz parte da camada alta da pirâmide social baré e pertence aquele grupo que vive mamando na mamata da vaquinha do bumbá meu boi, vá pra piscina se refrescar e beba um bom 12 anos com Red Bull que você não corre o risco de ser preso.
Não agora.
Outro conselho é que se você faz parte de qualquer uma dessas classes sociais, faça gato na sua casa.
Se não você vai trabalhar só pra pagar sua conta de luz.
Share:

A introdução de ferramentas no Facebook não engravidam


Ninguém precisa ficar assustado com a introdução de novas ferramentas do facebook.
Hoje estava um saco para entrar.
Mas é por conta das novas ferramentas introduzidas.
Ui.
A introdução de novas ferramentas no Facebook é a causa da instabilidade no serviço experimentada na manhã desta quinta-feira por usuários do mundo todo.
As pessoas reclamam de dificuldades para logar, para curtir publicações, publicar no mural etc.
Já tinha gente achando que era o começo do fim do Facebook anunciado pelo povo do Anonymous que anunciaram que vão destruir o Facebook em 5 de novembro.
Entre as novas ferramentas introduzidas
A barra lateral de contatos do chat foi dividida em duas, com os amigos favoritos no topo (estejam eles on-line ou não) e outros contatos on-line na seção inferior. A mudança atende às reivindicações dos usuários que criticaram a nova barra lateral de contatos por deixar invisíveis amigos que não estavam entre os favoritos, apesar de estarem on-line.
Outra novidade é um feed de notícias adicional.
Esse feed publica as mais recentes publicações dos contatos apenas em texto, sem imagens ou links, e fica sobre a região de anúncios patrocinados.
Portanto não precisa entrar em panicuzinhoww com as novidades.
E vem mais por ai.
Share:

Muita luz... Muita treva... e assim caminha a humanidade parecendo rabo de vagalume


A internet parece ser uma faca de dois legumes.
Ela ajuda a comunicação de idéias rapidamente através do globo terrestre a uma velocidade impensável até bem pouco tempo atrás.
Essa comunicação pode ter vários propósitos.
Uma grande ferramenta da internet é a ajuda no combate ao monopólio da inteligência ou da noticia que impede reflexões conscientes sem contaminações ideológicas dos fatos relevantes do nosso planeta.
Todos nós sabemos que a grande imprensa tem ideologia, tem dono e tem patrão.
Ninguém mais acredita em jornal.
Por isso a internet está servindo para o propósito de criar suas próprias fontes de noticias.
Isso ajuda em varias campanhas solidárias e em debates importantes, por exemplo.
Porem ela também serve para a proliferação de idéias absurdas originadas nas trevas da idade média.
Toda crise mundial abre espaço para o ressurgimento dessas forças maléficas que culpam os outros por suas falências próprias.
O avanço de pensamento de ultra direita pelo mundo afora é o maior exemplo de como a internet pode ser usada para o mal.
Na Europa e nos EUA a direita tem avançado dramaticamente sobre direitos adquiridos pelas forças democráticas as duras penas durante séculos.
A morte de mulçumanos na Inglaterra nos tumultos recentes é um exemplo disso.
No Brasil o pensamento da direita encontra eco na grande imprensa quando essa se quer fazer acreditar “o baluarte da democracia e dos bons costumes” incentivando uma cruzada contra a corrupção de um governo que ela é claramente oposição.
Quando olhamos para quem está por trás das denuncias, são os velhos corruptos de sempre amigos da grande imprensa de sempre.
Essa cruzada “purista” tem origem nos grupos que sempre lucraram com privilégios da elite e com a corrupção decorrente disso.
São os modernos udenistas.
O Arnaldo Jabor apoiou até o amargo fim a política econômica neoliberal que levou o mundo a esse desastre social que estamos vivendo.
Agora chora nas salas de estar dos brasileiros como se não tivesse nada com isso com uma encantadora indignação televisiva global.
E assim caminha a humanidade.
Share:

Semáforos emaconhados enfeitam as ruas


Espia só isso!
Pichadores pró liberação da maconha fizeram uma pichação muito original nos sinais de transito de Fortaleza – Ceará.
Técnicos descobriram que a alteração é feita por uma pichação na parte externa da lente verde, que impede a luz de passar.
Na hora que o sinal acende, só é possível ver o formato da folha.
Quando o sinal de trânsito abre para os carros, motoristas têm uma surpresa: no lugar da luz verde, aparece a imagem de uma folha de maconha.
Duas pichações foram descobertas no início do ano e outras quatro, agora.
Já pensou se essa moda pega aqui em Manaus?
Maconheiros vão desenhar folhas de maconha.
Evangélicos vão escrever “Jesus Te Ama”.
Flamenguistas vão colar um decalque de urubu.
Os gays vão pintar um arco-íris.
Eu vou escrever Rosa em todos os sinais da cidade.
Para quando meu amor passar o semáforo avisar.
Piscando, no verde, vermelho e amarelo.
Rosa.
Share:

A Marta Suplicy é a nova vitima do denuncismo da imprensa


Ano que vem tem eleição para a prefeitura de São Paulo, a maior cidade da America latina.
Se o PSDB perde o controle de São Paulo a começar pela capital paulista, o partido implode definitivamente.
Isso não é saudável para a democracia porque o PT ficaria hegemônico.
Toda democracia precisa de oposição, precisa de forças se opondo.
Por outro lado, o PSDB não tem projeto de governo.
Ele está se mantendo as custas da sua relação com a grande imprensa.
Eles não têm projeto para o Brasil e nem sequer para São Paulo, seu território.
É o governo de São Paulo tucano quem banca a sobrevivência financeira e ideológica da Rede Globo, da Folha de São Paulo, da Veja e outros.
Quando a chamada grande imprensa de um país trabalha ideologicamente movida pelas suas necessidades financeiras, a arma mais usada é o denuncismos focado contra os adversários.
Corrupção existe em todos os governos.
Inclusive o de São Paulo.
Mas o alvo é só o governo Dilma.
Antes era o do Lula.
Agora mais do que nunca por causa da eleição para a prefeitura de São Paulo, vital para o PSDB e seus amigos da imprensa.
Ainda vamos ver a Rede Globo, a Folha de São Paulo e a Veja atuarem como o “baluarte da democracia” protegendo os “cidadãos de bem dessa horda de miseráveis corruptos do PT que querem acabar com os nossos colegas do PSDB”.
Mesmo que a Policia Federal esteja prendendo corruptos todo santo dia e seja controlada pelo governo Dilma.
O que estamos vendo na grande imprensa é uma briga ideológica, financeira e partidária.
A corrupção de fato agradece pela cortina de fumaça.
E pouco importa se o Brasil esteja vivendo o melhor período econômico da sua história quando cidadãos que nunca tiveram chance na vida estão conseguindo planejar algum futuro.
Para essa imprensa que virou a única oposição o que importa é o caos.
O Caos da Corrupção é o caos da vez.
Share:

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

“A Serbian Film” é um filme nojento, mas tem quem goste


Baixei da internet vi o filme.
Quem quiser eu tenho copias.
Mas é nojento.
E necessário.
Não é violência por violência.
Ele não é banal.
Só nojento.
O filme voltou a ser proibido no Brasil.
O filme está uma novela de proibe, libera, libera, proibe.
Na noite desta terça-feira, a Justiça Federal de Belo Horizonte atendeu o pedido feito pelo Ministério Público Federal em ação cautelar e concedeu uma liminar proibindo a exibição do longa sérvio em todo país.
Acusado de incitar a pedofilia, 'A Serbian film - Terror sem limites' fica sem classificação indicativa e está suspenso em todo o país.
Segundo o comunicado enviado pelo órgão, "o longa-metragem contém cenas que simulam a participação de recém-nascido em cena de sexo explícito ou pornográfica, além das que mostram sexo explícito, crueldade, elogio/banalização da violência, necrofilia, tortura, suicídio, mutilação, agressão".
Na última semana, o filme havia sido liberado em todo Brasil, à exceção do Rio de Janeiro , mesmo após ter a classificação indicativa instituída, o que é obrigatório para a liberação de qualquer filme em território nacional.
Quem quiser ver o filme pode baixar pelo torrent nesse endereço.
http://thepiratebay.org/search/a%20serbian%20film/0/7/200
Share:

A Rede Globo é o nosso Murdoch


O magnata da comunicação Rupert Murdoch está para o mundo como a família Marinho está para o Brasil.
Murdoch está sendo processado na Inglaterra e nos EUA por usar métodos criminosos para obtenção de noticias, que vão desde escuta telefônica até corrupção de autoridades policiais e políticas para obtenção de informações privilegiadas.
A única diferença é que lá existem regras contra monopólios.
Aqui não.
Aqui a Rede Globo controla 70% do mercado da televisão aberta.
E o pior, 70% da televisão a cabo que já atinge mais 10 milhões de assinantes – também está concentrado em apenas duas empresas, ambas vinculadas às Organizações Globo: a NET (em associação com a Telmex, mexicana) e a Sky (em associação com a DirecTV, americana).
É o que os especialistas chamam de “oligopólio convergente”.
E cinicamente vivem pregando contra monopólios.
No EUA e na Inglaterra, as empresas do Murdoch influenciam as pessoas politicamente.
A Fox americana pertence ao Murdoch.
A Fox é aparelho político do Partido Republicano e o que ele tem de mais extremista de direita.
Aqui no Brasil a grande imprensa comandada pela Rede Globo, Folha de São Paulo e a lamacenta revistinha Veja também pautam a política nacional.
Os métodos usados para fazer política ideológica e partidária por essa imprensa brasileira são os mesmos usados pelo Murdoch nos EUA e na Europa.
A nossa chamada grande imprensa tenta eleger seu candidato a presidência a cada eleição.
Se perde, vira oposição ao governo.
Lá o Murdoch está sendo processado e provavelmente vai ser preso por usar esses métodos criminosos de fazer jornalismo.
Aqui a imprensa não quer que tenha regras, chama de censura.
Toda profissão no Brasil tem regras, tem agencia ou órgão regulador.
A imprensa não.
O Brasil não merece a imprensa que tem.
Share:

A Norma da novela é a nova Amélia


As mulheres do nosso tempo devem estar com ódio da Norma da novela das oito da Rede Globo.
Que mulherzinha trouxa.
E olha que eu nem vejo novela.
Isso não é coisa pra macho.
Porem a patroa vê.
Vejo junto para estudo antropológico.
Noto que ainda tem mulher que acha que uma pimbada do belíssimo Leo, interpretado por Gabriel Braga Nunes, vale qualquer cafajestada.
Até o risco de ser morta para ser roubada.
A justificativa das mulheres que entendem a Norma é que tem gays que fazem isso todo santo dia quando pegam rapazes na rua e levam para suas casas.
Podem morrer nas mãos de um desconhecido só para ter prazer sexual obtido em sexo casual.
Então porque não correr esse risco também?
Noto que tem mulher que ainda cogita ser Amélia ou cadáver de Amélia se o varão valer à pena.
A lógica é simples.
Melhor morrer nas mãos de um gato do que viver uma vida longa com um barango.
Tem gasto pra tudo.
E gasto não se discute.
Né não?!
Share:

terça-feira, 9 de agosto de 2011

A Frida Kahlo, a Amy Winehouse e a Joelma


A psicanalista Aline Veiga escreveu recentemente um livro sobre Frida Kahlo(Frida Kahlo: um olhar sobre o sofrimento à luz da Psicanálise)
A vida de Frida foi marcada por tragédias pessoais, na infância contraiu poliomielite, doença que a deixou coxa.
Frida Kahlo começou a pintar aos 18 anos de idade, após sofrer um acidente onde o ônibus no qual viajava chocou-se com um Bonde. Nesse acidente uma barra de ferro atravessou sua bacia e saiu pela vagina e causou uma tripla fratura em sua coluna vertebral. Frida ficou vários meses acamada se recuperando de inúmeras cirurgias. É nesse período de recuperação que Frida Khalo começa a pintar, sua mãe pendura um espelho em cima de sua cama e seu pai, que gostava de pintar nas horas vagas, deu à ela seu material de pintura.
A Frida Kahlo tem uma história de dor física por causa da sua doença, mas mesmo assim pegou quase todos os homens e mulheres que quis.
Alem do fato de ser uma filha da revolução mexicana que a transformou na maior ativista política do seu tempo.
Ela era assumidamente bissexual.
Casada com Diego Rivera, genial artista plástico mexicano que aceitava seus relacionamentos com mulheres, mas nunca aceitou seus amantes masculinos.
Diego Rivera também tinha muitas amantes, inclusive Frida se separa do marido quando descobre seu relacionamento com sua irmã mais nova.
Ela não era nenhum padrão de beleza, tinha até bigode, mas na sua lista de amantes estão desde Jean-Paul Sartre e a mulher dele Simone de Beauvoir até o revolucionário Leon Trotsky, passando por Picasso e companhia limitada.
A arte e o amor são maiores que qualquer dor.
A Frida Kahlo viveu em excesso.
A psicanalista bem que podia escolher outra pessoa para falar de dor e sofrimento.
Uma pessoa mais dos tempos atuais.
O Amy Winehouse não serve.
Essa nem viveu, já que dizem que a vida começa aos trinta.
A cantora Joelma da Banda Calypso seria mais adequada para fazer um tratado sobre dor.
Repara a cara dela dançando calypso ao som da guitarra do Chimbinha.
É pura dor.
Share:

Sexo solitário na internet atrapalha no real


Masturbação ainda é tabu para alguns.
Tem gente que nega que se masturba.
Mulher então.
Morre negando, nem sob tortura confessa que toca siririca.
Mesmo que até médicos digam que é saudável se masturbar.
Porem, especialistas afirmam que se masturbar com o auxilio de estímulos na internet é prejudicial para a saúde sexual.
Ver pornografia na internet pode ser o caminho mais rápido para ficar impotente.
É isso que aponta uma reportagem da revista "Psychology Today", publicada recentemente.
Para fazer a afirmação, a publicação se baseia no estudo do urologista italiano Carlo Foresta, da Universidade de Pádua.
Segundo a pesquisa, nada menos que 70% dos jovens do sexo masculino que procuram tratamento para problemas de performance sexual admitiram ver pornografia na internet de forma habitual.
Eles não conseguem ter ereção quando estão com uma mulher de verdade, mesmo não tendo nenhum problema físico, mas se masturbam normalmente com estímulos que encontram em sites pornográficos.
Como, comprovadamente, a masturbação sozinha não causa o problema, os pesquisadores apontaram que ele estaria mesmo relacionado ao uso excessivo do material encontrado na internet e da necessidade de ver situações cada vez mais extremas para se excitar.
Segundo a revista, o problema atinge todas as culturas, classes sociais e níveis de educação.
O problema é reversível, tem cura.
Afinal, o que seria da Dalila, a minha boneca inflável, se eu fosse levar a sério essas pesquisas.
Share:

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

A lenda do bôto na faixa de pedestre


Ontem em frente ao Amazonas shopping quase fui esmagado por um playboy que vinha em seu automóvel reluzente no pau.
Passei na faixa pintada de vermelho que significa parada obrigatória se um pedestre estiver atravessando.
Mas como fui nascido e criado na época dura da ditadura e nunca olhar para os lados é demais, foi o que me salvou do esmagamento.
O mala tirou tinta da minha lataria.
E ainda me deu o maior esporro me xingando de “tiozinho cego”.
Ainda estamos longe da noção que as pessoas valem mais que carros.
Enquanto a mais bonita da festa der pro cara do carro mais bonito, a faixa para pedestres vai ser só enfeite.
Isso é uma questão cultural.
Caboquinhos querendo ser ingleses dentro dos seus carros reluzentes são um perigo para os caboquinhos pedestres.
Em Manaus as calçadas são para carros, quando existem elas viram estacionamento.
E ai do pedestre se não sair rápido dela quando um boçal vai estacionar.
Os Beatles não fariam essa foto aqui em Manaus jamais.
Share:
Tecnologia do Blogger.

OCUPE REDE GLOBO

Loading...

Pesquisar este blog

Veja meu site profissional

Veja meu site profissional
Jorge Laborda é um cara metido a designer, escritor e a ser humano.

Blogs que vale conferir

Arquivo do blog

Definition List

Contact

Support