Um blog de crônicas da Barelândia para o mundo!

BTemplates.com

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Bandidos usam helicóptero para invasão em Manaus


O juiz da Vara Especializada em Meio Ambiente e Questões Agrárias, Jorsenildo Dourado, determinou, no último dia 25º, o cumprimento à reintegração de posse em uma área no Tarumã, Zona Oeste de Manaus, à Procuradoria Regional Eleitoral (PRE-AM), para a apuração de “possível violação da legislação eleitoral brasileira” por parte do deputado federal Sabino Castelo Branco (PTB).
Após a chegada de Sabino a APA acompanhado de um cinegrafista e um repórter, os invasores, que até então estavam em processo de negociação com a polícia para deixarem a área, se rebelaram, ateando fogo em uma barricada, o que demandou nova ação policial para controlar a situação no local.
Espia só se isso não é coisa de bandido.
Manaus é um feudo onde uma gang política está no poder cometendo crimes a vinte e cinco anos mais ou menos.
O entra e sai do mesmo grupo virou rotina há um quarto de século.
As brigas são por divisão de produtos resultado do espolio publico.
O Amazonas é a casa da Mãe Joana.
O golpe do narco apresentador de televisão de programas baratos, assistencialistas, de quinta categoria, que exploram a miséria humana e a violência para narcotizar a consciência cidadã, virou trampolim político para um bando de canalhas.
Existe uma bancada dos apresentadores de televisão que ocupa quase metade das cadeiras na câmara.
E vão se espalhando pelas esferas do poder.
Como tentáculos de uma mesma rede.
Esse poder da mídia dá a essas pessoas uma sensação incrível de impunidade.
Tanto que alguns são envolvidos com grupos de extermínio e vários já foram condenados.
Esses grupos de extermínio ainda estão atuando livres.
A invasão do deputado Sabino chegando de helicóptero de uma forma espetaculosa e espalhafatosa em uma invasão ilegal como todas são, em um claro desrespeito a ordem judicial de desocupação da área, deixa claro o desprezo que o deputado tem pela legalidade.
Parece invasão de bandido em morro.
Alegando imunidade parlamentar e pousando de forma ilegal em área inadequada, para mais uma palhaçada eleitoreira.
E a gente vendo esse circo pegar fogo.
Share:

quarta-feira, 29 de junho de 2011

A Lenda do Pau Grande


Todo mito começa pelo começo.
Toda mulher gosta de pau grande.
Mas casa com pau pequeno.
E morre dizendo que tanto faz como tanto fez.
Que não faz diferença.
Mas na primeira briga o que ela vai dizer no auge da gritaria é o tanto que teu pau é pequeno.
Todo homem adoraria ter um pau maior do que tem.
Por isso a mulher vai na ferida quando quer magoar.
A propaganda mais enganosa é a lenda do pau grande.
Por isso todo homem do pau pequeno quer gloria, fama, poder, carro grande e músculos.
O certo é que a mulher não vive só de músculos voluntários ou involuntários.
Talvez o único músculo que realmente conta na hora do vamos ver é o coração.
Isso supondo que coração seja músculo.
E que a mulher em questão seja a que eu amo.
E que o amor seja realmente cego.
Share:

Anarco militancia anal


Essa mania de querer ser do contra está virando patologia.
Todo o meu corpo se retrai como uma mola quando sou colocado contra a parede.
Tente me obrigar a fazer o que eu não quero e você vai logo ver o que acontece.
Alguém disse “Todo aquele que ousar colocar suas mãos sobre mim para me dominar, é um tirano, um usurpador, e eu o declaro MEU INIMIGO!!!!”.
Comigo é desse jeitinho.
Só que não dá pra levar isso a toda a extensão do universo e do meu corpo.
Tenho que fazer o primeiro check up médico da minha vida de cinqüentão.
Nunca fui a médico.
Há exatos cinqüenta anos que levo uma vida de extremos.
Nada saudáveis, nada regulares, nada próprios para menores.
Esses exames médicos vão de fezes a próstata.
E isso está me tirando o sono.
Aproveito para não dormir mesmo.
Detesto dormir.
O problema é que pra fazer exame de fezes preciso de fezes.
O meu intestino é uma das poucas coisas regulares da minha vida.
Só porque tenho que fazer a porra dos exames ele se trancou.
Pode?
O toba fechou porque se viu obrigado.
Isso que chamo de anarco militância anal.
Eu hein!
Share:

Do cocix até o pescoço


Com o passar dos anos, as pessoas são inexoravelmente invadidas por todos os tipos de angústias, culpas, medos e ansiedades.
Culpa judaico cristã por ter pensando um dia em comer a própria irmã gostosa que dava pra rua toda.
Culpa mulçumana por ter comido ou dado pra rua toda.
Culpa budista por não ter comido carne mijada e ter ficado no rabanete por ser vegetariano.
Culpa por ser um socialista cansado que acreditou no grão mestre Arnaldo Jabour que apregoa não mais existir nem direita nem esquerda e sim um mundo que chuta com as duas o boga dos outros.
Culpa por ser um capitalista selvagem radical de centro direita que odeia o Lula e tem como bíblia a vestal das verdades, a Revista Veja ( Ooooohhh revistinha... ) e ser assíduo telespectador do Jornal Nacional com suas verdades mutáveis.
Culpa por ter enchido de porrada a própria boneca inflável, companheira de tantas noites insones, e a pior de todas as culpas, não ir ao médico fazer os exames necessários que a idade avançada pede, depois de tantos anos sendo invadido por tsunamis diários de cerveja, cigarro e drogas menos licitas.
Só de pensar em fazer exame de toque para detectar possível problema de próstata, tem caboco que dá xilique.
O meu amigo Simão Pessoa, por exemplo, declarou que prefere mil vezes o câncer.
Eu também.
Aprisionado por esse oceano de medo, culpa, ansiedade e angustia lacaniana, o ser humano avança no tempo, abrigando entre o cócix e o pescoço, uma enorme quantidade de lombrigas convivendo harmonicamente.
E por medo de fazer exames médicos, para não detectar possíveis danos irreparáveis na estrutura, depois de anos de abusos, prefere acreditar que a dor que sente pelas corrosões e beliscadas na parede do intestino provocada por amebas, seja um câncer irreversível, uma punição por ter comido ou dado pra tanta gente ou coisa.
E que aquela dor na boca do boga seguida de sangramento, provocada por oxiúrus, seja um tremendo câncer terminal.
Como diz o caboco, filho de pobre come o que dá e o que recebe também, mingau quente a gente vai soprando e comendo pela beira, lombriga, medo e anus todo mundo tem e quem não tem chifre é porque algum paraense roubou.
Nesses tempos bicudos onde adquire-se atestado de sanidade mental no bar do Armando, o lance é ir andando com o toba colado na parede, lendo um letreiro com néon e tudo, piscando, dizendo “Eu não comi ninguém, mas também ninguém me comeu”.
Share:

terça-feira, 28 de junho de 2011

Friaca manauara na parada esquema me engana que eu gosto

Essa época do ano quando entra o inverno no hemisfério sul ele dá uma passadinha por Manaus.
Passadinhaaa.
Durante dois dias ou três no máximo a temperatura cai bastante para os padrões infernais da região.
Por conta da umidade a sensação térmica aumenta o frio.
Mas é só um me engana que eu gosto.
Logo em seguida entra o mês de julho e o verão abrasador, úmido e melado volta com toda força.
E fica até fim de setembro queimando o juízo e melando os ovos.
Mas ai o Rio Negro começa a dar praia.
O lance é não trabalhar esse restinho de ano.
Share:

A opinião é resultado de propaganda enganosa


Viver é como deslumbrar a ponta de um iceberg.
O que se apresenta não é nem parte da realidade.
Às vezes nem faz parte dela.
Todos os jornais, todas as televisões, todas as revistas mentem.
Está decretado o fim da Era de Gutemberg.
A imprensa morreu da forma em que ela foi conhecida até hoje.
Todas as empresas de comunicação tem interesse financeiro em primeiro lugar.
A verdade dos fatos vem em ultimo.
Só vai resistir mais uns 10 anos aquelas que mantiverem algum padrão de credibilidade.
Já que não dá pra falar a verdade o tempo todo devido aos compromissos com a mentira.
Depois dá invenção da internet o conceito de noticia virou de ponta cabeça.
Por isso a luta feroz dos grandes veículos de comunicação em querer dominar, pautar e até censurar a internet.
A liberdade de expressão da rede está derrubando mitos.
Hoje as pessoas estão aprendendo a interpretar o que lêem nos jornalões.
Ninguém mais acredita neles.
Por isso eles se empenham tanto em desacreditar o resto da sociedade.
Chamar tudo e a todos de corrupto.
Com uma ligeireza voraz.
Por isso acusar toda uma instituição ou uma classe de serem todos corruptos.
É tipo ladrão que precisa acusar o mundo de ladrão pra se justificar.
Por isso a imprensa insiste em não querer ter um orgão fiscalizador como toda profissão tem.
A imprensa e a propaganda enganosa é o ultimo poder que precisa ser limpo para se ter uma democracia madura.
E isso só se faz pelo uso do controle remoto.
Ou cancelamento de assinatura.
É pelo bolso que a sociedade se livra dessa gente.
Assim como político corrupto se muda pelo voto.
Share:

Infelizmente o boi acabou. Não tem mais nada pra fazer até o natal


Com o fim do boi acabam-se as festas paradisíacas.
Dizem no Brasil que o ano começa depois do carnaval.
Aqui em Manaus começa depois do boi de Parintins.
A cidade nesse período fica calma e com transito parecendo algo civilizado.
Terminando o boi recomeça o caos normal.
A cidade volta a ter um transito pavoroso.
Junto com o saboroso verão amazônico.
Aquele que cola o boga.
Que faz a gente soltar palavrão a cada passo.
Essa época do ano a única e ultima solução das pessoas que habitam essa parte do globo onde não deveria mora gente é se enfurnar em um shopping.
E esperar as liquidação de natal chegar.
Depois do natal.
Share:

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Vai sair a Marcha do Hacker Bundão


Hacker é anarquista por definição.
O hacker não tem partido, não tem matiz político, não tem ideologia que não seja a anarquia no melhor e mais amplo sentido da palavra.
Por isso se posiciona sempre contrário as grandes corporações mundiais, ao governo imperialista americano e ao sistema financeiro mundial.
Fora isso não entra em disputa político partidária.
Aqui na Brasil que alguns pretensos “hackers” invadem sites governamentais que sequer tem nível de segurança desafiador e se acha.
Com claro matiz político, lembra muito os ataques da classe média paulista quando perdeu as eleições para um governo que eles acusam de nordestinos cabeças chatas.
Esse ataques partem das escolas superiores fundeadas dentro das universidades paulistas.
E trazem consigo todo o seu preconceito político, partidário e social.
Esses orelhas secas não são hackers porra nenhuma.
Para ser hacker é necessário estudar muito.
E esses orelhas secas evidentemente não estudaram tanto.
São só arruaceiros cibernéticos da elite paulista desocupada.
Preconceituosa, conservadora, udenista, que prega slogans contra a corrupção alheia, mas não olha as suas.
E agora querem fazer a Marcha do Hacker Bundão.
Com o apoio da Rede Globo, da Folha de São Paulo e da lamacenta revistinha Veja.
Todas defensoras do projeto “Brasil para os paulistas”.
Share:

domingo, 26 de junho de 2011

Parada Gay, Marcha da Liberdade e a Marcha do Milhão para Jesus vão dar o tom da eleição


O verdismos está inexoravelmente atolado no que resta do neoliberalismo.
O verdismo virou bico de neoliberais desempregados.
Não tendo mais nada a fazer, viraram ambientalistas paraquedistas.
O verdismo foi arrastado pela Marina Silva para os cafundós do atraso pré darwiniano quando se mistura a posições religiosas retrogradas.
O discurso anti aborto, anti maconha, anti gay evangélico está na esteira da Marina Silva.
Está colado nela.
E nela está colado o verdismo.
Ou seja.
O supra sumo da calhordice da direita e seus valores medievais se fundiu com o verdismo.
E nem adianta tentar se decolar disso.
De um lado tem o marinismo evangélico, o serrimos anti aborto e os Ambientalistas Criados em Cativeiro com seu entreguismo neoliberal.
Se essas forças se reconhecem aliadas no mesmo flanco, serão uma força de votos quase imbatível contra o governo do PT.
Se essas forças se unem e ganham, o Brasil será jogado numa cadeia de atrasos espetaculares.
Quem vai decantar o processo eleitoral do ano que vem são essas forças que saíram das marchas.
O voto da maconha, o voto gay e o voto evangélico que envergonha Jesus decidiram o futuro do Brasil.
Share:

Manaus está mara. Quem dera se a histeria bovina ficasse para sempre em Parintins


O ar em Manaus fica bem melhor sem tanto carro nas ruas.
Na época da histeria bovina a cidade fica mais suportável.
Dá até para passear de carro como todo bom burguês.
A cidade fica com cara mais civilizada.
Também tem a influencia das férias escolares.
Isso deixa claro que as escolas deveriam ser internatos no interior do estado.
Todas as mães e crianças com seus carros iriam morar pra lá.
Já pensou?
A cidade todo tempo assim.
Tomara que tenha prorrogação no boi.
Mais uma semana sem transito louco seria excelente.
Falando em boi.
Vi uma foto no jornal de uma mulher ao lado do Omar Aziz.
Ela parece que estava acariciando um boi branco.
Ela é a cara do coringa.
Espia só.
Share:

SP: Hoje tem Parada Gay, Corinthians e São Paulo


A organização da Parada Gay, que começa na manhã deste domingo, teme que haja confronto entre os manifestantes e as torcidas organizadas de Corinthians e São Paulo. Os dois times jogam no Pacaembu, a cerca de um quilômetros da av. Paulista, onde ocorrerá a parada.
Futebol é um meio classicamente homofobico.
A primeira coisa que vem na boca de um torcedor em turba para xingar um adversário é “bicha, bicha, bicha!”.
A segunda é filho da puta.
Torcedor do São Paulo é chamado de bambi pelos torcedores de outros times.
Vai ser uma show de pancadaria hoje.
Os corinthianos vão botar os bambis pra correr.
Os bambis vão correr para a Paulista onde tem a Parada Gay.
Os gays vão sentar o cacete nos bambis em correria.
Eles vão voltar correndo para onde vieram.
Os corinthianos galerosos do jeito que são já vai está tudo armado de faca, paus e pedras.
Vão escalpelar os bambis.
Melhor os bambis irem para a Parada Gay direto.
Já que eles tem fama de serem bambis mesmo.
Parada Gay é muiiiiito mais divertido que futebol.
E o São Paulo vai dar uma surra no Corinthians mesmo.
Melhor ir comemorar logo na Paulista.
Né não?!
Share:

sábado, 25 de junho de 2011

Pesquisa afirma que mulher tem radar para gay


Uma pesquisa feita por psicólogos da Universidade de Toronto sugere que as mulheres têm um radar para gays e podem saber a sexualidade de um homem só de olhar para ele.
Será?
O estudo diz ainda que o instinto fica mais forte em períodos férteis ou quando a mulher em questão está a fim de um romance.
Tudo relacionado ao impulso de ter filhos, segundo a pesquisa.
Em um experimento, 80 fotos de homens com a mesma expressão facial foram mostradas a 40 mulheres heterossexuais, que souberam apontar exatamente quem era heterossexual ou gay. Em um teste similar com fotos de mulheres, o grupo não soube dizer a diferença.
Os pesquisadores então compararam os resultados ao ciclo menstrual de cada mulher e descobriram que o 'gaydar' era mais forte nos períodos férteis, o que sugere a influência dos hormônios na escolha de possíveis pretendentes.
Só acho que o calor que faz em Manaus deve dificultar o uso desse gaydar.
Há algum tempo atrás virou moda mulher pegar gay.
Era moderninho.
Algumas bibas amigas viraram bibas no modismo do desbunde dos anos 70 e 80.
E não pararam mais.
Agora depois de velhas e frouxas andam tendo recaídas românticas com mulheres.
Só que para mulheres de hoje a moda é homem macho.
Bom pegador, romântico e canalha tudo junto.
Porem esse faro para bibas dessa pesquisa deve falhar por aqui.
O que conheço de amigas casadas com bibas disfarçadas daria pra encher uma canoa.
Biba quando quer disfarça muito bem.
Ninguém consegue imitar um bofe tão bem quanto uma biba.
Faz jiu jitsu e tudo.
O armário está até o tucupi... mano véio.
Share:

O verdismo virou bico para neoliberal desempregado


O pulo do gato da teoria neoliberal é a desconstrução da noção de país, de nação, de pátria e das fronteiras.
A dos outros, claro.
Isso para permitir o fluxo de capital na chicana financeira que acabou quebrando o mundo todo.
Era a abertura do toba alheio.
Para isso eles contavam com empolgados doutores tupiniquins que foram estudar em Harvard para aprender como se abre um toba bem aberto.
Nessa leva veio de lá o FHC, Malan, e de coleirinha para fazer caixa o Daniel Dantas.
Todos doutores.
Os verdes herdaram do neoliberalismo esse entreguismo mundial.
Uma variação banal da Teoria da Dependência.
O conto do vigário que diz que o livre fluxo sem a interferência do estado é muito legal.
Tipo assim, deixa para as ONGs os problemas brasileiros.
Como a questão indígena, a questão ambiental, a Amazônia e etc.
Só esquecendo que nós votamos em presidentes não em diretores de ONGs.
Presidente a gente tira no voto.
ONGs a gente nem sabe direito a fonte da grana ou quem é o patrão.
A falência da ideologia neoliberal não inibiu seus devotos no Brasil.
A privataria ainda é moda na boca da Rede Globo e seus aliados na elite empresarial paulista e moradores de Higienopolis.
O verdismo fake da Rede Globo e seus atores moderninhos lembram de longe o verdismo da Alemanha.
Lá o verde é o oposto do vermelho.
Um governo de matiz vermelho como o da Dilma que tem suas origens no trabalhismo, nos sindicatos e nas classes populares é visto pelos verdes como uma ideologia que promove o “desenvolvimento”.
“Desenvolvimento” para os verdes só se for na Europa onde geralmente eles moram ou sonham morar.
Aqui no Brasil é sinônimo de devastação.
Então melhor deixar os doutores de lá cuidar da Amazônia.
Por isso que o universo do Ambientalismo Criado em Cativeiro virou o ultimo reduto dos neoliberais desempregados do mundo.
Daí a idéia maravilhosa que nacionalismo, patriotismo e desenvolvimento são coisas destrutivas e sinônimo de atraso intelectual.
A ideologia verde e a neoliberal é a mesma.
Afolotar o toba alheio.
Share:

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Praga bovina não pega


Cada qual com seu cada qual.
Cú, time e dilema cada um tem o seu.
Quem não gosta de boi odeia.
Quem gosta deve estar em Parintins em plena histeria bovina.
Vestido de azul ou vermelho.
Se acabando embaixo do sol maaara de 50 graus na sombra.
Dançando e cantando a pleno pulmões “êhh boi êhh boi é boi bumbá”.
E o sol maaara.
Lá pelas duas da tarde quando a fome e a sede começam a bater juntinhas é que o caboco se lembra que é humano.
É quando ele se dirige a uma bodega e pede água.
Cabô, a resposta do entediado taberneiro com olhar sádico.
E completa, “só tem cerveja e cachaça, serve?”.
Ai você pede uma cerveja porque é melhor.
E pergunta “tem o que comer”.
O taberneiro mais entediado ainda e mais sádico que nunca “tem mais cabô.. mas vai chegar”.
Ai é melhor cair no samba... opa...no boi.
E rezar que tenha água ao menos para tomar banho no barco onde você armou sua redinha de macaco.
A volta de barco que é uma delicia.
Sem água que preste, sem comida, sem perdão, liso e o boi do coração perdeu.
E o cozinheiro biba do barco, desocupado, cantando a musica do boi dele que ganhou.
E você na sua redinha de macaco cheirando peido de um monte de cachaceiros de ressaca enfurnados nas suas redinhas de macaco.
Isso se você não for “colega” das autoridades que vão pro boi de jatinho com nosso dinheirinho.
Share:

Arruaceiros digitais invadem sites do governo e a imprensa garante os dias de gloria


Quem anda invadindo os sites do governo brasileiro são idiotas arruaceiros.
Primeiro porque são sites abertos com informações abertas com níveis de segurança mediano.
Qualquer cabeça de bagre invadiria.
Precisa ser reavaliado o nível dessa segurança.
Não porque tenha algo a esconder.
Mas para que imbecis que são contra o governo dos cabeças chatas nordestinos que elegeram a Dilma não fiquem invadindo para provocar mais uma crise para deleite da imprensa golpista.
A Rede Globo, a Folha de São Paulo e a lamacenta revistinha Veja garantem os dias de fama para esses pretensos hackers.
O que essa imprensa anda fazendo garantindo publicidade para quem comete crime cibernético é crime também.
A chamada grande imprensa não só dá a noticia como também trata os arruaceiros cibernéticos como heróis.
Afinal para fazer oposição a esse governo eleito por nordestino cabeça chata vale até cometer crimes.
Nos jornais se lê com muito mais destaque a versão e as razões dos criminosos.
A nova crise do PIG (Partido da Imprensa Golpista) já tem nome.
Depois do Apagão Aéreo reiventado todo ano, do Caos Inflacionário que era só praga da urubóloga Miriam Leitão, depois do Caos Palloci que ficou rico em país capitalista, agora vem o Caos da Invasão.
Vai ser mais um mês de matéria enguiçada na imprensa.
De manhã de tarde e de noite vai ser isso.
Aguardem.
Share:

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Hackers brasileiros não são anarquistas, são da direita


Os ataques que os sites do governo brasileiro vem sofrendo e a forma com que as noticias vazam para os jornalões parece coisa de quem tem posicionamento político contrario ao do Governo Dilma.
Parece coisa da oposição.
A Rede Globo e a Folha de São Paulo noticiam como se estivessem torcendo pelos hackers.
Noticiam suas ações e até exibem vídeos que exibe uma mensagem que incita os usuários de internet a participarem dos ataques a sites ligados ao governo brasileiro.
Esquecendo que estão ajudando em atos criminosos veiculando mensagens de criminosos.
Mas para fazer oposição pode até cometer crimes.
O que importa é desestabilizar esse governo eleito por esse bando de nordestinos cabeças chatas.
Esse grupo que está fazendo ataques aos sites do governo brasileiro não se pode chamar de hackers.
Os hackers são anarquistas por definição.
Esse grupo que está atacando tem matiz político.
Tem posição.
Pode mesmo está trabalhando por encomenda.
Publicidade na mídia eles tem de graça.
Esse grupo se diz a facção brasileira do LulzSec (Lulz Security) que chamou a atenção mundial pela primeira vez há dois meses, com a invasão da rede on-line do PlayStation, da Sony, e o vazamento dos dados de milhões de usuários.
O game, de alcance global, passou dias fora do ar.
Na semana passada, o grupo assumiu um ataque ao site da CIA.
Anteontem, o FBI invadiu e confiscou equipamentos de um servidor de internet no Estado de Virgínia, parte de uma investigação dos membros do LulzSec realizada junto com a própria CIA e agências europeias, segundo o "New York Times". Um membro do LulzSec foi preso no Reino Unido.
O LulzSec começou com brincadeiras on-line, até realizar uma série de ataques em defesa do WikiLeaks, em dezembro do ano passado.
Conseguiu afetar a operação de sites globais como Visa, MasterCard e PayPal, por terem suspendido contas da organização de Julian Assange, que expôs segredos americanos.
A diferença está nos objetivos do ataque.
O grupo visa grandes corporações mundiais e sites do governo americano que investigam pessoas do mundo todo.
Isso seria uma retaliação a esse poderio americano.
Já esse bando de bunda mole que se dizem hackers que estão atacando sites do governo brasileiro tem cunho político partidário.
Não são hackers porra nenhuma.
E a grande imprensa está dando voz a criminosos e por isso comete crime também.
Share:

A Primavera do Medo


Estamos vivendo a era das proibições.
Todo dia leio em algum jornal ou vejo na TV algum idiota sugerindo uma proibição nova.
Como se fazer leis proibitivas fosse a solução final para todas as “inseguranças” do homem e da sociedade moderna.
Em nome do sono tranqüilo de meia dúzia de caretas, covardes, burgueses, chatos, burocratas, republicanos de direita, proíbe-se qualquer coisa que venha ameaçar a falsa segurança dessa elite bunda mole.
Nos anos 60 e começo dos 70 vivemos a Primavera de Praga, período em que o mundo todo lutava por liberdades civis, tais como o fim do racismo, das ditaduras militares, ditaduras políticas, pelo direito das mulheres de votar e participar ativamente das decisões da sociedade organizada e até de gozar, pela liberdade de expressão e respeito às diferenças, época em que surgiu o maravilhoso movimento Flower Power, ou o movimento hippie, onde a palavra de ordem era liberdade e a frase “É proibido proibir” escrita nos muros da França pelos estudantes que faziam movimentos civis, ouvindo um bom rock no fundo, incentivaram gerações a dar valor à liberdade, parece que tudo isso, todo esse esforço, foi jogado fora. Os jovens de hoje não se rebelam, se curvam, aceitam e até concordam com essa balela de proibir.
Hoje assistimos de longe a Primavera Árabe em busca de liberdades democráticas, enquanto a nossa sociedade ocidental vai na contra mão, a toda hora vendo avanço do discurso da direita se aproveitando do 11 de setembro e da queda das Torres Gêmeas para semear o medo e em nome disso inventar leis proibitivas.
É mais cômodo proibir do que educar.
Proibir aumenta o poder do Estado e alimenta a indústria da corrupção, dá mais dinheiro com multas ou o guaranazinho dos guardas.
Ao invés de ensinar ou punir de verdade quem burla a lei, melhor tirar uma grana dos otários e soltar.
Alcoólatra e pedestre que sou, estou indignado com essa porra dessa lei do bafão, a tal da Lei Seca.
Nêgo continua atropelando, matando, vai preso por um dia, sai e se quiser volta a dirigir.
O certo seria punir severamente quem infringe a lei, de políticos corruptos, empresários que mamam no nosso dinheiro, juízes calhordas e motoristas homicidas.
Todos deveriam ser severamente punidos.
Não o pobre coitado do alcoólatra pedestre, como eu.
Por conta dessa lei, meus amigos pinguços que tem carro andam com medo de sair e biritar. Medo de pagar R$ 900,00 de multa e perder a carteira, mesmo sem atropelar velhinha, cachorro, gato ou periquitos. Ou pior, ser achacado por policiais militares que vão te dar uma dura, uma lição de moral, e depois exigir um guaranazinho de 300 contos.
Se bem que parece que pode pagar em “três vez”, como diz o guarda.
Tanto que eu vinha com um amigo que tem carro e não se acovarda com essas chantagens baratas do Estado, quando de repente uma blitz na frente.
Ele vinha fumando um baseado com uma mão e na outra uma latinha de cerveja, o volante parece que tava entregue as patas.
O maluco jogou fora a lata de cerveja sem o guarda ver, mas o baseado ele se esqueceu de jogar.
Quando chegamos à blitz o guarda gritou pra gente “passa, passa... mané... essas porras só têm um baseado”... disse o guarda olhando pro sargento.
Fomos pra outro bar comemorar o fim da proibição da maconha, bebendo cerveja.
É muita proibição pra uma policia só.
Share:

terça-feira, 21 de junho de 2011

Manual Contra Encosto Sandy Winehouse vai ajudar os pobres diabos


O manual ansiosamente esperado que vai ajudar os pobres miseráveis que convivem com encostos que se auto intitulam bipolares está para sair da gráfica.
A grande dificuldade dos compiladores do manual passa exatamente por essa mazela que é esse convívio.
Está na moda dizer que qualquer mudança de humor é coisa de bipolar.
Não existe charme nenhum em ser bipolar.
Quem é bipolar sabe disso.
Mas por falta de vocabulário, qualquer arremedo de tristeza é confundido com depressão e para ser misturado a bipolaridade é um passo.
Conviver com uma criatura dessas que muda de humor a cada atualizada do Facebook é dose.
Acordar com a Sandy e dormir com a Amy Winehouse mata qualquer um de susto.
É o mesmo que morar no Prosamim quando chove.
A criatura desce na Marcha para Jesus e sobe na Marcha da Maconha
É um inferno essa gangorra.
Você nunca sabe o que esperar.
Se um beijo ou um tôco.
Viver com uma mulher desta é para pessoa que ama levar a vida passeando pela beira do abismo acreditando que viver é estar sempre no olho do furacão.
Não é para trouxas não maluco.
Às vezes dá vontade de ralar o peito, cair fora.
O Manual Contra Encosto Sandy Winehouse veio exatamente para ajudar esses pobres diabos que vivem esse dilema.
Amar e odiar esse anjo e demônio.
O manual está para sair da gráfica.
É pago e vai ser distribuído impresso e em formato e-book.
Para quem conheceu a criatura aqui no Facebook, o manual é grátis.
Mas tem que provar.
Share:

A corrupção paulista que a imprensa esconde não se chama mensalão


A chamada grande imprensa brasileira tem dono, tem ideologia, tem interesses econômicos e é monopolista.
Todo cidadão brasileiro sabe que durante ano de eleição para presidente do Brasil, a grande imprensa descaradamente trabalha como cabo eleitoral para seu candidato.
A elite brasileira centralizada no grande capital empresarial de São Paulo controla os meios de comunicação de massa do Brasil.
A Rede Globo da família Marinho, a Folha d São Paulo da família Frias, a lamacenta dejeto de maré baixa revistinha Veja da Editora Abril da família Civita e mais algumas famílias de latifundiários e descendentes da elite brasileira, controlam todas as grandes empresas de comunicação.
Fica cada vez mais nítido para o brasileiro de que lado essa imprensa está.
A elite paulista tem partido.
Ela é PSDB paulista.
Quando a Policia Federal descobre redes de corrupção no Estado de São Paulo dentro do próprio governo paulista, vem o governador Geraldo Alckimin nos grandes canais de televisão dar uma desculpa com cara de ofendido com os corruptos do seu governo, que ele pôs lá, são secretários dele.
A grande imprensa dá espaço para o tucanato paulista explicar o inexplicável.
E o governador sai de vitima na história.
A imprensa de novo age como cabo eleitoral.
Afinal o governo paulista é quem mais dá grana para essas empresas.
Se fosse em governo petista, a imprensa ia dar nome de pentelhão, de periquitão, de salarião, iam fazer um alvoroço que ia acabar no colo da Dilma, já que o Lula não está mais na fita.
Essa imprensa acha que todo mundo é trouxa.
O Brasil não merece a imprensa que tem.
Share:

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Feios foram expulsos do site só para bonitos. Sacanagem pô!


O site beautifulpeople.com é um site especializado em cadastrar só pessoas bonitas para relacionamentos.
Um vírus apelidado de Shrek permitiu que feios se cadastrassem no site.
Cerca de 30 mil internautas aproveitaram a brecha e fizeram o cadastro no site.
Com o Shrek qualquer um, independentemente do visual, pôde frequentar o clube privé na web.
A direção do site conseguiu contornar o problema e pediu desculpas aos novos associados que não atendem ao critério exigidos.
Os feios foram banidos.
"Ficamos desconfiados quando dezenas de milhares de novos membros foram aceitos, muitos dos quais não eram exatamente uma pintura", declarou Greg Hodge, gerente do site.
Mas ele garante que a exclusão foi feita de forma democrática:
"Reparamos o erro e pusemos todo novo membro no módulo de ranqueamento (de beleza) para o voto democrático. O resultado foi que perdemos 30 mil novos membros."
O país como maior índice de rejeição é o Reino Unido. Depois vêm Rússia e Polônia.
Já que os feios não tem vez, resolvemos fazer um site só para eles.
O site vai se chamar coisafofa.com, e será sumariamente proibida e entrada de gente bonita.
Nem adianta implorar.
Share:

Juiz descasa casal gay e o Gilmar Mendes que dar pinta


Começou o que já se sabia.
Juízes fazendo o que querem porque juiz faz o que quer no Brasil.
Vide Gilmar Mendes enquanto Presidente Supremo do Supremo Tribunal Federal, que foi trabalhar em um final de semana só para soltar o banqueiro Daniel Dantas, corrupto amigo dele e do FHC.
Foram dois habeas corpus em um só final de semana.
Agora espia só essa.
O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Goiânia, Jeronymo Pedro Villas Boas, contrariou a medida tomada pelo STF, que reconheceu a união homo afetiva como entidade familiar, e anulou de ofício (quando um juiz, sem ser provocado, toma o processo para si e decide) a união entre o estudante Odílio Torres e o jornalista Leo Mendes, de Goiânia, na sexta-feira. O casal recorreu ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), pois entendeu que o magistrado goiano agiu com preconceito.
O juiz Villas Boas entendeu que a decisão do STF é inconstitucional e que a modificação na Constituição para permitir a união de homo afetivos tem que ser feita pelo Congresso.
O Gilmar Mendes enquanto presidente do STF barrou todas as tentativas de mudança no código penal.
Só trabalhava para soltar banqueiro, ladrões e estupradores ricos.
Agora me aparece na capa do Globo como o defensor das bibas desamparadas desde pequeninho.
Que nem o FHC que enquanto presidente do Brasil não deixou passar nenhuma lei que mexesse no uso da maconha.
Agora dá até palestra como se maconheiro fosse.
O Gilmar manda essa no Globo.
Espia.
Gilmar Mendes disse que não sabia detalhes da decisão da Justiça de Goiás.
- Vamos aguardar. Certamente haverá alguma reclamação e aí, vai haver um posicionamento do tribunal sobre o assunto - afirmou Mendes, que participou de palestra sobre a reforma do Código de Processo Civil promovida nesta segunda-feira pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).
Ele adora empresários.
Ele adora aparecer na imprensa.
A Rede Globo o adora.
Afinal são da mesma trupe.
Talvez ele saia candidato de alguma coisa representado essa galerinha.
Tem cada uma que parece duas... Viu!
Share:

Manual Contra Encosto Sandy Winehouse


A palavra bipolar está na moda.
Mas não tem a menor graça ser bipolar.
Ou viver com uma pessoa bipolar.
Todo homem macho acha que mulher boa é mulher doida.
Que flutua entre ser anjo e demônio.
Acorda Sandy e dorme Amy Winehouse.
Mas vai viver com um infortúnio desses...vai!
É só susto, um atrás do outro
Para quem gosta de morar em montanha russa é uma delicia.
Mas se você não sabe viver sem esse tornado na sua vida, existe o Manual Contra Encosto Sandy Winehouse.
Mas é pago.
E ainda está sendo compilado.
Até a próxima, pobre diabo.
Share:

domingo, 19 de junho de 2011

Permita-se sentir dor, mas não vire emo


Em algumas culturas é feio demonstrar dor.
É sinal de fraqueza demonstrar fragilidade ou chorar.
Na cultura japonesa, por exemplo, a morte é motivo de festa, a perda de um ser amado é comemorada como se fosse um ganho.
Na cultura européia e americana, um homem demonstrar emoções é sinal de fraqueza e chega a ser constrangedor para os outros.
Hoje eu tive uma grande perda que não sei se posso chamar de perda.
Porque não se pode perder algo que não teve.
Conheci uma grande mulher e três meses depois ela morre.
Uma morte estúpida.
Assim como toda morte é estúpida.
Toda perda é estúpida.
Às vezes da vontade de achar Deus estúpido.
Já que para quem acredita nele, ele é o dono dos destinos.
Nessa condição humanóide, ridícula e imperfeita onde viver é um exercício primitivo para a morte, só o que nos resta é deixar a dor se espalhar.
Permitir-se sentir dor é o que nos resta nessa nossa humanidade ridícula.
Deixar a dor invadir, entrar, se apossar e percorrer as vísceras.
Tem gente que tenta consolar, dizendo: "um dia vocês vão se ver de novo", "não fica assim, isso vai passar", "você precisa ser forte para continuar", "foi melhor assim", "não perca as esperanças", "não deixe a tristeza tomar conta de você".
E mais um monte de frases como essas que não anestesiam.
Todo dia a gente perde alguma coisa.
Um cachorro, um emprego, um companheira de uma vida toda ou de um começo de vida, uma amiga muito querida, um passarinho, um peixinho que amanhece boiando, uma tartaruga que finalmente diz adeus, um objeto que se quebra e era carregado com nossas memórias.
Nessa hora o importante é dar espaço para a dor.
Ficar dois dias na cama, em um bar bebendo todas, revirar fotos, reviver momentos em solidão e, acima de tudo, derramando lágrimas amargas.
Praguejando contra os deuses.
Permita-se chorar, porque é a maneira de amaciar um pouquinho uma pancada de pedra, um dedo no olho, uma sacanagem da vida.
É também de extrema importancia que se saiba o momento em que a tristeza é suficiente.
O minuto em que as lágrimas precisam secar, senão todo o esforço em permitir-se viver uma emoção forte transforma-se em comodidade e depressão.
Sempre há alguém que depende de mim, que depende de você.
No mais ficar na dor é comodidade.
Permita-se sentir dor, mas não vire emo.
Share:

sexta-feira, 17 de junho de 2011

As empreiteiras e a imprensa são sócias na grana na copa


O sigilo proposto pelo governo para fazer as concorrências para as obras da Copa do Mundo foi sugerido para que não houvesse o velho esquema das empreiteiras de combinar preços, sabendo de antemão o preço MÁXIMO que o governo poderia pagar por elas.
É tipo você ir vender algo sabendo exatamente o MÁXIMO que a pessoa pode pagar.
Claro que você vai cobrar o MÁXIMO.
Quando o governo toma essa sábia decisão, a imprensa golpista como a Rede Globo, Folha de São Paulo, a lamacenta revistinha Veja dão o pinote.
Fazem um escândalo.
Passam para a população que o governo está fazendo algo errado.
No entanto é a imprensa que está jogando contra o povo nessa copa.
É o sinal para mais um caos criado para desestabilizar o governo ao qual essa imprensa faz oposição.
Fora o fato de que essas empresas sempre viveram dos milhões pagos por empreiteiras que trabalham para o governo de São Paulo.
A imprensa golpista interessa em desestabilizar o governo Dilma e ao mesmo tempo ganhar uma fortuna com as empreiteiras que tem interesse em saber quanto o governo pode pagar por cada obra.
Assim já vão para as concorrências com cartas marcadas.
E a imprensa leva o dela.
Esse povo está jogando contra o Brasil
Eles querem que a copa seja um fiasco, que o Brasil quebre, que um caos completo se estabeleça.
Tudo porque eles querem porque querem governar o país e o povo votou em outra pessoa.
Share:

Para encerrar a onda das marchas, vai sair a Ultima Marcha


Já está ficando chato essa onda de marcha pra tudo que é coisa.
Desde o começo do ano já vi Marcha da Maconha, Marcha para Jesus, Marcha das Vadias, Marcha da Evangélica Lésbica, Marcha do Pirulito, Marcha do Tacacá, Marcha do Mungunzá, Marcha do Vatapá, Marcha dos Machos, Marcha dos Baitolas, etc.
Daqui a pouco vai sair a Marcha do Jair Bolsonaro, ai eu quero ver.
Esse lance de marcha para quem fica na calçada é um saco.
É que nem ver jogo de tênis.
Uma marcha sobe outra desce, o pescoço fica dolorido.
Tem marcha que é xarope e tem umas animadíssimas.
A Marcha da Maconha foi ótima.
Teve policia, bombas, cassetetes, gás lacrimogêneo, só não teve maconha.
Uma pena.
Amanhã sai a Marcha da Liberdade em 47 cidades ao mesmo tempo.
Quero só ver quando se confrontarem as pessoas a favor e contra a construção de Belo Monte.
Quando se chifrarem as pessoas que são a favor e as contra a construção de rodovias, ferrovias, hidrelétricas e de alguma forma de desenvolvimento sustentável para a Amazônia e os Ambientalistas Criados em Cativeiro a favor da internacionalização da Amazônia, os marinistas da moda alheia.
Vamos ver até onde vai a Marcha da Liberdade quando se confrontarem pessoas que acreditam em um governo popular que vem transformando o Brasil como o do Lula e da Dilma com os que pegam carona das mídias e vão usar a marcha pra colocar seus desejos políticos ideológicos.
A Marcha da Liberdade vai ser um teste para se saber o que pensam sobre a liberdade essas pessoas.
Share:

Maconha pode ser liberada para uso em cultos religiosos


Após a liberação das manifestações pró-maconha no país, o STF (Supremo Tribunal Federal) agora pode analisar o uso religioso da droga.
De acordo com o texto, a proposta foi defendida pelo ministro Celso de Mello, que "praticamente sugeriu", em seu voto no julgamento anteontem, que seja proposta uma ação pela legalização do uso da droga por religiões.
O ministro lembrou que já existem resoluções do governo que permitem o uso de substâncias psicotrópicas, como o chá de ayahuasca, por igrejas como o Santo Daime e a União do Vegetal. A permissão, diz, está vinculada à "liberdade de crença, de culto, de organização religiosa e a liberdade contra a interferência do Estado".
O Santo Daime é uma doutrina religiosa de inspiração indígena e tem como base o uso ritual da Ayahuasca, uma bebida de origem inca.
Surgiu no estado brasileiro do Acre, no início do século XX, tendo como fundador o lavrador e descendente de escravos Raimundo Irineu Serra, também conhecido como Padrinho ou Mestre Irineu. Foi ele que recebeu a revelação de uma doutrina de cunho cristão, a partir da bebida Ayahuasca (vinho das almas), por nós denominada Santo Daime.
Para os amigos do Santo Daime essa medida seria um passo para acabar com o preconceito contra a religião fundamentalmente amazônica .
Esse STF que merece o respeito dos brasileiros.
Não o STF do Gilmar Mendes e do Daniel Dantas.
Enfim o STF está legislando para os brasileiros.
Share:

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Facebook não deixa a pessoa abestada


Não é verdade a crença popular de que fazer “amigos no Facebook” prejudica a capacidade da pessoa de fazer amigos na vida real.
Pesquisas sugerem que usuários de sites de redes sociais possuem maiores níveis de "bem-estar social".
De acordo com os resultados de uma pesquisa do Pew Research Center recentemente divulgada, usuários do Facebook são mais confiáveis, têm amigos mais próximos e são mais engajados politicamente.
"Houve muita especulação sobre o impacto do uso de redes sociais na vida das pessoas, e grande parte dela se focou na possibilidade de que os sites prejudiquem os relacionamentos das pessoas e as faça participar menos de acontecimentos do resto do mundo", disse o autor principal do relatório, Keith Hampton.
"Descobrimos o exato oposto --que usuários de sites como Facebook têm relações mais próximas e estão mais propensas a se envolver em atividades cívicas e políticas".
Pesquisadores também disseram que o suporte emocional e a companhia que usuários freqüentes do Facebook obtêm é equivalente a cerca de metade do apoio recebido pelo brasileiro comum de um parceiro.
Ou seja, ninguém, vira abestalhado só porque é viciado em Facebook.
Basta o abestado saber que não é abestado.
E quando arrumar briga abestada no Facebook abestado não deixar que isso afete sua vida abestada.
Estou com surto de Tiririca.
Share:

Guerra dos Postes deixa os barezinhos desolados


Manaus é uma favela a céu aberto criada pelos caras que governam esse estado à 25 anos.
A industria da invasão patrocinada em época de eleição para angariar votos é um golpe muito usado por políticos barés.
E haja mais favela na cidade.
Tem favela com nome deles.
Amazonino Mendes é nome de uma grande favela.
Tem a favela Gilberto Mestrinho, e por ai vai.
O que não é favela é afavelado pela cultura da favela que está no nosso sangue baré.
A primeira coisa que a gente barezinho faz quando se muda pra um condomínio de luxo é logo puxar uma cordinha pra fazer um varal.
A gente se amarramos em varal.
Outra coisa muito chic da nossa consanguinidade é estacionar em calçada.
Só para provar para os trouxas pedestres quem manda nessa porra.
Quando não é a gente que afavela a favela vem o poder publico para afavelar.
A Manaus Energia trocou os postes da minha rua que eram de acoariquara por postes de concreto.
Só tiraram um e colocaram o outro, no mesmo buraco.
Nem calçaram a porra do poste imenso de concreto com uma base de concreto também.
Tá no barro.
Se chove cai nas favela dos trouxas.
Pra piorar, a Manaus Energia só pôs no lugar os fios de energia deles, o que dá grana pra eles.
Os cabos de telefone, de TV a cabo e outros cabos estão esparramados nas calçadas.
Uma maravilha.
E olha que chamam essa área de área nobre.
Imagine se não fosse.
Me dá um baita orgulho de ser amazonense nessa hora.
Share:

Lésbicas evangélicas criam a própria igreja


Depois da liberação pelo STF da Marcha da Maconha (com a ausência do Gilmar Mendes, claro, ele só vai quando é para dar dois Habeas Corpus para o Daniel Dantas em um final de semana), parece que o Brasil respira um ar mais democrático.
Tanto que para surpresa de todos, duas lésbicas abriram uma igreja evangélica.
Justamente a facção religiosa que mais caça os direitos dos homossexuais.
A facção que faz a Marcha para Jesus que grita slogans homofobicos e intolerantes que envergonhariam Jesus.
As duas mulheres, que são casadas, criaram a igreja Comunidade Cidade de Refúgio, no centro de São Paulo.
Lanna Holder já fez sucesso na igreja evangélica que freqüentava antigamente, como ex-lésbica, ex-drogada e ex-alcoólotra, mas após 16 anos ela rendeu-se à homossexualidade e criou um refúgio a "todos os que foram escorraçados pela intolerância".
Localizada na Avenida São João, na região da Santa Cecília, a nova igreja juntou 300 pessoas no primeiro dia.
Os pastores das outras igrejas acusam as duas de ter montado uma igreja para Satanás.
O Manual Contra Abordagem de Evangélico Chato da Apertadinha do Facebook tem que ser revisto.
Ele não contempla a abordagem de evangélica lésbica te parando no meio da rua.
Esse povo feio que não tem o que fazer já está chamando a igreja de evangélicas lésbicas de Manaus de Igreja do Santo Sabão.
Vai vendo só.
Espia.
Share:

quarta-feira, 15 de junho de 2011

STF julga hoje se libera a Marcha da Maconha. Ah tá!


O direito a liberdade de expressão é parte inerente a democracia.
Isso não era nem para estar em discussão no STF.
Como também não era da alçada do STF a deportação do Cesar Battisti.
Isso é da alçada do chefe do executivo.
Só que alguns juízes de quinta categoria usam das suas canetas para proibir a liberdade de expressão com mesma desfaçatez com que usam para soltar bandidos ricos.
A Marcha da Maconha de São Paulo tinha sido liberada por um juiz sensato.
Mas antes do começo da marcha um outro juiz retrogrado e hipócrita resolveu entre um gole de uísque contrabandeado do Paraguai e outro, proibiu a Marcha da Maconha.
O comando da PM tinha o dever de usar de critério democrático já que tinham duas decisões antagônicas.
Quem decidiu pela proibição da marcha no fundo foi o governo de São Paulo a quem o comando da PM deve obediência.
Tomara que as canetas habituadas a soltar Daniel Dantas, Cacciolas, Roger Abdelmassih e outros bandidos de colarinho branco tenham a lisura e sensatez de proibir as canetas de juízes canalhas de proibir o pleno exercício da cidadania que é o direito de manifestação e de expressão.
Sob o pleno risco de ver seu decreto desrespeitado pelo próprio exercício democrático inalienável da liberdade de expressão.
Share:

A OMS quer acabar com as peruas


A Organização Mundial de Saúde está com o diabo no couro.
Anda declarando que tudo dá câncer.
Depois do celular, do Ipod, do Ipad, do pepino e do broto de legumes agora resolveu atacar os cosméticos.
Essa semana a OMS decretou que tintura para cabelo, esmalte para unha, substancias para alisamento e até os perfumes tem substancias cancerígenas.
Desse jeito a OMS está decretando a extinção das peruas.
Como vão viver essas criaturas que enfeitam nossos shoppings?
Uma perua sem esses acessórios morre.
Daqui a pouco até Bolsa Prada também vai dar câncer.
Assim não dá!
Share:

terça-feira, 14 de junho de 2011

Para aliviar o Complexo de Vira Latas. Casamento gay é rejeitado na França

Para quem exercita constantemente seu Complexo de Vira Latas e vê o Brasil como uma merda, vai mais um exemplo que não estamos tão mal assim.
Nós temos dilemas imensos a serem vencidos.
Mas acho que como nação nova, tiramos esses dilemas de letra.
Nossa maior discussão é sobre a nossa matriz energética.
Não sobre quem vai comer ou casar com quem.
Um deles é sobre se hidrelétricas apesar de destruírem alguma coisa, pode ser nossa única saída para ter independência das potencias em questões energéticas.
Por isso o debate sobre Belo Monte tem tanta interferência internacional.
Nesse debate está um Brasil que pode ficar independente ou um Brasil eterna colônia mantenedora de matéria prima para as potencias européias, asiáticas e americanas.
Como esperado pela oposição, deputados franceses vetaram a proposta de legalização do casamento entre homossexuais.
O movimento pró-casamento gay alega que a França precisa estar alinhada com outros países europeus, como Espanha, Portugal e Holanda, onde o casamento homossexual já é legalizado.
Não devemos copiar modelo de desenvolvimento nem europeu nem americano.
Nem muito menos seus dilemas.
Nós temos os nossos próprios e são muitos.
Share:

O Tiririca cala a boca do preconceito de classe


Independentemente da opinião que cada um tenha sobre quem pode ou não ser votado ou votar em uma democracia, o Tiririca sofre uma forma de preconceito atroz e covarde.
O fato de ser nordestino, pobre, imigrante que chegou em São Paulo e venceu mesmo com tudo jogando contra, esse pobre diabo se mete a ser político.
A campanha esculachada dele que começou até como gozação e acabou tomando corpo ajudou a municiar o preconceito que recai sobre ele.
Sobra pra ele também a associação ao Lula.
O mesmo tipo de gente que tem preconceito de classe com relação ao Lula, agride a existência do Tiririca associando ao Lula.
Só que essa cambada de preconceituosos não se lembra que os dois são vencedores.
Os dois chegaram lá mesmo vindo da classe mais baixa da cruel pirâmide social brasileira.
Que agora está sendo modificada graças aos oito anos de governo de um nordestino pobre.
A história sempre segue.
Agora o Tiririca, o analfabeto, propõe dois projetos para educação considerados muito bons.
O Vale-Livro e o Programa Bolsa Alfabetização.
Ele explica.
"Ao instituir o Vale-Livro, estamos criando uma nova cultura literária nas escolas e na sociedade, na medida em que o aluno, através de seu gosto e aptidão, vai poder escolher os livros de seu interesse e adquirílos, poderá levá-los para sua residência, formar sua pequena biblioteca pessoal, além de emprestá-los a seus familiares e amigos. Assim, a leitura deixa de ser uma mera obrigação escolar para se tornar um prazer, pois o aluno escolhe aquilo que realmente quer ler", justifica Tiririca no texto apresentado.
Já o Programa Bolsa Alfabetização seria um plano de incentivo financeiro, que será fixado no valor mínimo de R$ 545, para cada adulto com idade superior a 18 anos que cumprir, com frequência escolar superior a 85%, programa de alfabetização, durante o período de seis meses.
Durante a campanha, a revista "Época" publicou uma reportagem em que falava das suspeitas de que Tiririca seria analfabeto.
Depois da denúncia,Tiririca teve que fazer um teste para provar que sabia ler e escrever.
O Brasil precisa mudar até os paradigmas dos seus próprios preconceitos.
Até para ser preconceituoso o idiota precisa ter mais imaginação.
O preconceito contra o Tiririca não é por ele ser nordestino, pobre, artista de circo, um vencedor em uma terra que despreza nordestinos, não é pelo fato de ele ter se candidatado e ser o deputado federal mais votado de todos os tempos.
O preconceito contra ele é o mesmo dirigido ao Lula.
É contra toda uma classe social.
É o preconceito mais chifrim de todos.
O preconceito de classe.
Share:

Vitimas do Santo Antonio invertido acabam deprimidas


Por causa da má utilização do Santo Antonio Casamenteiro Invertido, a simpatia tradicional em que se coloca a imagem do santo de cabeça pra baixo pra ver se arruma alguém, muita gente conseguiu, mas não era bem o que queria.
Por causa disso a simpatia acabou trazendo uma grande depressão movida pela ressaca moral.
Ressaca moral é muiiiiiiitoooo piooorrr que ressaca física.
Ressaca física você lavou tá novo.
A moral não.
Toda vez que você lembra do mico tem vontade de gritar e se enterrar.
Principalmente se enterraram em você por conta da simpatia do santo invertido.
Foda é o amigo canalha chegar e perguntar “tá melhor mano véio?... já tá podendo sentar?”.
O Procon não tem telefone disponibilizado para queixas contra essa simpatia malfadada.
O lance é se adaptar e ir sentando de ladinho.
Ano que vem tem mais.
Share:

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Bombeiro que impede outro de salvar vidas não é herói de porra nenhuma


Essa crise dos bombeiros do Rio virou mais uma crise política insuflada pela imprensa que tem interesse em atacar o governo federal e seus aliados.
Os bombeiros tem direito de reivindicar salários, mas não podem invadir um quartel geral e impedir atendimentos.
Isso no meio militar configura motim.
E não lhes transforma em heróis de nada.
E vão ser punidos por isso.
O resto é a campanha de desestabilização bancada pelos grupos interessados em criar caos o tempo todo.
A velha imprensa golpista que sempre foi contra greves agora acha o máximo a greve dos bombeiros.
Lógico, se atingir de alguma forma um aliado da Dilma é perfeito.
E um bando de inocentes uteis ou não ficam pegando carona da turma do Baixo Leblon carioca que odeia o resto do Brasil.
Depois da crise dos bombeiros virão outras.
A imprensa golpista está surfando na carona dos trouxas.
Share:

Manual de Utilização de Santo Antonio Casamenteiro Invertido (MUSCI)


Por causa das confusões que andaram ocorrendo nos últimos tempos pela má utilização da simpatia do Santo Antonio Casamenteiro Invertido, foi lançado um manual para que não haja mais nenhuma confusão.
As regras são:
1 – Nunca faça simpatia conjuntamente a não ser que você queira que dê sururu no resultado.
Ex: Duas amigas fizeram juntas querendo homem, foram pra um bar e beberam pra criar coragem e não arrumaram nada, foram dormir juntas e rolou pegação.
Estão juntas até hoje.
2 – Se você for heterossexual ponha ele de cabeça pra baixo e pense na pessoa. Se não pensar em alguém, se não especificar, pode dar qualquer traste. Depois não vai reclamar do santo.
3 – Se você for gay masculino nunca inverta. Ponha ele do jeitinho normal. No reino dos santos eles vêem tudo trocado. Peça uma ajudinha a São Sebastião, o santo protetor das bibas. Reza nunca é demais.
4 – Se você for gay feminino faça como no primeiro item. Se você tem alguma amiga desesperada por homem que você esteja afim de dar um craw nela, faça junto com ela a simpatia com os dois santos de cabeça pra baixo. Saiam pra beber pra tentar arrumar alguém. Isso nunca dá muito certo, no máximo que vão conseguir é uma trepada no banco de trás.
Bem mais tarde, depois das duas bêbadas proponha ir dormir na casa dela. No meio da noite avança na presa e dá o tal craw que você planejou. Costuma dar certo. Está na moda mulher pegar mulher. Com a ajudinha do santo deve funcionar.
Esse manual só serve para quem acredita nele.
Share:

O revertério do Santo Antonio invertido


Por a imagem de Santo Antonio da cabeça pra baixo é uma simpatia que ajuda a arrumar.
Duas amigas fizeram a prática de vodu do amor com o santo casamenteiro no dia dos namorados.
Cada uma comprou uma imagem e pôs de cabeça pra baixo.
Diz à lenda que santo que fica em casa deve está com a reza cheia, portanto elas saíram para um shopping comprar presentes para a eventualidade de arrumar alguém, e depois foram para um bar encher a cara para criar coragem e paquerar para ver se arrumavam.
Caiu uma tempestade de verão que parou a cidade toda por falta de energia elétrica e o jeito foi ficar no bar enchendo a cara.
Lá pelas tantas elas resolvem ir embora e foram dormir uma na casa da outra, bêbadas, se sentindo solitárias, um lixo, encharcadas de álcool e da chuva.
Por falta de espaço as duas dormiram juntas na mesma cama.
E por falta de amor e movidas pelo impulso primitivo do atraso sexual se abraçaram.
Talvez o avançado estado etílico tenha ajudado a dar coragem ao primeiro beijo.
Daí em diante só deu elas até altas horas da manhã.
Encontrei as duas agora no shopping trocando os presentes na loja.
Elas tinham comprado cuecas masculinas.
Estavam trocando por calcinhas.
E saíram juntas de mãos dadas felizes.
Share:

O temporal dos namorados destelhou motéis


Uma tempestade fortíssima de verão caiu sobre a cidade pra fechar o dia dos namorados com chave de ouro.
Vários prédios tiveram seu telhado arrancado, inclusive motéis.
Namorados que entraram no motel no fim da tarde para comemorar o seu dia foram surpreendidos com o temporal.
Chuva no telhado ajuda a melhorar o clima romântico, mas temporal levando telhado deve ser brochante.
Deve ter sido um fim de festa cheio de adrenalina mais do que o esperado.
Namorados supersticiosos devem ter achado que foi algum aviso divino.
Tipo, “olha bem pra quem você tá dando”.
Nunca é bom duvidar dos temporais amazônicos.
Hoje é dia de Santo Antonio, dia de ir ao shopping trocar o presente ou de namorado.
Share:

domingo, 12 de junho de 2011

Ter namorado no dia dos namorados dá azar


Toda pessoa normal que eu conheço nesse mundo desencantado da modernidade barelândia vive só ou está mal acompanhado.
Ter namorado ou marido por longo prazo parece coisa de supermercado que vende produto estragado.
Muitas vezes por razões econômicas ou por ideologia tem gente que se separa dias antes do dia dos namorados.
Ou separa pra não pagar mico, ou para reclamar da vida e de Deus, ou por pão durismo.
Você ser chantageado pelas redes de shopping com marketing agressivo tipo dê uma BMW pro seu amor, é de acabar com o dia de um namorado liso.
O pior de tudo é você dar um presente caro e a louca te abandona na semana seguinte.
E passa com a BMW sendo dirigida pelo Ricardão bem na tua frente.
Hoje os shoppings estão cheio de trouxas comprando quinquilharias para se arrepender depois.
Algumas lojas expertas estão aceitando trocas.
Se você comprar um vibrador, por exemplo e seu namorado não topar usar, você pode largar ele e trocar por um kilo de pepino.
As lojas fazem tudo pra vender.
Share:

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Silvio Berlusconi manda expulsar travestis brasileiros da Itália


Em represália ao Brasil por ter dado asilo político ao italiano Cesare Battisti, militante de esquerda, o Silvio Berlusconi presidente da Itália mandou deportar todos os travestis e garotas de programa brasileiras que trabalham na Itália.
Os italianos são os que mais levam travestis brasileiros para o seu país.
Como são tradicionalistas e conservadores, antes de casar com os travestis brasileiros eles levam para apresentar para a família.
Geralmente pedem para eles não falarem muito para que as mamas não descubram que são travestis e assim não ter problemas.
Agora o Berlusconi quer expulsar esse povo todo, inclusive os travestis brasileiros casados.
A lei italiana não reconhece casamento de pessoas do mesmo sexo.
Sábado está agendada uma manifestação em frente ao Coliseum em Roma, para protestar contra essa decisão do presidente italiano.
Todos os maridos de travestis, garotas de programa brasileiras, as mamas sogras dos travestis, a comunidade brasileira de pizzaiollos que saíram de São Paulo para ensinar os italianos a fazer pizza, enfim, todos estarão protestando.
A esperança é que entre os maridos italianos dos travestis brasileiros tem muito conde, duque, barão, visconde da realeza italiana e isso possa pesar contra a decisão presidencial.
Vai ser um bafafá.
Share:

Bolinha tailandesa apimenta o dia dos namorados


Pimenta no dos outros é refresco e esse lance de apimentar é coisa de veado.
Mas como é dia dos namorados, tudo pode para bancar o normal.
A sugestão para o dia dos namorados é dar de presente bolinhas tailandesas para a pessoa amada.
Bolinhas tailandesas caem muito bem com pimenta.
Pode ser usado qualquer tipo de pimenta, mas para ser ecologicamente correto melhor usar uma pimenta amazônica.
A pimenta murupi está entre as pimentas mais ardidas e cheirosas do mundo.
Há especialista que digam que é a pimenta mais forte do mundo.
Portanto antes de usar a bolinha tailandesa é aconselhável imergir em um molho feito com pimenta murupi.
Além de cheirosas, as bolinhas tailandesas ficaram com um ardor maravilhoso típico dos pratos feitos com peixe da culinária amazônica.
Aconselha-se na primeira vez que introduzir as bolinhas, tapar a boca da pessoa amada para que não haja incômodos.
Se for em um motel pode ser que as camareiras chamem a policia pensando que você está usando de agressão física.
Depois da primeira vez costuma ficar mais agradável.
De toda forma é bom ter um litro de refresco de mangarataia (gengibre) do lado da cama.
Caso a pessoas amada tenha alguma forma de rejeição ou alergia a pimenta.
Nunca se sabe.
Share:

Hoje sai a Marcha do Macho


Como virou moda fazer marcha para tudo que nem temakeria, hoje vai sair a Marcha do Macho.
Um bando de criaturas que bebem no Bar do Caldera no centro de Manaus resolveram fazer a marcha.
A concentração vai ser na Praça da Saudade e vai receber adesões de varias entidades solidárias a causa dos machos.
Até a Pomba Gira, uma entidade da macumba prometeu baixar por lá.
Quando a coisa estiver no maior frevo, a marcha seguirá até o bumbodromo pela Avenida Djalma Batista, quem nem a Marcha para Jesus fez, mas sem os slogans homofobicos porem paralisando a cidade toda também.
A intenção dessa paralisação total da cidade é para chamar atenção à forma em que vivem os últimos espécies vivos dos machos brasileiros.
Por estarem em extinção, eles querem tratamento especial e sugerem a criação de uma ONG que proteja a espécie.
A ONG se chamaria ISEDAM (Instituto Sócio Ecológico para o Desenvolvimento Adequado dos Machos) e teria verbas e mais verbas para sustentar a espécie por décadas.
Poderiam ficar bebendo no Caldera de segunda a segunda sem problemas de ter que implorar fiado e levar esculhambação do dono do bar.
Na ONG só trabalhariam mulheres previamente selecionadas depois de fazer um desfile na frente do bar.
A Marcha do Macho já está no esquenta desde as oito da manhã.
Hoje vai ter frevo mano véio!
Share:

O broto dispensou o pepino assassino


O pepino foi acusado injustamente de ser o transmissor da bactéria E.coli, que já matou ao menos 30 pessoas -- 29 na Alemanha e uma na Suécia-- e infectou quase 3.000 pessoas.
Agora as autoridades sanitárias alemãs indicaram nesta sexta-feira que brotos de vegetais cultivados em uma pequena área agrícola em Bienenbüttel, na Alemanha, são responsáveis pela disseminação da bactéria.
O pepinão assassino que assombrou até a Fátima Bernardes no Jornal Nacional agora foi inocentado de vez.
Podem continuar usando o pepino sem restrições.
Share:

quinta-feira, 9 de junho de 2011

O Apagão da Loira deixa Sampa as escuras


Alkimin acusa Eletropaulo de não operar com segurança
Bom.
Saiu na Folha de São Paulo essa manchete maravilhosa.
A Eletropaulo é uma invenção tucana, portanto do Alkimin.
Se a Eletropaulo não corresponde as necessidades de São Paulo é porque ela é ineficiente.
Portanto o Alkimin é ineficiente.
A fama dos tucanos e a propaganda que eles fazem da sua eficiencia nas privatizações leva a toda a população paulista a acreditar que está em boas mãos.
E agora?
Se o proprio governador diz que a Eletropaulo é ineficiente.
"A concessionária vai ter que indenizar pessoas pelo prejuízo, além de tomar todas as medidas. O que está claro é que ela não tem as condições de operar com segurança quando tem chuva, tempestade", disse. "Não tem as condições mínimas de atendimento rápido ao usuário e, ao mesmo tempo, de prevenir esses problemas de tempestade e de vento que todo mundo sabe que ocorrem", emendou.
E a doçura que a Folha de São Paulo e a grande imprensa brasileira trata o assunto.
A Rede Globo colocou como se fosse obra de Deus.
Quando é em São Paulo é obra divina, quando é no resto é ineficiencia do poder publico.
As manchetes parecem comunicado de casamento.
Se fosse no governo federal ou no Rio de Janeiro, puta que pariu.
Já ia levar o nome de Apagão da Loira.
Com referencia Gleisi Hoffmann, a nova chefe da Casa Civil.
Essa imprensa é mesma uma prostituta vagabunda.
Por isso é chamada de PIG (Partido da Imprensa Golpista).
Share:

A imprensa, o Battisti e o Cacciola


Salvatore Cacciola é um banqueiro ítalo-brasileiro, proprietário do falido Banco Marka, que foi condenado no Brasil por crimes contra o sistema financeiro (peculato e gestão fraudulenta), após seu banco ter sido socorrido pelo Banco Central do Brasil em 1999, quando ocorreu a flutuação cambial.
Esse socorro amoroso de pai para filho foi feito pelo governo FHC de quem o Cacciola era sócio.
Ele deu o golpe no apagar das luzes do governo FHC e se mandou para a Itália com dois bilhões do dinheiro do povo brasileiro que poderia ter ido para a merenda escolar.
Nem a grande imprensa, nem o governo FHC nem o Gilmar Mendes do STF fizeram um gesto que demonstrasse indignação ou vontade de prender o ladrão.
Parecia coisa de quem estava de acordo.
Esquema racha cha.
Anos depois o governo Lula tentou a extradição do Cacciola e a Itália não deu.
A grande imprensa sequer noticiava isso.
Hoje ele está preso no Brasil graças ao fato de ele ter sido localizado no Principado de Monaco, onde foi preso e extraditado para o Brasil, graças a um pedido feito a Interpol pela Policia Federal do governo Lula.
No caso Battisti, um italiano que lutou por grupos de esquerda durante os anos de chumbo na Itália, onde as ações armadas eram de ambos os lados, o governo agora de direita italiano comandado pelo corrupto Berlusconi pede a extradição do Battisti pra fazer uma “justiça” política.
O Lula compreendendo isso não deu a extradição.
Processos de extradição é decisão única e intransferível do chefe do poder executivo, o presidente da republica.
O ministro Gilmar Mendes ou Gilmar Dantas, do STF, que solta banqueiros corruptos como o Cacciola e o Daniel Dantas, estupradores como o medico Roger Abdelmassih, desde que tenha grana, resolver passar por cima de uma decisão do presidente da republica.
Ele foi colocado lá pelo FHC e é um pau mandado desse grupo político.
O Gilmar Mendes já foi acusado pelos seus pares do STF de politizar o STF.
De usar a mais alta instancia da justiça brasileira como pagode político.
Esse barulho todo sobre o Battisti é ilegal, inclusive.
Mas vai ser o novo caos da imprensa brasileira para atacar o governo popular da Dilma.
O Caos Battisti.
Share:

As loiras da bacurinha braba


Toda mulher que tinge o cabelo durante um longo período acaba acreditando piamente que é loira mesmo.
Quem acredita na veracidade dos cosméticos tem mais facilidade em achar a felicidade.
Uma amiga que é loira desde os treze anos de idade falou um dia que resolveu pintar a bacurinha também porque toda vez que ia tomar banho tomava susto quando olhava aquela bacurinha morena. Ela achava que era de outra pessoa.
Até a atitude sexual dessas mulheres loiras por opção é diferenciada.
Ela pode até nem está com vontade de fazer mas faz com cara de quem faz melhor que as morenas.
E isso nem é fingir, é estado de espírito.
Por isso que ouvi de um motorista de taxi essa excelente leseira quando passamos por uma loira indígena que estava na calçada toda faceira “chefe, essas mulher lora tudo tem a bacurinha braba!”.
Eu fiquei imaginando um bando de periquito na mangueira mordendo uma manga madura.
Foi só o que me veio a mente.
Share:

A Imprensa golpista e a notícia enguiçada


A imprensa no Brasil é partido político.
Como em nenhuma outra democracia do mundo, a imprensa brasileira atua de forma a sempre tentar eleger e derrubar presidentes que agradem as elites, seus principais clientes e pagadores.
Em nome disso atua como um cabo eleitoral. Contra um partido que vem dos metalúrgicos do ABC.
Que veio dos movimentos populares.
Por isso o ódio ao PT.
O PT é o demônio deles.
Fizeram com o Lula e agora com a Dilma uma intensa campanha suja.
Criando situações, crises, caos, maremotos e terremotos.
Desde que a Dilma assumiu já inventaram vários caos.
O ano começou com o Caos Aéreo, que a copa não ia ter aeroportos e que pobres estavam invadindo a pista incomodando os ricos.
Em seguida o Caos da Inflação, em que o governo incompetente dos pobres tinha deixado voltar à inflação que tinha sido controlada pelo glorioso intelectual da elite FHC.
Depois veio o Caso Palocci, onde um homem em um país capitalista não pode ganhar dinheiro, mesmo com todos os órgãos de controle financeiro do estado dizendo que estava tudo em ordem nas contas dele. Claro, ele é do PT. Ele provou inocência e saiu da Casa Civil.
O noticiário do Jornal nacional, o mais usado para fazer campanha a favor da elite paulista e, portanto atacar o PT estava parecendo disco furado a mais de um mês.
Só era Palocci de manhã de tarde e de noite.
Até que enfim mudou.
Agora entrou uma cara bonita na Casa Civil.
Uma mulher loira, bonita e inteligente.
Agora a noticia anda. Destravou a pauta do partido político chamado Rede Globo.
Mas a próxima crise já está no forno.
O Brasil não merece a imprensa que tem.
Share:

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Marcha do Pedestre acaba em atropelamento


Aproveitando a onda das marchas, um bando de desocupados da pracinha aqui do bairro inventaram a Marcha do Pedestre.
Jogaram o evento no Facebook e a coisa engrossou tanto que virou um mega evento.
Cerca de 500 mil pessoas saíram na Marcha do Pedestre.
Foram consumidos durante a marcha mil e trezentas garrafas de cachaça bancada pelos promotores do evento.
O plano era fazer o trajeto da Marcha para Jesus, só que sem a selvageria dos slogans homofobicos nem contra as religiões alheias.
Também estava nos planos estrangular o transito da cidade que nem a Marcha para Jesus fez.
As garrafas de cachaça vazias eram quebradas e usadas para arranhar os carros estacionados nas calçadas como forma de protesto pela total falta de consideração e respeito que a cidade tem com os pedestres.
Durante a marcha ocorreram vários atropelamentos devido à raiva dos motoristas com relação aos pedestres e também pelo avançado estado etílico dos manifestantes.
Ano que vem tem mais.
Share:

Dica para namorados: Seja punk seja emo


Continuando as dicas para os namorados celebrarem o seu dia, ai vai mais uma sugestão.
Durante a época das festas juninas a cidade se enche de parques de diversão mambembes com roda gigante com cara de que vai despencar na próxima rodada.
Pois bem.
Se a sua namorada não gosta de ver a Samila, A Mulher Macaco, a solução é levar para dar uma voltinha na temerária roda gigante.
Isso para quem gosta de emoções fortes.
Já que é para brincar de ter medo, melhor ir em uma roda gigante com cara de que vai desmontar a qualquer momento.
Então que seja com você dentro.
Seja punk.
Nesses parquinhos sempre tem um boteco por perto.
Se não tiver, pede uma dose de cachaça do palhaço mais próximo.
Não conheço palhaço que trabalhe de cara.
Todos são cachaceiros que nem o Lula.
Bebe no gargalo e dá uma dose pra tua namorada pra criar coragem.
Quando entrar na roda gigante seja macho quando ela ranger toda.
A primeira volta sempre é a mais difícil.
Depois da primeira volta perde a graça.
Se por acaso a roda parar quando você e sua namorada estiverem bem no alto, aproveita para olhar a favela de cima.
Sempre é muito romântico ver aquele caos do alto.
Aproveita e dá um beijo nela.
Mas cuidado para não balançar a porra do banco.
Ela pode se urinar toda de medo do caralho despencar lá de cima.
E o mijo cair na cabeça das pessoas na fila embaixo.
Já pensou vocês saindo da roda gigante sob um coro de “mijonaaa, mijonaaa, mijonaaa...”?
Nessa hora seja emo, larga a mão dela para não levar vaia junto.
Share:

Dicas para namorados: Ver Samila, A Mulher Macaco


O dia dos namorados coincide com as festas juninas, época que chegam diversos parques de diversão mambembes na cidade.
Viver exige risco e paixão.
A beira do abismo é sempre mais divertida que toda a planície junta.
Toda mulher tem Complexo de Electra.
O complexo de Electra define-se como sendo uma atitude emocional que, segundo algumas doutrinas psicanalíticas, todas as meninas têm para com a sua mãe; trata-se de uma atitude que implica uma identificação tão completa com a mãe que a filha deseja, inconscientemente, eliminá-la e possuir o pai.
E na maioria dos casos identifica o pai como herói.
E a mulher passa a vida toda procurando esse herói.
Que bem que podia ser você, sua besta.
Como sugestão barata, aproveitando os parques de diversão de quinta categoria espalhados pela cidade, leve sua namorada para um desses.
Antes tome antitetânica.
Todo parque mambembe que se preze tem uma Samila, A Mulher Macaco.
É baratinho.
E vê se não banca o espertinho e quebrar o encanto do bagulho.
Não fica explicando que é jogo de espelho.
Larga de bancar o geniozinho.
Quando a Samila estiver virando Macaca aproveita e finge que está com medo.
Abraça a namorada, aproveita e dar uns amassos nos peitinhos, isso sempre dá coragem.
Protege e ao mesmo tempo apavora.
Ela também vai fingir que está com medo, e se não for trouxa vai aproveitar e das uns amassos na tua trouxa.
Porem o melhor vai ser quando os moleques que freqüentam esses parques entrarem numas de apedrejar a Samila.
Ai que você vai entrar de herói.
Veste dois socos ingleses e quebra os moleques de porrada defendendo a Samila.
Cata tua namorada e lava porque os moleques vão voltar com mais.
Leva para um motel e sapeca bonito.
Depois tem mais idéias geniais para o Dia dos Namorados.
Share:

terça-feira, 7 de junho de 2011

Manual para quando o amor acaba no dia dos namorados


O amor pode acabar no dia dos namorados.
Ou você se dar conta que não ama mais no dia dos namorados.
Quanto tempo passa entre a troca encantada de olhares e o momento que você repara nos defeitos do seu amor?
Para o senso comum, a prova de fogo vem na "crise dos sete anos". Uma expressão popular nos Estados Unidos diz que após esse tempo, a coceirinha, a "seven year itch", começa a incomodar o casal.
Já um psicólogo evolucionista chutaria que o prazo de validade do amor gira em torno de quatro anos - o suficiente para que o homem ajude a mulher a cuidar da criança, até que essa esteja apta a seguir por conta própria na tribo nômade.
Mas um levantamento feito em cerca de 10 mil residências nos EUA pela Universidade de Wisconsin encontrou um tempo de duração ainda menor do amor: três anos.
É o mesmo tempo apontado em estudo patrocinado pelo estúdio Warner Brothers, feito com 2.000 adultos no Reino Unido.
Foram comparados casais em relações curtas (menos de três anos) e longas (mais de três). No primeiro grupo, 52% afirmaram gostar das relações sexuais. No segundo, apenas 16%.
É claro que, nesses estudos, amor e paixão foram considerados sinônimos.
Uma forma de medir essa temperatura é quando no dia dos namorados você for comprar um presente em algum shopping e começar a barganhar para comprar o presente.
Se for falta de grana, corra, o amor acaba por causa disso.
Se for porque você acha que a pessoa não vale tanto, corra, você não ama mais.
Mas se no dia dos namorados, você acha que ouvir o que a pessoa tem a dizer, com cara de trouxa achando aquilo é a coisa mais louca ou bacana do mundo, mesmo que isso te irrite. Fique.
Se vocês ainda riem juntos.
Você ainda ama essa pessoa.
Significa que dá pra aturar mais uns anos.
E uns anos pode significar uma vida inteira.
Share:

Começou a agonia do dia dos namorados


Oh data mais desafortunada essa.
É um dia que quem tem fica neurótico.
Quem não tem fica xarope.
Só quem ama são os shoppings.
Dia dos namorados, dia das mães, dia das noivas, dia do chefe, dia da secretária, dia do caralho, natal, enfim, todas essas datas são inventadas por alguma alma pervertida que adora ver as pessoas se foderem.
Eu não caio nessa.
No dia dos namorados vou tomar um lexotan e dormir.
Share:
Tecnologia do Blogger.

OCUPE REDE GLOBO

Loading...

Pesquisar este blog

Veja meu site profissional

Veja meu site profissional
Jorge Laborda é um cara metido a designer, escritor e a ser humano.

Blogs que vale conferir

Arquivo do blog

Definition List

Contact

Support