Um blog de crônicas da Barelândia para o mundo!

BTemplates.com

quarta-feira, 30 de março de 2011

O CQC e o Bolsonaro fazem piadas com o politicamente incorreto


De uns anos pra cá fazer piadas com o “politicamente incorreto” dá ibope. Isso começa com as esquerdas ganhando eleições em alguns países da America do Sul, alguns colunistas dos jornalões por pura falta de discurso ou por acreditar mesmo no que dizem, começam a rebaixar o nível das coisas. Tipo, fodam-se as minorais, cotas pra pretos pra que? O Bolsa Família é esmola pra nordestino faminto que tem mais é que morrer, índio é tudo latifundiário e fede, todo político é ladrão, etc.
Era notório que para atingir o Lula, ser nordestino, pobre, preto, índio, o escambau, estava liberado falar os preconceitos antes velados. E isso virou piada cabeça.
É muito bom para a direita rebaixar o discurso a esse nível porque fica fácil. Tinham coisas que não se falava alto em boteco porque o normal era achar ridículo quem falasse isso, tipo, fodam-se os pretos, mulher é tudo vaca e outras idiotices mais. De uns tempos pra cá ficou comum ouvir essas filhas da putice, principalmente em programas de humor ditos cabeça.
O Jair Bolsonaro é de extrema direita, isso todos sabem, até quem vota nele. O CQC, Pânico na TV e outros programas do tipo dão voz a esses babacas para ganhar ibope e gerar polemica.
O certo era contratar o cara para ser mais um humorista do programa, já que os dois gostam de usar frases de cunho racista, preconceituoso e babaca, um porque pensa assim, o CQC pra fazer rir e ganhar dinheiro com isso.
Os dois são farinha do mesmo saco!
Share:

Morre um brasileiro que reabilitou a palavra patriotismo e nacionalismo


O José Alencar, o Zé como é conhecido pelos amigos, foi um brasileiro dos bons. Se ele não apóia o Lula para a presidência da republica, o grupo do FHC ainda estaria governando e o Brasil seria um Haiti. O Lula não venceria as elites empresariais paulistas e seu projeto neoliberal com o toba alheio. Sempre na hora H, no segundo turno, a Rede Globo e a chamada grande mídia brasileira passava a perna na vontade popular e conduzia o processo eleitoral a revelia da população e elegia os seus candidatos. O Lula não chegaria a 50% de votos nunca se o Zé não embarcasse na dele.
O Zé puxou os empresários conscientes para a canoa do Lula e enfim o Brasil voltou a crescer e se tornar a potencia em que está se transformando. Inclusive o Lula foi receber comenda em Portugal no dia da morte do Zé, o Lula é doutor honoris causa da tradicional universidade de Coimbra, que foi fundada antes do Brasil existir como pátria. O Lula não é mais o analfabeto funcional, ele é doutor agora também, e Portugal vai virar colônia do Brasil, se continuar sendo européia vai virar a cozinha da Europa. Mas isso é outro papo.
O Zé reinventou as palavras patriotismo e nacionalismo que os neoliberais chamam de retrô, de burrice e de pensamento arcaico. Esses sentimentos impedem a farra do fluxo do capitalismo sem pátria que sangra as nações pelo mundo a fora. Até Wall Street quebrou com a chicana financeira que é o resumo dessa filosofia.
O Zé provou que dá pra ser rico sem roubar, que dá pra ser um empresário patriota que reinveste o que lucra em mais produção e lucro, gerando uma cadeia de empregos e renda para o país. Ele provou que você pode ser nacionalista sem medo de ser confundido com um xenófobo ou nazista. Os neoliberais usam muito essa acusação quando você pensa que o seu país vale á pena. Quando você gosta do Brasil. O Zé gostava.
O Zé foi “o cara!”.
Share:

A Maria “Meg Melillo”ganhou e as mulheres de verdade também


Se eu fosse mulher seria igual à Maria. Ela tem o nome da minha mãe, e tenho absoluta certeza que minha mãe teria orgulho de ter uma nora assim.
Estava vendo um filminho pornô dela que está rolando na internet onde ela usa o nome de Meg Melillo. Nada disso desqualifica a Maria. Ela está acima disso. Ao contrário, dignifica. Ela lembra a musica Beth Balanço do Cazuza, ela segue a sua estrela, o seu brinquedo de 'star' fantasiando um segredo no ponto a onde quer chegar...O seu futuro é duvidoso. Eu vejo grana, eu vejo dor. No paraíso perigoso que a palma da tua mão mostrou...quem vem com tudo não cansa..Bete balança meu amor, me avise quando for a hora. Não ligue pra essas caras tristes, fingindo que a gente não existe, sentadas, são tão engraçadas, donas das suas salas...e vendo BBB.
Os eternos caretas reacionários que compõe a grande massa dos infelizes que são sempre a platéia estão agora veiculando aos montes as fotos e vídeos eróticos da Meg Melillo, a nossa musa, a nossa Maria. Quem quiser ver entra nesse link http://casadohippie.blogspot.com/2011/01/download-video-porno-da-maria-do-bbb11.html , mas tem outros.
Ela nua ou vestida, ele tem dentro dela um coração que pulsa. Um coração que bate em um ritmo dela. E ela ouve seu coração e dança juntinho com ele. Mesmo saindo do tom às vezes, mesmo desafinando, porque o mundo tem mais otário que chuchu na serra.
E isso, mano véio, não é pra qualquer um não.
Share:

segunda-feira, 28 de março de 2011

A briga pelo jabá da Vale


A mineradora Vale do Rio Doce nasceu com dinheiro publico, do contribuinte, e se tornou uma das maiores mineradoras do mundo. Uma mega empresa lucrativa. Foi privatizada no governo FHC a pedido do Serra, a toque de caixa, por valor muito abaixo do que valia, para amigos ideológicos deles. Ou seja, repassaram uma empresa lucrativa do governo para as mãos de pessoas da turma deles, sem pagar um puto por isso, pois o dinheiro para a compra veio do BNDES.
A Rede Globo foi a mais entusiasmada com isso, assim como também com a privatização das teles, outra negocio lucrativo controlado por estatais do governo. A Rede Globo é a porta voz desse projeto neoliberal tucano de vender tudo que dá lucros no Brasil, e portanto é sócia no negocio lucrativo da Vale e das teles.
O Aguinelli vai ser substituído da presidência da Vale depois de dez anos, porque ele representa o capital do Bradesco que o impôs na presidência, mesmo o estado brasileiro através dos fundos de pensão serem os maiores acionistas. Durante a sua gestão, a Vale desempregou milhares de brasileiros, levando parte dos seus negocios para onde desse mais lucro, sem contar o prejuizo social que isso acarretaria.
A briga que a gente assiste nos jornalões da Rede Globo e outros é que, para manter essa ideologia neoliberal de gozar com o dinheiro do contribuinte, a Vale pagava verdadeiras fortunas para as empresas de comunicação. A Vale gastou R$ 178,8 milhões em publicidade nos últimos 12 meses, e isso é muita grana para uma empresa, por exemplo, como a OMO que gastou R$ 141,7 milhões no mesmo período. Um dado curioso, mineradoras no mundo todo não gastam com publicidade, porque minério não chega ao consumidor final.
A conta de propaganda da mineradora foi entregue a Nizan Guanaes, o marqueteiro predileto do PSDB ao longo de quase duas décadas. FHC e José Serra, entre outros, foram clientes de Nizan.
Por isso essa choradeira toda nos jornais da Rede Globo.
Com a saída do Agnelli da presidência da Vale, acabou o milho e a pipoca dessa galerinha.
Share:

Maria, a “periguete” é a melhor coisa de todos os BBBs


Sem entrar numas se o programa é maconha vencida ou já nasceu com formato babaca, esse BBB 11 tem duas pessoas que atropelam os paradigmas da sociedade burguesa xarope e seus preconceitos suburbanos.
Pela primeira vez tem duas pessoas que estão na final que quebram todos os rótulos. Duas pessoas humanas e normais, como a gente vê por ai.
O Daniel, um homossexual assumido que não faz nem o tipo biba “a looka paulistana”, nem faz caras e bocas de “bibinha cabelereiro” e muito menos o modelito moderno “biba californiana malhada, bombada, tatuada e fedendo a anabolizante”. Ele é ele, não faz caras e bocas. Ele dá pinta e só. Ele é humano, um cara legal!
Já a Maria é um caso excepcional de quebra de tabus. Ela é a pegadora, ela chora por amor, ela faz o que dá na telha. Ela se apaixona, dá e goza, ela não tem medo de levar fora. Ela chega a ser ridícula. Mas ela é o armário de toda mulher. Tudo que uma mulher já foi ou vai ser um dia. Ela só quer ser amada, ser feliz!
Tem gente que jogaria pedra na Maria como jogariam na Geni.
Eu nunca vi ninguém tão humano na porra desse programa BBB.
Viva as Marias do Brasil!
Share:

domingo, 27 de março de 2011

FORUM MUNDIAL: Todo mundo é contra Belo Monte, a usina nuclear que vão construir no México


Como todo mundo só queria mesmo é dar pinta com o tôba alheio, passou despercebido o protesto do Arnold Schwarzenegger pilotando o seu maiô abobora esquema reduzidíssimo poupando tudo pela causa do meio ambiente.
Ele declarou veementemente em bom espanhol que “Soy totalmente contra esa tal de Belo Monte, una central nuclear que construirá en México”.
Bueno, dizendo isso ele pegou o helicoptero vestido com seu traje levíssimo acompanhado somente dos meninos tiriricas da banda Restart que fizeram um show privê pra ele em um hotel de selva remoto. Há quem diga que ele foi patrocinar o encontro do Restart com o Tio Adão, pois ele odeia guerra hoje em dia.
Enquanto isso as locomotivas barés, acompanhadas dos seus personal colunista social, ficaram passadas por não terem sido convidadas.
“Esses pessoal é assim mesmo, tudo invejoso” como diria um grande personal colunista social baré.
E como diria o caboco “é...parente..ano que vem tem mais!”.
Share:

FORUM MUNDIAL: Acabou o milho, mas não acabou a pipoca


A farra com a logomarca Amazônia que essa galerinha anda fazendo, vendendo o que não é deles, inventando moedas novas que vão parar nos seus bolsos, como o dólar do carbono resultado dos peidos das vaquinhas inocentes e dos nossos também, acaba criando espetáculos bizarros de circo, piadas de mau gosto, filme nonsense.
No fim cada um teve seu desejo satisfeito.
O Arnold Schwarzenegger conseguiu uns dias de paz com seus “amigos” em uma baladinha em um hotel de selva qualquer, pra poder usar seu modelito longe da baixa Califórnia e longe da imprensa maldita
Os Ambientalistas Criados em Cativeiro conseguiram ser fotografados com alguma entidade famosa no mundo fashion da indústria do ambientalismo para por essas fotos no Facebook e mostrar para a família e para os amigos no sul e sudeste.
O Eduardo Braga, o Avatar das Selvas, o ultimo guerreiro tchutchucarramãe com a mãe dos outros, defensor da selva amazônica para venda no mercado do “dólar verde”, também conseguiu um consolo. O James Cameron mais uma vez enganou ele dizendo que vai ter o Avatar II e ele vai ser o protagonista. Inventou também que vai ser filmado na Boca do Lago do Arapapá e que vai ter o Boi Caprichoso e Garantido como coadjuvantes.
Todos nós sabemos que o Avatar foi feito em estúdio na Califórnia e que as externas foram poucas filmagens feitas na Nova Zelândia.
Esse James Cameron fica enganando o nosso Avatar Verde. Sacanagem, pó!
Share:

O PM que atirou no menino estava ouvindo o funk “morra, morra, morra” do Amazonino


Aquele menino foi baleado em mais uma favela em que a cidade de Manaus se transformou.
A indústria do voto, o golpe eleitoral de trazer manadas de pobres do interior e de outros estados, inclusive do Pará, com promessa de terreno, casa e emprego, estão por trás dessas imensas favelas, tem até uma chamada Amazonino Mendes, outra chamada Gilberto Mestrinho e outra Eduardo Braga.
Esse crime eleitoral foi introduzido pelo inventor desse grupo que está a 25 anos no poder. O Boto Tucuxi fazia isso. Ele inventou essa forma de crime eleitoral e contra a humanidade, pois jogar milhares de pessoas na indigência, feito porcos no chiqueiro, fornecendo titulo eleitoral e transformando em massa de manobra, é uma espécie de genocídio. Todos eles, do Boto ao Omar Aziz são resultado dessa prática política amoral.
Tudo farinha do mesmo saco!
Quando o policial e seu instinto assassino apertaram o gatilho contra uma criança indefesa, ele está ouvindo o funk do Amazonino quando fala “morra, morra, morra” para uma pobre mulher paraense vitima dessa indústria de favelas resultado de crime eleitoral. Todos esses indigentes que transformaram Manaus na maior favela a céu aberto do norte, foram trazidos e incentivados por essa gang e seus crimes impunes.
Quando temos na prefeitura de Manaus um cara que diz “morra, morra, morra!” a uma pobre mulher indefesa, e um vice-prefeito acusado com provas veementes de crimes hediondos, prática de assassinatos em serie, grupos de extermínio associados a tráfico de drogas, é que uma cidade está entregue definitivamente, nas mãos de gângsteres.
Portanto, um policial aqui embaixo, se acha liberado pra apertar o gatilho em cima de uma criança indefesa, se não tiver ninguém vendo.
Todos, inclusive quem vota nesses caras, tem culpa nisso, também apertou o gatilho.
Share:

quinta-feira, 24 de março de 2011

Wikileaks Baré: Ambientalistas Criados em Cativeiro prometem fazer um “badernaço” em frente ao Fórum


Teleguiados por algum pesquisador gringo, propagador da Teoria do Fim do Mundo Amazônico a mando das potencias estrangeiras para impedir o crescimento civilizatório dos povos da região, os Ambientalistas Criados em Cativeiro, geralmente saídos das universidades do sul e do sudeste brasileiro, prometem fazer uma zona total em frente ao Hotel Tropical onde ocorrerá o II Fórum Mundial de Sustentabilidade com o tôba alheio.
Vai ter até luta de mulher pesquisadora na lama.
A policia deve sentar o cacete nos manifestantes, acredito eu, pois ela está matando adolescente diante da televisão, bater em bicho grilo é fichinha. Aguardem.
Share:

Wikileaks Baré: O Fórum Mundial é a última tentativa para Eduardo Braga estrelar o Avatar II


Todo mundo sabe que esse Fórum Mundial de Sustentabilidade é pra vender a Amazônia para as multinacionais e de quebra levar os barezinhos juntos. Mas enganam-se todos que esse seja o motivo principal que motivou a invenção dessa marmota. O Wikileaks Baré afirma que através de escutas telefônicas, descobriu que o ex governador Eduardo Braga, o Avatar das Selvas, está com uma obsessão em ser o astro do próximo filme do James Cameron, o Avatar II, que possivelmente vai ser rodado na Boca do Lago do Arapapá.
Todos sabem que o Eduardo Braga é uma pessoa obcecada. Para chegar ao poder passou toda sua juventude descascando tucumã para o Amazonino nas rodas de dominó, e levando esporro, só para ser seu substituto no poder amazônico e depois dar uma rasteira nele. O Omar Aziz é só peça decorativa.
A obsessão dele em ser o astro do filme Avatar II faz ele mobilizar meio mundo com esses fóruns sem noção. Claro que com dinheiro do contribuinte, nós, os barezinhos.
Share:

Wilikeaks Baré: Astros aproveitam Fórum Mundial de Sustentabilidade para dar pinta


Por conta do calor, pelo fato da Amazônia ser longe da Califórnia, pelo fato de ele ser governador do estado mais rico dos EUA, por ele não querer ser mais o bofe musculoso herói de filmes de guerra, por estar velho gagá e também por achar que a porra desse fórum é uma invenção de aborígenes, o Arnold Schwarzenegger vai trazer no seu “entourage” alguns “amigos” e no guarda roupa somente trajes leves. Dizem que ele vai passar batido pelo Forum Mundial com o tôba alheio, que vai mesmo é se mandar para um hotel de selva no meio da mata.
A vontade dele é dar uma banana para o futuro, nada a ver ficar nessa de se vingar do futuro, o futuro que se exploda, baby.
Share:

quarta-feira, 23 de março de 2011

Barezinhos a venda nos Fóruns Mundiais


Vai acontecer mais um Fórum Mundial de Sustentabilidade com o tôba alheio.
O Neo Colonialismo Ambiental foi inventado depois da democratização do mundo. As potências colonizadoras perceberam que não precisavam mais invadir fisicamente com exércitos os países dos outros, para pilhar, roubar, vilipendiar, expatriar e gozar com as riquezas alheias.
Descobriram que bastava criar organismos e regras mundiais que fossem obedecidas por todos, menos por eles. Exemplo disso é o neoliberalismo com política de abertura das fronteiras para o grande capital, agora livre para a especulação financeira. O pulo do gato deles, claro, é que essas regras se aplicam ao tôba dos outros, menos ao deles. O deles está colado na parede e devidamente fechado.
Da mesma forma inventaram regras ambientalistas para pressionar as antigas colônias a não se auto promoverem como povos, a não ser que sejam índios, silvícolas, aborígenes ou neandertais. Ter acesso aos bens de consumo ou ao padrão europeu, nem pensar gaivota. A ordem é: Proíbe construção de estradas, ferrovias, hidrelétricas e o escambau, através de regras ambientalistas paralizadoras da capacidade de um país progredir e criar condições de acesso as bens de consumo que possibilitem algum tipo de “progressos” aos seus povos.
E de novo essa regra só vale para os outros. Eles podem destruir os países do mundo atrás de minerais para abastecer suas indústrias para fabricar produtos que serão comprados pelos índios, silvícolas, aborígenes ou neandertais.
Para impor essas regras eles contam com um exercito de Neo Ambientalistas Criados em Cativeiro e suas ONGs sinistras, com capital mais sinistros ainda. Algumas tem grana oriunda das empresas de armamentos americanas que lucram horrores vendendo armas para senhores da guerra cometerem genocídios na África ou traficantes matarem crianças nas favelas brasileiras.
No Brasil, especialmente na Amazônia, está cheio dessas criaturas. Na ultima eleição quase deu a maior representante dessa política sinistra que se apóia atrás dos discursos ambientalista e serve de bucha de canhão desses senhores do grande capital. A Marina Silva conseguiu vinte milhões de votos com um único discurso: Sou contra rodovias, sou contra agricultura, sou contra hidrelétricas, termoelétricas e usina nuclear, sou contra o aborto, Darwin era louco e nós viemos do Adão e Eva.
De olho nesse grande capital verde, o dólar verde que circula em grandes quantidades, oriundo da especulação financeira mundial que mata povos, do tráfico de armas e drogas ou os caraios, estão as grandes empresas, os políticos corruptos da Amazônia, as ONGs sinistras e até as instituições de pesquisas que ficaram reféns desse discurso ambientalista xiita pau mandado das potencias estrangeiras.
Esse II Fórum Internacional de Sustentabilidade é um grande circo armado que vai ter de um lado ONGs canalhas, empresas carniceiras e políticos corruptos que vendem a mãe dos outros e entregam, e do outro lado, fora do Hotel Tropical, os Ambientalistas Criados em Cativeiro, as buchas de canhão, inocentes ou não, vitimas do discurso fácil ambientalista, que interessa as grandes potencias para não terem o Brasil como possível concorrente. Essas pessoas são orquestradas pelos indefectíveis pesquisadores gringos, instalados nas nossas instituições federais que só tem um discurso. Sou contra tudo. Na terra alheia, claro.
No meio desse tiroteio de bandidos estamos nós, os barezinhos, os ex índios, os decaídos, os sem terra, sem nação e sem noção, só ouvindo essas malas decidirem os nossos rumos, sem se importar se aqui tem civilização ou não. O Restart também tem essa duvida cruel.
Acho que nós, barezinhos, também.
Share:

terça-feira, 22 de março de 2011

Trairagem geral no bundalêle baré


A política no Amazonas está dominada por um grupo há 25 anos. O resto é briga de gang, é briga por partilha dos negócios e lucros produzidos pelo estado. E isso, como em favelas, dá motivo para brigas feias.
O presidente regional do PTB, Sabino Castelo Branco, declarou, nesta segunda-feira (21), que até o final deste mês, os vereadores Luiz Alberto Carijó (PTB) e Marise Mendes (PTB) terão que se explicar oficialmente à sigla no processo interno aberto para expulsá-los do partido porque eles votaram em um candidato para a presidência da Câmara Municipal de Manaus (CMM) indicado pelo Amazonino, que também é do PTB e é o the boss da galera.
A polêmica eleição teve outros ingredientes: o atual presidente da CMM, que é oposição a Amazonino Mendes, dias antes, era líder do prefeito. Enquanto o PTB apoiou o presidente eleito Isaac Tayah (PTB), Carijó e Marise Mendes votaram no candidato do prefeito: Homero de Miranda Leão (PHS).
Com base nisso, o presidente do PTB decidiu abrir um procedimento interno para expulsar Carijó e Marise Mendes - irmã de Amazonino - por desobediência à regra partidária. A eleição foi considerada um golpe para Amazonino. Nos bastidores, a informação é que os apoios a Tayah foram articulados pelo ex-governador e senador Eduardo Braga (PMDB).
Bom, se isso não é suruba, eu não sei mais o que é.
O fato é que a gente aqui embaixo, o populacho, os barezinhos é que pagamos todas as contas desses galerosos.
Essa gente está no poder a 25 anos, zoando com nossa cara.
A única forma de tirar esse grupo do poder é reforçar uma candidatura que seja representativa do povo e seja no mínimo honesta.
O deputado Praciano vem crescendo nos desejos da população e é oposição de fato a esse grupelho que faz farra no poder. Ele tem que topar ser candidato a prefeito de Manaus, a galinha dos ovos de ouro dessa gang. Tirando o dinheiro da Prefeitura de Manaus, fica mais fácil quebrar a cadeia financeira criada por eles. Depois é partir para tomar o governo do estado, para dar fim a essa Era das Trevas em que a política baré se transformou desde que o Boto Tucuxi criou esse grupo que está sentado no trono.
Se não, vamos ver essa palhaçada com nossa cara até os nossos netos terem netos.
Share:

segunda-feira, 21 de março de 2011

Homossexualismo ideológico invade a pista


O homossexual ideológico é o cara que resolve dar o tôba porque acha que o cara famoso dá o tôba também, ele dá o tôba porque acha que é in. Conheço um cara que deu desde os meados dos anos 80, achando que seu ídolo, o Mick Jagger, vocalista da banda Rollings Stones, era baitola. Quando descobriu, lá pelos idos dos anos 90, em alguma revista de fofoca que o cara era pegador de mulheres, é espada, já era tarde. Como diz o caboco “já tava arrombado, parente!”
Da mesma forma, hoje é moda as minas pegarem minas. Fumar maconha, tomar ácido, ecstase, cheirar pó, tomar porres pelas ruas, nada disso chama mais atenção que uma gata beijar outra no ponto do busão ou em alguma festa ou bar lotado. Ainda mais vestida de Restart ou emo-tiririca. Tem umas minas que beijam e ficam olhando para as pessoas, se ninguém estiver olhando ou dando “confiança” elas param de beijar. Não tem graça se não der platéia.
Nem todo homossexual é ideológico e faz tempo que saíram do armário e deixaram de ser minoria. Acho até que são maioria, minoria são os bestas dos heteros e suas demandas de falsa maioria.
O homossexual ideológico pode ser como um amigo meu, que é biba convicta, que dá desde criancinha pros amiguinhos. Daqueles que querem ser mulher, fazer operação e tudo, ter periquita mesmo. Como ele era muito pobre, começou a fazer “michê” pelas bandas do Teatro Amazonas. Se prostituiu por longos cinco anos e foi juntando a grana, até ter o suficiente para fazer a cirurgia de transplante de sexo. Foi fazer no Marrocos, país que tem tradição nessas cirurgias. Correu tudo perfeito. O seu sonho de criança estava realizado. Ele agora era mulher de fato, com periquita e tudo.
Na volta, no avião da Air France, do Marrocos pro Brasil, ele fez amizade com uma das aeromoças do vôo. Marcaram de sair no Rio. A biba doida se apaixonou pela aeromoça e está casada até hoje. Virou lésbica.
Isso é a prova que tem homossexualismo ideológico.
A biba doida só queria ser do contra.
Nem que para isso fosse preciso ser feliz.
Share:

domingo, 20 de março de 2011

Wikileaks: Porque o Lula sumiu do Obama


O Obama não tocou no nome do Lula nos discursos que fez durante a sua visita ao Brasil, mas em todos eles não cansou de elogiar os avanços que o país teve durante os oito anos do governo do Lula. Pro Obama o Lula continua sendo “O cara!”
O Lula não foi nem no almoço programado com os ex presidentes. Até o FHC foi, até o Collor foi, menos o sapo barbudo, cachaceiro, nordestino, baixinho, pobre, metalúrgico e invocado desse tal de Lula.
O Wikileaks foi descobrir o safado escondido em uma praia do nordeste, só bebendo água de côco e fazendo o esporte que mais gosta. Beber cachaça. Agora ele pode beber à vontade sem que a Rede Globo fique pegando no pé dele.
O Wikileaks disse que o Lula ligou pessoalmente para que o Obama não citasse o nome dele. O Obama obedeceu. A mesma fonte declarou que o Lula está fantasiado de hippie barbudo pra não ser reconhecido em alguma praia deserta por ai.
Esse Lula não toma jeito mesmo!
Share:

sábado, 19 de março de 2011

O Mau Menino se vingou aumentando preço do bus


As empresas de transporte coletivo de Manaus pertencem à quadrilha que está no poder a 25 anos. Tentaram dar um impeachment no Amazonino por ter insultado uma cidadã brasileira diante de câmeras de televisão. Esse é o menor dos crimes da extensa lista de crimes dessa figura que já foi prefeito e governador por várias vezes no Amazonas. Parece o highlander, não morre e nem fica pouco.
Agora alem de aumentar pela segunda vez no ano a tarifa dos ônibus em Manaus, repassando pro bolso do seu grupo o dinheiro do povo, cortou vários benefícios alcançados com anos de lutas e reivindicações. Cortou o ônibus mais barato dos domingos, quando os pobres ferrados podiam leva a família pra passear de ônibus por preço não tão injusto. Também cortou a linha Integração que faz a ponte dentro da UFAM, ajudando e muito no transporte dos alunos que já fazem uma guerra pra poder estudar.
Esse saco de maldade do Mau Menino é uma pura demonstração de força e certeza de impunidade que faz parte de vida publica amazonense desde que esse grupo tomou de assalto o poder no estado.
A única saída possível para tentar tirar das garras desses galerosos o destino do povo amazonense é tomar a Prefeitura de Manaus, a galinha de ovos de ouro deles. O povo tinha conseguido mandar o Mau Menino pra casa já que não pode mandar pra cadeia, quando elegeu o Serafim. Ae ele resolve trair a frente de oposição que o elegeu, para transformar o filho dele em político, dando sangue novo a volta do Amazonino ao poder.
A única chance dos cidadãos honestos dessa cidade de ver essa turma nefasta longe dos cofres públicos é eleger o deputado Praciano com apoio do deputado José Ricardo e mais alguns políticos honestos dessa terra.
Por incrível que possa parecer, ainda tem mais gente honesta que bandido nesse feudo em que transformaram o Amazonas. Basta ter união de forças pra mandar pras trevas essa galerinha do mau.
Share:

sexta-feira, 18 de março de 2011

A política no Amazonas parece piada de mau gosto


O Amazonas é um feudo político onde uma organização criminosa travestida de políticos está no poder a 25 anos. Quando o Boto Tucuxi, vulgo Gilberto Mestrinho, voltou do exílio e disse no aeroporto Eduardo Gomes que ficaria no mínimo 25 anos no poder ele não estava brincando. Ficou até sua morte encastelado nele e deixou herdeiros. Diplomou Amazonino que diplomou Alfredo Nascimento, Omar Aziz, Eduardo Braga, Robério Braga e a Ana Maria Braga, que juntos fundaram a dinastia Braga.
Para poder controlar as varias esferas do poder, eles foram montando núcleos no legislativo e no judiciário onde existem os subgrupos. No legislativo tem a turma que age em família nos moldes máfia siciliana como os Souza que ficaram com a parte baixa e suja dos negócios, dos Lins que ficaram com as empreiteiras e construtoras onde se inclui o Pauderney Avelino e outros, dos evangélicos que apóiam todas as decisões do executivo sem nem olhar pra Cristo, e a indefectível bancada dos pseudo jornalistas apresentadores de televisão geralmente paridos dentro de programas de televisão assistencialistas e policialescos de baixa qualidade que atuam nos moldes narcoapresentadores para narcotizar a consciência cidadã da parte oprimida da população (de onde vieram os irmãos Souza, Marcos Rotta, Henrique Oliveira, as irmãs Sampaio e outros). No judiciário existem os eternos desembargadores raimundinhos alguma coisa que em troca de cordão de ouro grosso e uma lanchinha pra comer umas minas cafetinadas por colunistas sociais e criancinhas no interior, sabotam todos os processos que possam desestabilizar o bando, a absolvição do Amazonino foi só uma amostra do poder que eles ainda tem.
A imprensa como quarto poder que insiste em não ser controlada como toda instituição democrática é, beneficia-se desse esquema de concessão implantado ainda na ditadura, onde apadrinhados e caciques políticos são os donos das rádios, jornais e televisão, cumpre o papel de ser o cabo eleitoral da gang, de eleger, de confundir a população, de desestabilizar qualquer tentativa de investigação através de boatos falsos e de denegrir a imagem das pessoas honestas que de alguma forma põe em perigo os negócios da quadrilha. Os jornalistas formados hoje só pensam em pegar uma boquinha pra ganhar jabá de corrupto.
A eleição do Serafim parecia ser o começo do fim dessa galerinha, mas o Sarafa resolve fazer do filho um político e trai toda a esquerda e as pessoas de bem que queriam mandar pro espaço o bando que está no poder.
Com o PT e os partidos de esquerda que temos, com seus sindicalistas e suas divisões que mamam atrás de cargos em troca de apoio aos tubarões da política baré o povo não pode contar.
A Amazonino está sendo sondado pelo Kassab, prefeito de São Paulo, para mudar de partido, sair do PTB e ir para o recém fundado PDB. Com isso o Sabino Castelo Branco, aquele cheio de processos por crimes que vão de tráfico de drogas ao escambau, disse que vai reivindicar a vaga por infidelidade partidária e vai ocupar a cadeira de prefeito de Manaus. Ou seja, quando a gente pensa que chegou o fundo do poço, a coisa pode piorar ainda mais, parente.
Só uma união forte, com candidato ganhador e ascendente como o deputado Praciano para tomar a prefeitura de Manaus, a galinha dos ovos dourados dessa gang, e a partir daí tomar o estado do Amazonas. Essa poderia ser uma rota de fuga do povo amazonense, refém dessa cadeia de corrupção em que a política baré está envolta à quase 25 anos.
O Amazonas não merece essa corja. Ninguém merece.
Share:

Facebook: A Rede Globo vai perder o emprego


O jornal britânico “The Guardian” revelou que as Forças Armadas americanas estão desenvolvendo um software para controlar as redes sociais como o Twiter e o Facebook. Esse software será capaz de criar dez perfis para cada agente americano que será controlado a partir de um centro a partir dos EUA. O plano é plantar nas redes sociais as filosofias americanas para o mundo e combater qualquer propaganda antiamericana. Eles querem influenciar o que é dito nessas redes.
A Rede Globo foi fundada para ser porta voz da filosofia americana e combater comunistas. Por isso a linha editorial da empresa fica tão furiosa quando o governo brasileiro não obedece às diretrizes americanas para política externa. O ódio a Cuba, a Venezuela, ao Irã, destilado nos jornais da Rede Globo chega a ser maior até que o dos próprios americanos. A Globo fala da Cuba do Fidel Castro porem, não fala da Cuba de Guantánamo, ocupada pelos americanos que mantém uma prisão ilegal condenada até pelos tribunais internacionais. Em Guantánamo tem mais de cinco mil presos a espera de julgamento desde a invasão do Iraque, sendo a maioria inocente. Existem várias acusações de torturas dentro da prisão. Estranhamente a Rede Globo não manifesta indignação quanto a isso, mas quando fala da Cuba de Fidel, só falta espumar de raiva. O patibular Wiliam Waack parece um vampiro malvado quando fala de Cuba. O ultra neoliberal pau mandado da elite paulista e tucano de carteirinha Arnaldo Jabor fica surtado quando fala da independencia do Lula diante dos americanos.
A Guerra Fria não acabou para a Rede Globo. O Muro de Berlim, símbolo do comunismo da antiga União Soviética foi derrubado, o Wall Street, símbolo do capitalismo americano foi a bancarrota, faliu com sua filosofia neoliberal com o tôba alheio. E só a Rede Globo finge não ver, ou recebe grana preta pra continuar sendo garota propaganda da ideologia americana. “O que é bom para os americanos é bom para a gente”. Essa é a filosofia Global.
O mundo está construindo uma nova ordem e essa nova ordem inclui outros países como o Brasil, Índia e China como personagens centrais junto às velhas potencias. A Rede Globo condena sempre que pode qualquer tentativa brasileira de ser independente da política externa americana. Pela Rede Globo, o Brasil cortava relações com a Venezuela, com Cuba e com o Irã. No caso do Irã, o Lula era atacado todo dia no Jornal Nacional por ter ido tentar uma solução pacifica para a crise americana iraniana. Estranhamente a Globo não ataca Israel, controlada pela ultra direita raivosa, quando lança mísseis de helicópteros matando crianças palestinas armadas com baladeiras, ou afunda navios pacifistas que tentam levar comida para os famintos da Faixa de Gaza. Estranhamente nunca atacou os ditadores do mundo árabe, paus mandados do governo americano para controlar as regiões petrolíferas do mundo. Agora com as rebeliões nos países árabes, a Rede Globo parece a defensora das liberdades civis. Affffff
A Rede Globo apodreceu e esqueceu de deitar. E agora vai perder para o Facebook essa boquinha de laranja do governo americano.
Share:

quinta-feira, 17 de março de 2011

Crise do Japão: as temakerias vão virar bodókerias


Com medo de perder clientes por causa do problema de contaminação nuclear no Japão, as temakerias de Manaus estão mudando de nome pra algo mais regional. Algumas estão mudando o nome pra bodókeria, em alusão ao peixe mais regional do Amazonas depois do jaraqui.
Como toda moda que chega e vai, as temakerias invadiram o Brasil e como não poderia ser diferente, aqui em Manaus em cada esquina tem uma. Até a banca de tacacá do Raimundinho virou Temakeria do Ray.
Apesar do peixe usado nunca ter passado pelas águas do Japão, o povo que não é besta nem nada já está mudando de nome e tirando qualquer referencia ao Japão que possa ter nas placas.
Passei agora a pouco na Temakeria do Ray ele estava pintando uma placa imensa com um desenho de um bodó. Pressinto que vai mudar pra Bodókeria do Mundico, pra ficar o mais regional possível.
Esse povo é feio mas goza, fio.
Share:

quarta-feira, 16 de março de 2011

Um tsunami restartou o impechmeant do Amazonino


Por 32 votos a 3, o impeachmant do Amazonino Mendes foi derrotado na camara dos vereadores. Foi um verdadeiro tsunami de votos da bancada dos galerosos do prefeito. O motivo alegado pelos vereadores da base governista pra terem votado contra é que o motivo do pedido, o tal “morra, morra, morra” consagrado pela mídia e que virou piada nacional, não era argumento suficiente para se pedir o impedimento de um prefeito.
Talvez as dezenas de processos por desvios de verbas, compra de votos, corrupção e outras milongas mais fossem motivo para impechmeant, mas isso fica pra depois do show do Restart.
O Nino foi passar o carnaval na França, nem tomou conhecimento do que se passava na capital baré.
Share:

Esgotados os ingressos para show do Restart


Depois de dar uma declaração polemica na MTV dizendo que não sabiam se “no Amazonas mora gente ou tem civilização”, a banda de meninos Tiriricas ou The Tiriricas Boys, chamada Restart, está com show marcado para Manaus, e com os ingressos esgotados.
Como não tem civilização aqui, o show deve lotar de capivaras, antas e paquinhas amestradas. Quem gosta do Restart não está nem ai pra essa campanha indignada contra eles.
O show vai lotar de adolescentes vestidos com modelitos Tiririca-Emo comprado na Daspu.
O povo do contra promete lotar a parte externa pra protestar contra a presença da banda. O protesto será encabeçado pelo Tio Adão que está em campanha feroz contra a presença da banda aqui no Amazonas. O protesto será um jacaço. Todos os manifestantes ficarão nús e jogarão jacas na banda e nos seus fãs pra melar o show.
Vai ter diversão garantida ou seu dinheiro de volta.
Share:

terça-feira, 15 de março de 2011

Pequenas Empresas & Grandes Negocios: Como ganhar dinheiro com uma web cam e um vibrador


Virou moda nos EUA garotas bancarem sua faculdade fazendo sexo com vibrador pela web cam de dentro dos seus quartos nas universidades americanas. Ou até mesmo da sua própria casa.
O esquema é muito simples. A candidata deve ter um laptop com cam e uma boa conexão, coisa comum no EUA. Inscreve-se em algum site adulto que oferece o serviço e pronto. Basta esperar os acessos.
Os grandes sites pornôs cobram em torno de 30% por cada acesso, em troca cuidam da publicidade pela rede. O pagamento é feito através de cartão de crédito e cai na conta instantaneamente.
Já existem verdadeiras lendas dentro desse negocio. Garotas que sequer tem namorados transando em frente a cam com um vibrador e bolinhas tailandesas ficando ricas com o negocio.
Share:

segunda-feira, 14 de março de 2011

Agora entendi o “morra, morra, morra!” do Nino


Peguei dengue hemorrágica durante o carnaval e com certeza fui contaminado na minha casa no Parque 10, pois trabalho em casa mesmo e raramente saio de casa. Ou seja, não precisa mais ir pra mato ou áreas periféricas pra pegar doenças endêmicas. A cidade inteira está contaminada.
Fui em um hospital para fazer exames, tinha gente pendurada pelas paredes. Uma epidemia nunca vista, acredito eu. E em plena era moderna, da internet, das curas das doenças, etc.
Acabaram com a SUCAM e com o fumacê, aqueles homens de caqui que todo ano borrifavam a cidade toda pra evitar doenças transmitidas por mosquitos. E não colocaram nada no lugar.
Ou seja, deram um foda-se pra população.
Agora essas endemias chegaram nos condomínios caros, a dengue é doença de rico também.
O Nino deu um “morra, morra, morra” pra população inteira.
E ainda vai se eleger governador pela quinta vez, pode esperar.
Ohhh povôo feiooooo!!!
Share:

Um carnaval a menos


E um boi a mais. De festa em festa assim caminha a humanidade. Agora é quaresma. Parece que quaresma é somente o período de uns dias chatos entre o carnaval e o Boi de Parintins. Época de voltar à realidade e pagar contas, ou fazer mais.
Quem tem um amor de verdade tem esse amor depois do fim do carnaval.
O amor de verdade resiste a quarta-feira de cinzas.
Em homenagem a esse amor, só ouvindo “Cinzas” do Arnaldo Antunes.
Pode acreditar
Eu amo
Eu amo
Minha mulher
Saiba que a vida
Não é brincadeira
Quem não tem coragem
Marca a vida inteira
Olha aqui, meu mano
Eu vou te contar
Minha mãe casou
No dia
Do meu
Aniversário
Saiba meu amigo
Quarta-feira de cinzas
Eu cantava sambas
De fralda e de touca
Minha voz já rouca
Sem afinação
Todo carnaval
Eu brinco
Eu brinco
Com animação
É noix na fita mia fia.
Share:

quinta-feira, 10 de março de 2011

Dengue do coccix até o pescoço


Um cara como eu que viveu o auge da Geração Coca Cola, ou seja, a geração pós beatnik e pós Flower Power, atravessou um mar de bebidas, drogas, cigarros, rock’n roll, acampamento, larica, luar, praia, festa de embalo, amanhecer, não tomar café e continuar até o anoitecer de novo e muito sexo casual. Sexo até que menos, pois nossa geração vivia mais de fama que de outra coisa. Porem, muita gente perdeu pra AIDS e pra overdoses.
Por isso, vinte anos depois de ter enterrado essa fase, qualquer sintoma de doença já assusta o tiozinho. Sábado de carnaval eu acordo com uma puta febre, dor no corpo, principalmente no abdômen, e outros sintomas indescritíveis. Pensei em gripe, pois vivo socado na minha casa que fica longe de qualquer mata. Pensei em dengue, mas os sintomas não batiam. Fiquei cinco dias tendo febre noturna e dor abdominal. A dor me pirou, pois pessoas da minha geração muitas vezes morrem de câncer na região reto-lortal.
Passou o carnaval e finalmente resolvo ir ao Hospital de Doenças Tropicais pra tirar duvidas, pois na minha cabeça eu estava com câncer terminal pelas dores abdominais que vinha sentindo. Fiz os exames, entrei no consultório médico e me deparo com uma jovem médica. Sento e vou mandando bala.
Que eu passei a vida usando coisas que matariam um cavalo, que já bebi e fumei mais coisas que qualquer gambá vivo. Mandrix, artene, coca, estricnina são drogas fracas. Que eu nunca dei o tôba, acho, mas o resto eu fiz de tudo. Que hoje sou um cara quieto, saio com meu amor pra biritar algumas coisinhas e rir com os amigos e fim de papo. Que só fumo quando bebo, etc, etc, etc.
A coitada da médica ficou me encarando com uma cara de medo, e só disse “senhor, o senhor tem somente dengue, que se curou sozinha porque o senhor deve ter bons anti corpos, portanto, não se assuste”. Quase soltei um grito de felicidade.
Sai gritando do consultório feliz “tenho dengue, tenho dengue, tenho dengue...!”
Devo ter ficado com fama de doido no hospital.
Share:

terça-feira, 1 de março de 2011

Campanha arranhe carro estacionado na calçada


O carro virou símbolo de status quo, de virilidade e de poder econômico. Em algumas sociedades isso é mais latente que em outras. No EUA, a costa leste é mais européia e segue um modelo mais europeu, que prioriza o uso de transporte coletivo, como metrôs. Em Nova York até altos empresários de Wall Street vão trabalhar de metrô, é mais rápido e econômico. Na costa oeste é o oposto. Tem lugares que sequer existem metrôs ou ônibus. Se você aos dezesseis anos não tiver um carro você está fora do game. O Brasil importou esse modelo da costa oeste. “Todo homem precisa ter um carro” é um lema que na concepção de quem acredita nele, alimenta a indústria, gera empregos e impulsiona a economia. Por isso não temos trem, metrôs e transporte coletivo decente nas grandes cidades. Por isso nossas cidades são uma merda de cidades que não respeitam o ser humano, os pedestres. Nossas ruas são bossais. Elas são feitas pra carros e somente pra carros. Em Manaus não existe sequer plano de fazer calçadas decentes. Quando fazem é ocupada cinicamente pelos carros, como estacionamento.
O atropelamento proposital de vários ciclistas ao mesmo tempo por um burocrata do Banco Central em Porto Alegre é uma demonstração dessa mentalidade bossal. As cidades vivem uma guerra entre motoristas ensandecidos estressados que se acham os donos das ruas e os outros, os pobres mortais desavisados.
Portanto, conclamo todos os amigos pedestres, pederastas ou não, para dar inicio a uma brigada anti motora raivoso e ignorante.
Toda vez que um pedestre ver um carro estacionado na calçada tem o dever de puxar uma chave do bolso e arranhar a lataria de cabo a rabo. Todo carro arranhado será um ponto a mais. Quando chegar a dez carros arranhados, o brigadista receberá como premio um bilhete que dará direito a concorrer a um carro popular. Assim ele deixará de ser um pedestre brigadista e será mais um motora raivoso.
Dê um carro a um homem e você descobrirá quem ele é. Dê um carro a uma mulher e você verá a besta fera que ela se transformará.
Share:
Tecnologia do Blogger.

OCUPE REDE GLOBO

Loading...

Pesquisar este blog

Veja meu site profissional

Veja meu site profissional
Jorge Laborda é um cara metido a designer, escritor e a ser humano.

Blogs que vale conferir

Arquivo do blog

Definition List

Contact

Support